sábado, 26 de junho de 2010

CAVALGADA EM SÃO JOSÉ DO BELMONTE / PE.

Cavalgada em Pernambuco relembra lenda sertaneja do século XIX. O percurso acontece todo ano em São José do Belmonte (PE).
A lenda teve início com um sertanejo pernambucano que, inspirado em versos de cordel, liderou um grupo de fanáticos religiosos que acreditava no aparecimento de Dom Sebastião, rei de Portugal.O rei não apareceu, mas a história é relembrada todos os anos com a cavalgada de São José do Belmonte, em Pernambuco.
Para conclamar os cavaleiros, música regional e uma salva de fogos de artifício. São 33 km de cavalgada até a Pedra do Reino, mantendo-se a tradição no sertão pernambucano. Honra é liderar os cavaleiros, assim pensa quem é escolhido para ser rei ou rainha do evento. Os organizadores refazem o caminho de tropas do império. 
Em 1838, o major Manoel Pereira da Silva e seus homens, dirigiram-se à serra do Catolé para acabar com uma seita que incentivava suicídios, no antigo arraial de Pedra Bonita, hoje Sítio da Pedra do Reino, ponto final da cavalgada.
Hoje, este sítio é considerado um memorial, conservando um pedacinho da história do Brasil.

(Fonte: Via Brasil)

33 comentários:

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Belíssima história.
Mas devo dizer, adorooo cavalgar...
E já sinto saudades de o fazer, faria o percurso com sorriso estampado, pouco me importanto em quem iria liderar, apenas a satisfação de no dorso de um belo cavalo poder a natureza contemplar e vivenciar a cavalgada em São José do Belmonte.

Beijos adore!!
E pensei, devo logo procurar onde cavalgar!!

Otelice Soares disse...

Lindo.
Lindo, lindo, lindo este nosso Brasil, permeado por tantas herança a constituir as suas tradições.
Bjs.

Jorge disse...

Silvana,

muito interessante, Brasil é imensamente rica de lendas e tradições.
Nunca tinha ouvido falar sobre Belmonte. Aprendia mais.

Um beijo, Anjo e saudações urbanas!!

manuel marques disse...

Depressa: o tempo foge e arrasta-nos consigo: o momento em que falo já está longe de mim ...

Beijo.

Eliana Pessoa disse...

TIPO AQUI NO GOIAS COM A FESTA DO DIVINO ESPIRITO SANTO!!!
BOM FIM DE SEMANA
BEIJO

AC disse...

Muito interessante. Relembro que a lenda de D. Sebastião se espalhou, na época, por todos lugares de língua portuguesa. E, já em pleno século XX, ela faz parte da famosa obra Mensagem, de Fernando Pessoa.
Curiosa ainda a toponímia Belmonte, terra de origem de Pedro Álvares Cabral.
É sempre um gosto vir aqui.

Beijo

EVELIZE SALGADO disse...

Nossa, que lugar lindo!!!! Que festa bonita, também. Cultivar as tradições é reviver a nossa hstória.
Obrigada pela postagem informativa, adorei!

Bjinhos gaúchos e bom domingo!

HSLO disse...

Bom saber, um pouco mais dessa história.

abraços


Hugo

K disse...

Linda história!
(e essa não tem fantasma! - risos)

bom final de semana!!!

Valéria Gomes disse...

Esse nosso Brasil, é mesmo recheado de boas histórias. É uma terra muito linda de se viver, não é mesmo?

Bom domingo para ti!!!

Sônia Silvino disse...

Boa noite, meu bem!!!
Venho para deixar uma beijoca carinhosa!
*************************************************
E este poema para você

"AMIGOS, ANJOS E FLORES

Assim são os amigos...
Assim são os amores...

De tanto esperar... De tanto vagar... De tanto chorar...

Hoje percebo que sozinha... Já não estou...
E hoje ao despertar nesta linda manhã...
Senti um gostoso aroma de flores...
Senti a presença dos anjos...

Novamente abro minha janela... Da alma e coração...
E por ela vejo meus amigos...
Que mesmo sendo do virtual...
Apoiaram-me nas horas de solidão...

Recebo sorrisos palavras de alento...
E cercada de anjos percebo que...
Sozinha eu nunca estarei...

Hoje mais do que nunca confio...
Na sabedoria extrema do Universo...
Onde anjos de luz me guiam...

Com toda a profundeza e nobreza...
Da dádiva divina que é o amor...

Eu tenho amigos poetas...
Tenho amigos e amigas aqueles das horas incertas em dias de batalhas, "brigas"...
Conto com amigos poetas!...
Eles vêem em tudo amor...
Não me aconselham, escutam são meus amigos...

E ao clamor! Estão comigo e labutam (trabalhar duro e com perseverança)...

Amigos poetas se calam...
Me ensinam com a poesia as palavras as vezes falham...

Harmonizam em melodia Na melodia poética dos versos e dos sentimentos...
Nem tudo segue estética e se refazem nos "lamentos"

Poetas escrevem das dores amores, da lua, do dia...
falam de estrelas, de flores encantam, trazem alegria... "

Desconheço a autoria.

*****************************************************

SÔNIA SILVINO'S BLOGS

VÁRIOS TEMAS & UM SÓ CORAÇÃO

****************************************************

Sena do Aragão disse...

