sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

OXOSSI - ODÉ.

Oxóssi ou Odé  e outros orixás caçadores, como Erinlé ou Ibualama, Logum Edé e Otim,  são os donos da vegetação e da fauna,  detem a chave da sobrevivência do homem através do trabalho.
Oxóssi é irmão de Ogum.

Para efeito de analogia, São Sebastião.
......................................

Todos os anos, para comemorar a colheita dos inhames,
o rei de Ifé oferecia aos súditos uma grande festa.
Naquele ano,  a cerimônia transcorria normalmente,
quando um pássaro de grandes asas pousou no telhado do palácio.
O pássaro era monstruoso e aterrador.
O povo, assustado, perguntava sobre sua origem.
A ave fora enviada pelas feiticeiras,
ofendidas por não terem sido convidadas.
O pássaro ameaçava o desenrolar das comemorações,
o povo corria aterrorizado.
E o rei chamou os melhores caçadores do reino para abater a grande ave.
De Idô, veio Oxotogum com suas vinte flechas.
De Morê, veio Oxotogi com suas quarenta flechas.
De Ilarê, veio Oxotodotá com suas cinquenta flechas.
Prometeram ao rei acabar com o perverso bicho,
ou perderiam suas próprias vidas.
Nada conseguiram, entretanto, os três odés.
Gastaram suas flechas e fracassaram.
Foram presos por ordem do rei.

Finalmente, de Irém, veio Oxotocanxoxô,
o caçador de uma só flecha.
Se fracassasse, seria executado
junto com os que o antecederam.
Temendo pela vida do filho,
a mãe do caçador foi ao babalaô
e ele recomendou à mãe desesperada
fazer um ebó que agradasse às feiticeiras.
A mãe de Oxotocanxoxô sacrificou então uma galinha.
Nesse momento, Oxotocanxoxô tomou seu ofá, seu arco,
apontou atentamente e disparou sua única flecha.
E matou a terrível ave perniciosa.
O sacrifício havia sido aceito.
As Iá Mi Oxorongá estavam apaziguadas.
O caçador recebeu honrarias e metade das riquezas do reino.
Os caçadores presos foram libertados
e todos festejaram.
Todos cantaram em louvor a Oxotocanxoxô.
O caçador Oxô ficou muito popular.
Cantavam em sua honra, chamando-p de Oxóssi,
que na língua do lugar quer dizer "O Caçador Oxô é Popular".
Desde então Oxóssi é seu nome.

OKÊ ARÔ !

(Prandi, Reginaldo in Mitologia dos Orixás)
Desconheço a autoria da foto publicada acima.

32 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Boooooom Diiiiia Sil Amada
Nesse sábado ensolarado (por aqui)sou a primeira a aqui chegar...Amapola não fica brava comigo não!!!!rsrs Mais um prá aumentar um cadinho meus conhecimentos do Candomblé. TUDODEBÃO.COM.BR!!!! Um ótimo final de semana procê, amiga!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com
P.S. Cê não me disse se gostou do novo "visu"!!!

Dona Sra. Urtigão disse...

Isso está tão bom, que ja cria uma ansiedade, assim, "quem será o Orixá de hoje ?"

Jr Vilanova disse...

Oxossi, o rei das matas, o caçador... na Bahia, no sincretismo, ele também é São Jorge!

Outra lenda muito interessante que cerca a estória do orixá é a de que ele teria se apaixonado pelo "Pai da Mata" (ou divindade semelhante) e esse seria um dos motivos pelo qual os homossexuais seriam tão bem aceitos nas religiões afro-brasileiras (ao contrário de todas as outras)...

Acho um fato curioso, muito interessante! Poderia confirmar?

Estou adorando a série "orixás" do blog! Já fiz uma seleção musical em homenagem a eles, no dia 20 de novembro! Está no Contatos Imediatos, no Top 10 'AROBADÉ'... qualquer hora dessas baixa e escuta!

Um super abraço e um fim de semana especial!
Jr.

Drika disse...

Olá Sil... como vai?
Gostei de conhecer mais sobre os orixás, suas lendas... obrigada!
Te falei que faço Letras tbm? pois é... to nesse mundo das palavras =)

Abraços no coração e bom fim de semana! Fica com Deus!

Coisas da Gigi disse...

Gostei muito da explicação, porque geralmente nos terreiros simplesmente dizem que vc é de tal orixa e vc fica sem saber o porque ou a história dele.
Já foi confirmado várias vezes, quando eu visitava que eu era de Oxóssi, e tinha todo jeito mas nunca soube o porque.
A explicação ajuda muito a gente entender.

O Santo Forte disse...

SEMPRE TINHA CURIOSIDADE DE SABER MAS NÃO SABIA PRA QUEM PERGUNTAR, VC É ESTUDIOSA NESSE ASSUNTO...

Anderson Fabiano disse...

silvana, volto hoje e dou de cara com meu amado pai. okê!
creio que essa sua série vai esclarecer muitas coisas sobre os orixás. estou adorando!
meu carinho,
anderson fabiano

angela disse...

E vamos aprendendo...
bom domingo.
beijos

Luisa Moreira disse...

