quarta-feira, 2 de junho de 2010

A FESTA DO PAU DA BANDEIRA.

Acostumado a ser intimidado com seqüestros, afogamentos e a ser pendurado pelos pés em troca de um bom casamento, Santo Antônio deve ficar aliviado quando a cidade de Barbalha, no sul do Ceará, vale do cariri, se enfeita  para homenageá-lo. 
"A festa de Santo Antônio de Barbalha é de primeira", já dizia o sanfoneiro Luiz Gonzaga. “É um fuzuê danado pra ver o pau da bandeira”. E no meio desse fuzuê, tem banho de lama, bastante cachaça e muita vontade das moças de arrumar um bom partido. Ritual é o que não falta. A festa, conhecida também como "Pau da Bandeira", acontece no mês de junho com algumas particularidades:
Tudo começa no sábado anterior ao primeiro domingo do mês, quando saem às ruas as mulheres casadoiras com mais de 30 anos, conhecidas como as "solteironas de Barbalha". São elas as principais interessadas no festejo, que tem seu ápice no hasteamento do tronco de até duas toneladas. Missas, apresentações folclóricas e shows profanos preparam o povo para o grande momento da chegada do “pau”, carregado pelos homens num trajeto de cerca de cinco quilômetros.
Então, é a hora das solteironas entrarem em ação. Para espantar a maldição da solteirice, elas avançam rapidamente em direção ao tronco, tocando, e até se esfregando nele. As mais afoitas, ainda assinam o nome na bandeira  com a imagem do santo - vale tudo para ter uma ajudinha extra. Há quem prefira evitar a multidão: essas tem a opção de comprar produtos que possuem as propriedades do pau. Na quermesse, as solteironas oficiais  faturam – se não um marido, ao menos algum dinheirinho: chá de lasca do pau  e terço com pedaços do tronco, são opções. Este último vem com a seguinte oração: “Santo Antônio, meu Santo Antônio, meu amado padroeiro, arranjai-me um bom marido, e eu o louvarei o ano inteiro”. E ainda acompanha indicação: “Reze este terço durante 13 dias e aguarde o milagre!”.  Xique !
E observa: “Tudo depende da  fé".
Portanto, se você é solteirona e deseja arranjar um casamento, corra porque ainda dá tempo. Os festejos se encerram no dia 13 de junho - dia do santo - com a procissão.
Devotos de Santo Antônio, os carregadores aproveitam o cortejo para se divertir. Além dos carros de bebida, paredões de som animam a população - forró é o ritmo mais tocado. Mas a festa tem um animador oficial: ao microfone, num carro de som, ele incentiva os carregadores o tempo todo.
Quanto as piadas de duplo sentido, o pároco da cidade diz que já se acostumou, e garante que existe muito folclore em meio à festa. 
Será ? 
.............................

Luiz Gonzaga, o rei do baião, canta:
"A festa de Santo Antônio em Barbalha é de primeira." 
(música de Alcymar Monteiro)
Festa tradicionalíssima em homenagem a Santo Antônio. 
Barbalha,cidade conservadora se transforma numa festa realmente popular em que o sagrado e profano se interagem. 
Folclore e cultura bem peculiar da região do cariri cearense,bem no sopé da serra do Araripe.
Verdadeiro oásis em plena caatinga nordestina. 
Povo trabalhador, alegre e devoto do santo casamenteiro e do taumaturgo do nordeste Pe. Cícero.
Viva a festa de Santo Antônio de Barbalha!

66 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo, Silvana* Parabéns*

*Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade!...

Prá ganhar teu amor fiz mandinga

Fui a ginga de um bom capoeira

Dei rasteira na sua emoção

Com o seu coração fiz zueira...

Fui a beira do rio e você

Com uma ceia com pão

Vinho e flor

Uma luz prá guiar sua estrada

A entrega perfeita do amor

Verdade!...

Descobri que te amo demais

Descobri em você minha paz

Descobri sem querer a vida

Verdade!

Como negar essa linda emoção

Que tanto bem fez pro meu coração

E a minha paixão adormecida...

Meu amor, meu amor, incendeia

Nossa cama parece uma teia

Teu olhar uma luz que clareia

Meu caminho tal qual, lua cheia...

