quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

SALVE SÃO SEBASTIÃO - PADROEIRO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO.

São Sebastião nasceu em Petrória, na Itália ( existem controvérsias sobre o local do nascimento do santo padroeiro)  - de acordo com Santo Ambrósio - por volta do século III. Pertencente a uma família cristã, foi batizado em criança. Mais tarde, tomou a decisão de engajar-se nas fileiras romanas e chegou a ser considerado um dos oficiais prediletos do Imperador Diocleciano.
Contudo, nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo. Fazia de tudo para ajudar os irmãos na fé, procurando revelar o Deus verdadeiro aos soldados e aos prisioneiros. Secretamente, Sebastião conseguiu converter muitos pagãos ao cristianismo. Até mesmo o governador de Roma, Cromácio, e seu filho, Tibúrcio, foram convertidos por ele.
Certa ocasião, Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando o seu dever de oficial da lei. Teve, então, que comparecer ante o imperador para dar satisfações sobre o seu procedimento. O imperador se queixou de que tinha confiado nele, esperava dele uma brilhante carreira e ele o havia traído.
Diante do Imperador, Sebastião não negou a sua fé e foi condenado à morte, sem direito a apelação. Amarrado a um tronco, foi varado por flechas, na presença da guarda pretoriana.
No entanto, uma viúva chamada Irene retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou. Assim que se recuperou, demonstrando muita coragem, se apresentou novamente diante do Imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusando-o de inimigo do Estado.
Perplexo com tamanha ousadia, Diocleciano ordenou que os guardas o açoitassem até a morte.
O fato ocorreu no dia 20 de janeiro de 288.
................................

São Sebastião é a cidade mais antiga do Litoral Norte do Brasil.
Antes da colonização portuguesa, a região de São Sebastião era ocupada por índios Tupinambás ao norte e Tupiniquins ao sul, sendo a Serra de Boiçucanga - 30 km ao sul de São Sebastião - uma divisa natural das terras das tribos. O município recebeu este nome em homenagem ao santo do dia em que passou, ao largo da Ilha de São Sebastião - hoje Ilhabela -, a expedição de Américo Vespúcio: 20 de janeiro de 1502.
É um santo muito popular e padroeiro do município do Rio de Janeiro, dando seu nome à cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Reza a lenda que, na batalha final que expulsou os franceses que ocupavam o Rio de Janeiro, São Sebastião foi visto de espada na mão entre os portugueses, mamelucos e índios, lutando contra os franceses calvinistas.
Além disso, o dia da batalha coincidiu com o dia do santo, celebrado em 20 de janeiro. 
São Sebastião é o protetor da humanidade contra a fome, a peste e a guerra.
...........................................

ORAÇÃO DE SÃO SEBASTIÃO PARA O RIO DE JANEIRO.

São Sebastião, que a vós temos profundo amor e veneração, exaltamos a Deus por ter-Vos levado a tamanho grau de santidade.
Padroeiro dos que sofrem epidemias, pedimo-vos nestes momentos por quais passam o nosso mundo, com promessas de guerras nucleares, vossa intervenção.
São Sebastião, vós que fostes eleito como padroeiro do Rio de janeiro, intercedei junto a Deus pelos seus habitantes para que corrijam os maus costumes, principalmente da moralidade, fazendo-os crescer em virtudes e santidade.

Por Cristo, Nosso Senhor,

Amém !
........................

"Sebastião, diante de tua imagem, tão maltratada e tão bela, 
peço por minha cidade, peço que olhes por ela!" 
 
(MIlton Nascimento/Gilberto Gil)

20 comentários:

Kimbanda disse...

Olá Silvana,
Mais uma lenda, mais conhecimento e fica-se com a ideia que este seu querido sitio presta um serviço à cultura, ao saber e de uma forma lúdica. Sinto-me um sortudo por estar aqui, pois que por detrás do que está escrito reside uma pessoa de bem com a natureza e com o mundo através do prestigioso trabalho aqui acumulado.
Obrigado pelo seu contributo que muito aprecio.
Beijo e kandandu do coração

Juliana Galante disse...