Obrigado por nos contar essas histórias.
Obrigado por nos mostrar coisas que não sabemos.
Obrigado por manter viva a nossa identidade e relembrar nossas raízes.

Obrigado por reavivar a cada conto, história, postagem, a nossa memória.

Ótimo domingo!

Beijos

ValériaC disse...

Que bonita história amiga...
Deve ser lindo fazer esta cavalgada, apreciando as belezas do percurso e relembrando as tradições do povo.

Doce e sereno domingo pra ti!
Beijos
Valéria

Pelos caminhos da vida. disse...

Qta tempo Silvana, estava com saudades de vc, e ai tudo bem?

vim fazer um convite para conhecer o mais novo blog meu e da amiga, Marcia, o link é esse aqui:

http://meninaspoderosasdoblog.blogspot.com/

Será um prazer te receber.

BOm domingo.

beijooo.

Deia disse...

Oi Silvana! Essa semana aprendi mais um pouco sobre esse imenso Brasil. Com você, aprendi sobre a Cavalgada de Pernambuco. Em outro blog, aprendi sobre o Congado, de MInas Gerais. Fantástico! Um abraço, Deia.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Mesmo sendo pernambucano, confesso que desconhecia a lenda, mas nunca é tarde para aprender. Obrigado pela lição.

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Albuq disse...

Silvana que história legal!
Adorei, toda vez que você posta tenho que ler porque sei que é mais do que informativo, muito mais! bjs

Marilu disse...

Amiga Silvana, nosso país é um celeiro de contos e lendas, cada lugar tem sua cultura em particular, seus mitos. Sou suspeita, adoro tudo o que você escreve. Tenha uma linda semana...Beijocas

rouxinol de Bernardim disse...

O Brasil merece o carinho de todos os amantes da natureza.

Isto é poesia da mais pura!

Vitor Chuva disse...

Olá Silvana!

É bom tê-la de volta com mais uma bonita história, esta com muito de comum com as crenças deste Portugal.
Muito gente deste lado esperou pelo Don Sebastião que, dizia a lenda,chegaria numa manhã de nevoeiro.
Manhãs assim, houve muitas, mas do Sebastião ... nem vê-lo!
Hoje, daria jeito que aparecesse já que bem estamos a precisar dum, tão mal vão as coisas por aqui ...
Olhe! Se aparecer por aí, mande-o para cá!
De novo, bem vinda, e continue a trazer-nos as suas bonitas histórias!
beijinhos.
Vitor

saitica disse...

Muito bom mesmo seu trabalho, parabéns. Você propõe que os visitantes divulguem "foi desse jeito que eu ouvi dizer" faremos com prazer. Uma das maneiras é lincando o seu ao nosso: www.saitica.blogspot.com. Topas? Nos visite e avise
alegria e sorte na vida.
daniel de andrade simões

micael disse...

Tal como o nosso rei D. Sebastião, que na sua ingenuidade de moço se perdeu no norte de àfrica, em Alcácer Quibir... Portugal, passados quase 532 anos (foi a 4 de Agosto), se perdeu por terras de África do Sul. :(

Consequêcias:
Filipe II de Espanha é aclamado rei de Portugal... e cinco séculos passados, a Selecção Espanhola vence a de Portugal... Lá volta o emigrante de malinha para casa...
:(. . .

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Parabéns e obrigado pela cultura. Beijos

disse...

Que legal ! :)
E este é o nosso Brasil né... cheio de heranças!

Um beijão :*
Ah, se tiver twitter, me segue porque lá eu to sempre :) https://twitter.com/maa_lauraa

Mari Amorim disse...

Olá Silvana,
vejo a beleza da sua alma,ao ler-te.
Boas energias,
Mari

Lilá(s) disse...

Já sabia que o Brasil era muito rico em lendas e tradições, estou a adorar conhecer mais.
Bjs

Marilu disse...

Querida Silvana, tenha um lindo final de semana..Beijocas

IVANCEZAR disse...

Pernambuco, provavelmente, seja o estado do Nordeste com maior volume de tradições e eventos marcantes . Os Guararapes ... guardam uma semelhança com a "alma" gaúcha.
Belíssimo post !

Luis disse...

Minha Querida Amiga Silvana,
Estas lendas são tipicamente lusitanas. Engraçado como levaram a crença de D. Sebastião para o Brasil!!!
Nunca pensaria que tal pudesse acontecer.
Um bom Domingo e beijinhos amigos.

Estela disse...

Olá Silvana,
Este é o nosso Brasil cheio de histórias e tradições e, que você relata muito bem.
Bjs

Ana Isabel disse...

Passar por aqui e parar é aprender um pouco mais.

Obrigada pela partilha


Bjs

Ana Isabel

Flora Maria disse...

Lindo lugar !
Melhor ainda terem preservado a tradição antiga.
Muito melhor você ter contado a interessante história para nós.

Beijo

Daniel Savio disse...

Senão me engano, tem uma praia que tem uma lenda de aparecer um castelo durante as noites de lua cheia, na qual estaria este rei português...

Senão me engano, li por aqui.

Fique com Deus, menina Silvana Nunes.
Um abraço.