Eu nem posso pensar te perder

Ai de mim esse amor terminar

Sem você minha felicidade

Morreria de tanto penar

Verdade!...
Zeca Pagodinho

Beijos, querida*********
Te amo
Bom Dia!

Eliana Pessoa disse...

Deve ser uma festa e tanto bem animada!!

CeliaAlma disse...

Linda a descrição da Festa. Aqui em Portugal festeja-se o Sto. António sobretudo na Capital- Lisboa. A fama de casamenteiro também é geral por aqui temos os famosissimos Casamentos de Sto. António e respectivas festas populares com muita sardinha, vinho e foguetório.
Bom Santo António para si.

Rui da Bica disse...

Olá Silvana! Foi bom avisar as gentes solteironas !... :))))
Só restam 11 dias ! rsrsrsrs

A frequência das "postagens reduziu muito, minha amiga.
Alguns problemas concerteza.
Beijo

Suziley disse...

Manifestações populares, Santo casamenteiro, Pau da Bandeira, é tudo de bom mesmo!! Linda postagem, Silvana!! Saudações florestais, uma boa semana, bom dia, beijos no seu coração ;)

ValériaC disse...

Querida, mais uma vez nos presenteando com um belo texto...aprendi um pouquinho mais da riqueza cultural desta cidade...
E Viva Santo Antonio!
Beijos...
Valéria

Socorro Melo disse...

Oi,Silvana!

Deve de ser mesmo um festão,alegre e animado, como tudo nesse Nordeste querido, danado de bom. O Nordeste é pura arte e cultura, e o povo se esbalda nessses folguedos gostosos. Não conheço Barbalha, nem a festa do pau da bandeira, mas, é como se conhecesse, pois, as características da cultura nordestina são muito semelhantes, e eu sou nordestina, com muito orgulho, ôxente!

Beijos
socorro Melo

Albuq disse...

Silvana que saudades de você e de seus textos!
Fiquei feliz ao ver esse hoje!

Menina acho essa festa muito interessante. Todos os anos acompanho pela tv, é uma verdadeira manifestação popular. Festa, comidas, crenças, danças, rezas... cultura, muita cultura. Povos, costumes e sonhos, principalmente das solteiras buscando um casamento kkkk

Tô pensando em ir também kkkkk

bjssssss e ótimo texto!

Adriano disse...

Para nossa sorte o povo brasileiro mantém vivas as tradições de geração em geração, e isso é o nosso maior patrimônio cultural.

Grande abraço!
Adriano Berger

Apostila Hacker disse...

ESCUTA CELULAR – APRENDA COMO FAZER UMA ESCUTA CELULAR

O site Apostila Hacker esta disponibilizando um tutorial com material secreto sobre escutas celulares, que mostra como qualquer pessoa pode fazer uma escuta celular sem nem uma dificuldade, essa escuta realmente funciona, qualquer criança é capaz de fazer após ler o tutorial, muitas pessoas não sabem como fazer isso por não conhecerem alguns segredos, e quais programas usar, é isso que o tutorial mostra, a escuta é realizada sem que a pessoa saiba e você terá acesso a quase todos os dados do celular da pessoa, como mensagens que ela recebe, pode escutar as ligações que ela recebe e que ela realiza, e em alguns casos ate meso saber onde ela esta através de rastreamento.

ESCUTA CELULAR;
GRAMPO CELULAR;
MONITORAR CELULAR;
RASTREAR CELULAR;
MONITORAR MENSAGENS DO CELULAR;
MENSAGENS DO CELULAR;
ESCUTAR O QUE A PESSOA FALA NO CELULAR;
FAÇA VOCÊ MESMO SUA ESCUTA CELULAR;
COMO FAZER UM GRAMPO CELULAR;
COMO ESCUTAR TUDO O QUE FALA NO CELUAR;

A apostila se encontra no site:
http://www.apostilahacker.com.br

manuel marques disse...

Ui que saudades.

Mais um texto magnífico.

Beijo.

Valéria Gomes disse...

Que loucura!!!
O ser humano acredita em tudo!
Solteirona-pau-casamento (ahahaha)

Beijos de alegria!!!

Hamilton H. Kubo disse...

Nossa, acho que faz um bom tempo que não venho aqui!! Andou sumida!! rsrs
Adorei a história, e me perguntei tem algum santo ou santa para ajudar o homem a encontrar boa esposa?? rsrs

Beijos!