Oi Silvana
na umbanda São Sebastião é evocado e reverenciado com muita devoção, ele é amado pai Oxossi, orixá de grande prestigio,rei das matas, jovem, forte e corajoso e um grande guerreiro da justiça.
Parabéns por mais esse texto fantastico!
grande beijo
Ju

Amapola disse...

Entre os santos de devoção da minha avó, estava o São Sebastião. Ela até batizou seu filho, irmão de minha mãe, com o nome de Sebastião.
Um abraço.

Regina Rozenbaum disse...

Eiii Sil
Adorei todas as informações, principalmente a que São Sebastião é o santo para proteger a humanidade contra fome, peste, guerra! Não sabia... e penso que temos, então, que orar muiiiito prá ele poder nos ajudar...com essa chuvarada toda, haja HAITIS nesse nosso Brasil enorme. Tantos soterramentos, mortes, perdas de uma vida inteira de construção!!! Só rezando muito!
Beijuuss n.c. minha linda.
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Adorei seu post, tive a oportunidade de saber mais sobre São Sebastião.

beijooo.

Mona Lisa disse...

Olá Silvana

É sempre com prazer que aqui venho .

Aprendo sempre. Adoro lendas, tradições e histórias!

Fazem parte da nossa história. São o nosso património literário.


Bjs.

manuel marques disse...

Mais um pedacinho que me fica na alma.

Beijos.

Lira Santos disse...

Silvana,
Gostei muito,
Ñ conhecia a história de Sao Sebastiao,obrigada por compartir conosco..
Um beijo enorme!!!

Anne Lieri disse...

Oi Silvana,que triste a história de São Sebastião,mas muito linda!Sempre bom te visitar!Bjs,

Estrela disse...

Boa noite, Silvana!
Na verdade, não conhecia a história de São Sebastião, mas acabei de conhecer!
Estou de férias numa localidade do litoral pernambucano, chamada Barra de Sirinhaém, cujo santo padroeiro é, também,São Sebastião.A novena e a festa profana também se confundem aqui.É bem interessante!
Beijos estelares!

Sandra disse...

Ola Amiga!
Venho lhe oferecer um lindo selinho da Mulher para vc. Pois desmpenhamos vários papéis nesta sociedade.
somos Lutadoras e guerreiras.
Venha eu te espero, na curiosa..
Com muito carinho.
Sandra

Gaby disse...

Olaa! Gostei muito do seu Blog, muito legal voce oferecer tanta riqueza muitas desconhecidas.. ja estou te seguindo! Parabens

Mylla Galvão disse...

Ei Silvana,
Adoro passar por seu blog para ler seus textos cativantes...
Esse de São Sebastião é mto bonito...
"Qdo se é um cristão verdadeiro, jamais se deve negar a sua fé, sob pena de negar a si mesmo".

bjão

Amapola disse...

Passei aqui, para lhe desejar um ótimo dia!
Um abraço.

Daniel Savio disse...

Menina, eu sabia que São Sebastião tinha sido cravado de flechas e sobrevivido, mas é uma cena meio forte, pois só se arranca as flechas atravessando o corpo do atingido, quebrando a ponta fora e depois tirando a haaste de madeira...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Silvana, três coisas:
Bolo virtual não engorda...rss
Adoro o grupo mineiro Uakti
O seu outroespaçosótem feras...Lya, Quintana e com certeza seeu olhasse mais iria encontrar aquele tal Fernando, quenem parece Pessoa...
Valeu pela presença...um abraço na alma...bjo

R. R. Barcellos disse...

- Aplausos de um carioca esperançoso, Silvana! Vamos ter fé no Rio e em seu padroeiro. Abraços!

Amapola disse...

Boa tarde, querida amiga Silvana.

Passei para lhe dar um abraço.

Mônica disse...

Silvn
Que lindo!
EU nsci no RIo de Janeiro e fiquei lá até os meus 5 anos de idade. Sou mineira do interior.
Mas amo minha cidade Natal
E São sebastião é um dos meus protetores
com carinho sua amiga Monica

Sueli Silva disse...

Silvana,

Cada vez mais me apaixono pelo seu canto magico. Meus parabens - que lindo, quanto sentimento, quanto amor...
Há... os agregados sao demais...
www.hospitalespiritualdomundo.blogspot.com
www.ateliersuriel.blogspot.com