Olá Silvana,

Mais uma lenda, e assim vamos aprendendo!

Abraço

Luisa

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltando aqui e aprendendo ainda mais.

Bom sabado pra vc amiga.

beijooo.

Mônica disse...

Eu não conhecia nadinha sobre esta religião e estou admirada de tanta coisa!
Com carinho Monica

Ofarol disse...

Silvana
Para quem esta cá do outro lado, sempre vai aprendendo alguma das lendas daí...são muito bonitas...
Bom fim de semana...

Beijos

Romicas disse...

Obrigada pela partilha.
Sou nova nestes assuntos, até porque não sou brasileira. Mas gosto sempre de aprender os costumes dos outros povos.
Um beijo
Romicas

Josselene Marques disse...

Silvana:

Quanta riqueza em um único espaço. Seu blog é a cara do Brasil: bonito, rico e colorido. Parabéns e obrigada por sua visita.
Tenha um ótimo final de semana.

Xunandinha disse...

Super interessante.BEIJOCAS.
Bom fim de semana

Estrela disse...

Boa note,Silvana!lE por falar em orixás, sei que tenho de frente (cabeça) Iansã, que é um tanto quanto agoniada e quer ver tudo resolvido bem depressa. Também trago comigo Iemanjá,Preto Velho e Pomba Gira.É mole?Isso foi o que me disse uma vidente.
Bjão!

Estrela disse...

Boa note,Silvana!lE por falar em orixás, sei que tenho de frente (cabeça) Iansã, que é um tanto quanto agoniada e quer ver tudo resolvido bem depressa. Também trago comigo Iemanjá,Preto Velho e Pomba Gira.É mole?Isso foi o que me disse uma vidente.
Bjão!

alegria de viver disse...

Olá querida
Muito interessante todas essas historias.
Com muito carinho BJS.

Gerana Damulakis disse...

E eu que sou da Bahia e não sabia. Explico: aqui, em Salvador, há uma roda de orixás, no meio do Dique. São de metal, feitos por um artista renomado. Uma beleza. Mas nada sei (aprendo no seu blog) sobre os orixás.

Sonia Schmorantz disse...

"É a possibilidade que me faz continuar e não a certeza. Uma espécie de aposta da minha parte. E embora me possam chamar sonhador, louco ou qualquer outra coisa, acredito que com Deus tudo é possível..."
Um lindo domingo e ótima semana!
abraços

Carmem Tristão disse...

Silvana! Que delícia o seu blog! Eu AMO a nossa história e sou fascinada pela umbanda. Amei seu blog e já to seguindo!

Amapola disse...

Bom dia, Silvana.

Como sempre, mais uma história interessante.
Silvana, agradeço-lhe pela atenção, o que verdadeiramente, valeu como um abraço caloroso... apertado...
Beijos.
--------------

REGINA ROZEMBAUM, bom dia.
Que bom que ontem, foi você quem teve aquela sensação infantil:
"OBA! CHEGUEI PRIMEIRO..."

Um grande abraço.

Viiii disse...

Olá Silvana, estou aqui mais uma vez prestigiando seu lindo trabalho e conhecendo um pouquinho mais de nossa história, nossa cultura.
Parabéns pelo belo trabalho.
Beijos

Nane Cabral disse...

Olá Silvana, muito interessante seu blog, gostei bastante. Obrigada pela visitinha no meu, seja bem vinda e volte sempre! Bjinhos,Nane http://vovoqueensinou.blogspot.com/

FMF disse...

Cara Silvana, Este seu blog apresenta um mundo novo para mim. Fiquei entusiasmado. Obrigado.

Denise Guerra disse...

Oi Silvana, estão maravilhosas suas postagens sobre os orixás! Tenho estado muito atarefada e por isso tenho feito poucas postagens, mas, hoje fiz duas em cada blog, quando vc puder apareça por lá. Salve Oxossi! Okê Arô!

Por que você faz poema? disse...

invado a noite da cidade
ninguém me contesta
me olha nos olhos
ou levanta a voz

(sou o chefe da casa
o rei da floresta)

meu legado é a palavra

Irene Alves disse...

Um grande prazer estar beste blogue.
Beijinhos.
Irene

Sabrina de Oliveira disse...

Estou apaixonada pelo blog e não tenho palavras para descrever a alegria em encontrar algo desse tipo, criado com tanto carinho e toques tão pessoais. Parece-me familiar...
Querida Silvana continue a nos alimentar com suas experiências e riquezas culturais. Estou cursando o quarto período de História, faço licenciatura e espero muito em breve contribuir com algo semelhante ao seu trabalho, já que a educação e a cultura no Brasil não são os mais importantes.
Um grande abraço
Sabrina de Oliveira - RJ

Si Arian disse...

Olá Silvana, passei para desejar um maravilhoso dia da mulher. Beijos na alma.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Silvana
Passo pra saber de vc, como está???
Tomara que bem!!!
Também pra desejar-lhe uma Feliz Pascoela!!!
Bjm de paz e pascais

José Alencastro disse...

Belo conteúdo, convido a conhecer meu blog que fala sobre espiritualidade e experiências oníricas: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com.br/ Abraço