Canduxa disse...

Olá Silvana,

Desconhecia a existência desta festa....adorei conhecer esta história.
Santo António é de facto conhecido por ser casamenteiro e aqui em Portugal realizam-se, todos os anos, vários casamentos de jovens que são ajudados em seu nome.

beijinhos

Sônia Brandão disse...

Apesar de não precisar correr atrás do pau da bandeira fiquei curiosa, com vontade de ver essa festa.

Bela postagem.
bjs

lucidreira disse...

É neste mês de junho que o nordeste e os nordestinos começam a extravassar com as festas juninas. É muito bom ver ouvir e participar de todas elas.
Abraço

as arteiras disse...

Olá, Silvana!
Não conhecia essa história. è muito interessante.
Essa festa deve ser muito procurada a cada ano, né!rsrs
Tenha um bom feriadão!
bjs!!
As arteiras

SolBarreto disse...

Saudades que eu estava deste cantinho de ensinamentos sobre a nossa cultura!
Que bom que voltou!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Mais uma que eu não conhecia e, com certeza, vai aumentar meus conhecimentos.

Bela história/estória. Adorei!

Beijos e fique na paz de DEUS.

Furtado.

**£ú® disse...

"Problemas e doenças são sinais de emergência para que possamos transformar nossas vidas."... DESPERTADORES é o nome do texto e eu diria que é, literalmente, um chacoalhão... vale a pena ler... te espero... bj... **£ú®

Zen disse...

Olá Silvana,amei o seu blog é bem diferenciado. Breve voltarei.Bjs.Zen.

orvalho do ceu disse...

Oi, querida
Gostava muto de paricipar de tais festas quando morava no ES... aprecio a cultura brasileira, menina e vc nos brinda com tantos enredos bonitos.
Abraços e tenha um ótimo dia...

Regina Mendes disse...

Parabéns pelo seu blog Silvana. Muito legal isso de vc resgatar nossa cultura.
E quanto a ser sozinha, nunca estamos sozinhas, minha querida; Deus sempre envia anjos para estar conosco. E esses anjos, muitas vezes chegam na forma de amigos.
Sinta-se bem vinda entre nós, pois só nos trará alegria poder tê-la como amiga.
Que Deus a abençoe.

Aromadoce disse...

Olá Silvana, é a primeira vez que visito o seu magnifico blog, gostaria primeiramente de agradecer sua visita em meu blog, Adorei seu comentario e fiquei muito contente por ter se tornado uma seguidora dele. Agora, que blog é esse? Tô arrepiada... Ameeeeeiii!! Virei sua fã. Que postagens lindas, que poesias lindas, que imagens... Nossa! Sem palavras .. Adoro tudo que se refere a natureza, gente, culturas, pena que nuna pude viajar e conhecer ao vivo, mas através de seu blog, parecia que estava em todos aqueles lugares e com toda aquela gente.Simplismente fantástico. Bjinhos, vou te visitar sempre, Bárbara do Aroma Doce.

Rosa Carioca disse...

Já tinha saudades!
Santo Antonio é meu padrinho de baptismo. (tradição de minha família) E, por sinal, tem se portado bem!!!

Mônica disse...

Obrigada por mostrar seu blog. Estou adorando.
Minha terra Natal Santo Antônio do Amparo MG também o padroeiro é Santo Antônio de Pádua. Temos barraquinhas, foguetes, quadrilha e muitas oraçoes.
Mas a sua é bem gostosa também
com carinho Monica

sonia disse...

Gosto muito de seus espaço.
E essa postagem achei o máximo!.
Um abraço,
Sonia

clark lost disse...

Oi! Silvana, incrível nosso país... Quantas tradições, festas... O Brasil é um manancial de artes e de cultura, que ultrapassam todas as fronteiras. Ouvimos falar de tantos brasileiros que são aclamados no exterior e que levam nossas raizes para os lugares mais remotos.
Parabéns pela matéria!
Abraços!

xunandinha disse...

Pelos vistos Stº António padroeiro de Lisboa Portugal não é só cá que é casamenteiro. Em Portugal existe a tradição das noivas de Stº António.Beijinhos

Lígia Saavedra disse...

Encantada com sua pesquisa sobre a nossa Cultura, deixo aqui o meu agradecimento por também estares conosco.
Um terno abraço amazônico

José de Arimatéa dos Santos disse...

