sexta-feira, 1 de abril de 2011

1º DE ABRIL - O DIA DA MENTIRA

O costume de contar mentiras no dia 1º de abril, teve sua origem na França. Pois é, os franceses mentem há muito mais tempo que nós.
Desde o começo do século XVI  na França, o início do ano era comemorado em 25 de março, data que marcava o início da primavera. As comemorações se estendiam por uma semana, até dia  1º de abril onde efetivamente  dava-se início ao novo ano.
Mas, em 1564 o rei francês Carlos IX num de seus rompantes, baixou um decreto adotando o calendário gregoriano, e o ano novo passou a ser festejado em 1º de janeiro.
Com a dificuldade de comunicação -  não existia rádio e nem televisão -, essa mudança causou uma tremenda confusão. Claro que as pessoas não gostaram da idéia e continuaram a considerar o 1º de abril como o primeiro dia do ano, mandando convites para festas, votos de felicidades uns para os outros .
Diante do fato consumado, a população passou então a ridicularizar Carlos IX  enviando  presentes esquisitos, cartas e convites para festas que não existiam. Essas brincadeiras ficaram conhecidas como "plaisanteries".
O costume se espalhou pelo mundo todo, e com o tempo foram surgindo novas brincadeiras. Em países de língua inglesa o dia da mentira costuma ser conhecido como "April Fool’s Day" ou "Dia dos Tolos";  na Itália é chamado de  "pesce d’aprile", o que significa literalmente “peixe de abril”.
No Brasil, o "Dia da Mentira" ou "Dia dos Bobos" começou a ser difundido em Pernambuco, onde circulou “A Mentira”, um periódico de vida efêmera, lançado em 1º de abril de 1848 com a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte.
“A Mentira” saiu pela última vez em 14 de setembro de 1849, convocando todos os credores para um acerto de contas no dia 1º de abril do ano seguinte, dando como referência um local inexistente.
Tudo faz crer que as brincadeiras, originárias das "plaisanteris" francesas, continuarão sempre a existir, graças a eternidade das manifestações culturais no mundo inteiro.

Isso tudo é muito divertido, mas é importante lembrar que só é divertido falar mentiras somente no dia 1º de abril,  desde que depois a verdade seja revelada.

E você, já preparou a sua pegadinha para hoje ?

9 comentários:

César Ramos disse...

Olá,

Não preguei a minha pegadinha de hoje - dia das mentiras -, porque é data certa para amadores.

Os profissionais da mentira, políticos e alguns jornais... esses, mentem todo o ano!

Eu... não!... nunca minto!

Talvez pense que estou a mentir, mas é verdade!

Belo texto explicativo das origens desta data.
Não resisti, e apliquei-o na m/página do Facebook, numa atitude de partilha.

Obrigado

César Ramos

R. R. Barcellos disse...

- Eu conhecia essa história muito por alto, e foi um prazer lê-la aqui, esmiuçada em detalhes. O título bem poderia ser "A verdade sobre a mentira".
- E, aproveitando a data de hoje:
- DETESTO ESTE BLOG!
- ...(caiu, caiu... primeiro de abril...)
- Abração de nariz curto e sincero.

Leandro Ruiz disse...

Silvana, pena que muitos aproveitam para usar isto a outros fins...

"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo." (Clarice Lispector)


Paz e bem!

Mônica disse...

Gostei muito de saber desta história. Tinha esqucido!
com carinho Monica

Jorge disse...

Não conhecia a história do dia das mentiras por isso gostei de ler. A propósito, sabia que o Kadhafi vai oferecer um poço de petróleo a Portugal?

. disse...

Silvana

Uma vez caí no conto do vigário..
Eu ia indo para o colégio,derrepente ao virar a esquina,vi uma cx de presente caída no ch]ao,olhei meio desconfiada,mas achei que alguém perdera o presente e abaixei para pegá-lo.Quando abaixei,umas crianças sairam de trás do muro e gritaram:primeiro de abrilllll...
Sai de fininho e nem olhei para trás....kkkk...
Muito bom o seu texto.
Não sei se vc notou,que criei mais um blog,agora é o Cantos e Encantos II,para vc acessá-lo,escreva:www.sonianovaes2.blogspot.com
Eu ultrapassei meu limite de fotos e tive que criar outro blog...rsss..fazer o quê,né amiga?
Espero voce por lá.
Bjs

Zélia Cunha disse...

Oi, Silvana. Teu trabalho é maravilhoso! Continue na luta de preservar a memória e a cultura do nosso povo. Precisamos conhecer as nossas raizes, as nossas tradições, valorizar a cultura que em meio de tantas futilidades e inutilidades encontra-se esquecida.As gerações futuras precisam desse legado.É gostoso ler tuas histórias.Bjs

Cacá - José Cláudio disse...

Muito legal, Silvania, eu não sabia dessa origem. O duro é que no Brasil haja tantos primeiros de abril feitos por gente profissional.rsrs. Abraços de verdade, paz e bem.

xunandinha disse...

Com os anos vamos deixando essas brincadeiras, as crianças encarregam-se de não deixar caír essas trdições, um grande abraço ecologico