Luiz Gonzaga, o rei do baião canta:
"A festa de Santo Antônio em Barbalha é de primeira." Música do cantor Alcymar Monteiro.
Festa tradicionalíssima em homenagem a Santo Antônio. Barbalha,cidade conservadora se transforma numa festa realmente popular em que o sagrado e profano se interagem. Folclore e cultura bem peculiar da região do cariri cearense,bem no sopé da serra do Araripe.Verdadeiro oásis em plena caatinga nordestina. Povo trabalhador, alegre e devoto do santo casamenteiro e do taumaturgo do nordeste Pe. Cícero.
Viva a festa de Santo Antônio de Barbalha!

VELOSO disse...

Recarregando a bateria de boa energia no seu blog!

Prof. Adinalzir disse...

O seu blog como sempre é show de bola!

Meu blog está concorrendo ao prêmio TopBlog 2010. Conto com o seu voto no link abaixo!

http://www.topblog.com.br/2010/index.php?pg=busca&c_b=116942

Abraços,

Prof. Adinalzir Pereira
http://saibahistoria.blogspot.com/

O CANTO DE MARIA disse...

Encantada com seu espaço...
Muito criativo e educativo .
Parabéns!!!!

beijos cariocas!

Aqui - Ali - Acolá disse...

Graças por ter visitado meu blogue que aqui retribuo com carinho.

Boa postagem esta sobre Santo António que, cá por Portugal também existe a 13 de Junho e é conhecido pelo Casamenteiro, nesta data se realizam vários casamentos em honra deste Santo muito popular.

O arraial popular por cá é muito por todo o país onde neste dia predomina a boa Sardinha assada e o pão de milho que é tradicional neste dia.

Espero voltar aqui de novo e sempre que queira visitar meu blogue será sempre bem recebida.

Bjos, bom domingo cheio de alegria.

Marcos disse...

Coitado do Santo que é tão solicitado. Eu vi essa festa pela TV, aquele bando de homens indo para o mato escolher a maior arvore para cortar e levar para cidade.

Tem algo a ver o tamanho do tronco ser facilitador de realizar os sonhos das solteiras?

Bjs

Mari Amorim disse...

o vento afaga
o cabelo das velas
que apaga
Bom final de semana,
Boas energias sempre!
Mari

Silvia disse...

OI, Silvana
deixei um presente pra ti no meu blog.
Abraço

C@urosa disse...

Olá querida Silvana, muito bom, bem ilustrativo, um momento único das festas folclóricas. Parabéns pela qualidade, sempre.

forte abraço

C@urosa

Lilá(s) disse...

Que festa mais curiosa!
Bjs

Tuca Zamagna disse...

Parabéns pelo blog! Só podia ser coisa de torcedor do time da massa... da massa cinzenta! Foooogo!!!

marcia marques disse...

Olá Silvana, preciso do seu email, pode me mandar? Meu email é marcia@canalaberto.com.br
Aguardo
Abraços
Márcia

Marilu disse...

Querida Silvana, seu blog é um espetáculo, teriam que haver várias Silvanas, para que nossa cultura não se perdesse. Sou uma apaixonada pelas coisas da nossa terra, pela cultura indígena, tão rica e cheia de mistérios, pela cultura dos negros, que embora tenha vindo da África, está fortemente enraizada no Brasil.Sou sua fã de carteirinha...tenha um lindo final de semana...Beijocas

Zilda Santiago disse...

Ao passar uma temporada no balneário de Caldas,que fica acima de Barbalha(na serra)tive oportunidade de assistir esta festança...................Bom relembrar.Saúde e paz.

Bergilde Croce disse...

Olá Silvana,saudades!Saudades de suas visita,saudades desse período lá no meu CE...tanta festa e diversão.Ainda bem que restam as lembranças pra confortar o coração.
Abraços da Itália,Bergilde

Sonia Schmorantz disse...

Saudades de ti menina, espero que tudo esteja bem por aí, tuas postagens continuam maravilhosas!
beijo

Gueixa disse...

Oi Silvana.
O seu blog é muito mas muito legal mesmo viu.
Tem Selo pra vc na Gueixa.

Estrela disse...

Olá Silvana!
É sempre um prazer visitar o teu cantinho. Há sempre uma informação das culturas de cada lugar do Brasil.
Felicidades, Silvana!

Maria José disse...

Cheguei ao seu blog através da amiga ValériaC. Está sendo gratificante para mim. Voltarei com mais calma. Grande abraço e parabéns pelas postagens.

Brasil Desnudo disse...

Existem pessoas do bem e do mau!
Mas quando a cultura de um povo é preservada, ainda mais nas cidades do interior do país, elas são mais solidárias e conservadoras e humanas.

Bela matéria postada a sua

MARCIO RJ

Chris disse...

Silvana, muito obrigada por sua visita em "meu cantinho". Foi bom saber que você gostou.
Obrigada também por nos presentear com um belo texto, parabéns, adorei seu blog.

Bom final de semana!

Beijos em seu coração.

Rita Contreiras disse...

Acho que essas manifestações populares são carregadas de magia, nos resgata uma pureza tão necessária nos dias de hj onde aaridez das relações se faz tão presente. É um sinal de resist~encia da essência do que é belo.Grande abraço.

Zezinha Sousa disse...

Olá, Silvana, estava com saudades desse espaço mágico, maravilhoso. Amo esse banho de cultura. Aqui na minha cidade convivo com o maracatu, o mamulengo, a ciranda etc. Santo Antônio também é festejado assim como vc descreve, vivenciamos as festas juninas com fogueiras acesas, comidas de milho, quadrilha e tudo o mais. É muito legal. Espero sua visita. Bjos!!!!!

Mari Amorim disse...

Passei para ler e desejar um excelente final de semana,
Boas energias,
Mari

Mari Amorim disse...

Esquece o mal que porventura te atinge.
Entrega os problemas ao tempo, que tudo resolve.
Trabalha no bem e o bem responderá com a paz na tua consciência.
Boas energias,
bjs
Mari

AC disse...

Adorei este espaço, onde as histórias da tradição popular são tratadas como rainhas.

Beijo

Leitura de Mundo disse...

Seguindo link num comentário acabei aqui e pude constatar que o blog continua bem interessante.
Saudações juninas!
=)

Fa menor disse...

Seria bom nunca se perderem as boas tradições!

Bjins

cantinhodacasa disse...

A cultura, a fé, o sagrado e o profano.
Será que Santo António é mesmo o santo casamenteiro?
Belo post, como são todos os que aqui escreve.


Beijinho

Marilu disse...

Querida Silvana, tenha um lindo final de semana....Beijocas

Elaine Barnes disse...

Uma beleza de texto e pesquisa. Essas coisas tem um força danada por causa do inconsciênte colletivo né?! Puxa,deve ser uma festança deliciosa e muito alegre, gostaria de ver,não pra pedir um casamento,mas pra sentir essa energia. Deve contagiar!
Montão de bjs e abraços

Lauro Monteiro disse...

Sua participação no blog "Não dá para ficar calado" e no site www.observatoriodainfancia.com.br é muito importante. Continue participando e comentando. Volte mais vezes.
Observatório da İnfância: o seu canal de informação sobre os direitos da criança e do adolescente.
Atenciosamente
Lauro Monteiro

Lauro Monteiro disse...

Sua participação no blog "Não dá para ficar calado" e no site www.observatoriodainfancia.com.br é muito importante. Continue participando e comentando. Volte mais vezes.
Observatório da İnfância: o seu canal de informação sobre os direitos da criança e do adolescente.
Atenciosamente
Lauro Monteiro

As Dores do Silêncio disse...

Passando para desejar um belo final de semana abençoado
e agradecer o carinho deixado em minha pagina na minha ausencia...
E pela corrente pelos votos de minha melhora...

Fique com Deus
bjs
Soll

Flora Maria disse...

Muito interessante essa história !
Como sempre, você nos apresentando novas belezas brasileiras.

Cheguei a pensar que as solteiras fossem correr atrás dos homens, como fazem na famosa "Corrida da Maria Cebola", lá em Brejo Seco, terra do Ferdinando Buscapé, aquele mocinho das histórias em quadrinhos !!!

Beijo

Daniel Savio disse...

Ele merece um pouco de festejo para compensar o tanto de maldade que acaba passando devido ao amor...

Fique com Deus, menina Silvana Nunes.
Um abraço.