domingo, 3 de abril de 2011

DIA DE PRETO VELHO.


13 DE MAIO COM MUITO AXÉ !
SALVE OS PRETOS-VELHOS DE ZAMBI! 
SALVE ANGOLA! 
SALVE A GUINÉ !

“Nêgo está moiado de suó, mas tá feliz porque Deus o liberto (bis); Ô sinhá, sinhá, segura a chibata num deixa batê, faz uma prece prá nêgo morrê, nêgo num qué mais sofrê (bis)”.

O dia 13 de maio vem celebrar louvação aos Pretos-Velhos que são espíritos de velhos africanos ou descendentes destes que viveram nas senzalas e, como escravos, morreram no tronco ou de velhice.

Pretos-Velhos têm grande importância na preservação da cultura de afrodescendência porque são eles que mantém a herança da tradição oral, da culinária e da medicina rústica aliada ao misticismo - receitando auxílios, remédios e tratamentos caseiros para os males do corpo e da alma. Sábios, ternos e pacientes, dão o amor, a fé e a esperança aos "seus filhos". A despeito de sua idade avançada tiveram, o poder e o segredo de viver longamente, apesar da rudeza do cativeiro demonstrando qualidades insuperáveis para suportar as agruras da vida, conseqüentemente são espíritos guias de elevada sabedoria, trazendo esperança e quietude aos anseios da consulência que os procuram para amenizar suas dores; são mandingueiros poderosos, com seu olhar perscrutador sentados em seu banquinho, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda, aspergindo sua água fluidificada, assim demandam contra o baixo astral para aniquilar os perigosos kiumbas. 

São os Mestres da sabedoria e da humildade. Através de suas várias experiências, em inúmeras vidas, entenderam que somente o Amor constrói e une a todos, que a matéria nos permite existir e vivenciar fatos e sensações, mas que a mesma não existe por sí só, nós é que a criamos para estas experiências, e que a realidade é o espírito. Com humildade, apesar de imensa sabedoria, nos auxiliam nesta busca, com conselhos e vibrações de amor incondicional. Também são Mestres dos elementos da natureza, a qual utilizam em suas benzeduras.

(Fonte: Nações e Cultura da cor)
Desconheço a autoria da imagem publicada acima

7 comentários:

idanhense sonhadora disse...

Olá Silvana ! Através de uma amiga portuguesa cheguei ao seu blogue . Acho-o muito interessante e tem com o meu um algo de comum .Tal como a Silvana eu procuro preservar as tradições da minha terra , no interior de Portugal ,na Beira Interior pertinho da terra de Pedro Álvares Cabral...A minha terra chama-se Idanha -a-Nova e gostaria de a ter a visitá-la através do meu blogue "idanhense sonhadora ". Se me o permite continuarei a visitar o seu
Saudações beirãs
Quina

Zélia Cunha disse...

Oi, Silvana. É sempre um prazer visitar esse blog e saborear um pouco de cultura.Amo as tradições e a oralidade dos contos , dos causos contados nas noites de lua cheia por minha avó, hoje, com 99anos.Daquele tempo muito se perdeu, mas ficaram as lembranças daqueles momentos de encantamento em que íamos dormir, muitas vezes, com a cabeça coberta, com medo das bruxas e dos lobisomens das histórias narradas.Bjs.

Francy´s Oliva disse...

É salve o preto velho este que tem muitas e muitas histórias para contar.
bjs.
Tenha um belo final de semana.

Luiz Alberto Machado disse...

Parabens, pessoamiga, feliz aniversário. E pelo excelente blog, indicarei nas minhas páginas, aguarde.
Desejo procê muitas felicidades e uma semana maravilhosa! Aproveito e convido você para participar da festa de 5 anos do Tataritaritatá, acessando: http://www.youtube.com/luizalbertomachado
E quando puder confira as novidades na Agenda enquanto curte a webTVRadio Tataritaritatá na minha home page abaixo.
Beijabrações
www.luizalbertomachado.com.br
Escritor, compositor musical e radialista (DRT 1511-PE).

Tentativas Poemáticas disse...

Olá amiga de longa data

Conheci o que hoje julgo ser "Preto Velho" nas sanzalas no leste de Angola, por ocasião da Guerra Colonial. Ensinavam aos militares que negro não tinha alma. Hoje, muitos desses militares têm netos de côr.
Olhe, até eu, que tenho um netinho mulato com um ano e meio de idade e estou à espera, para a próxima semana, duma netinha. A minha nora é moçambicana.
Bom, quis falar um pouquinho consigo. Sabe que ando afastado, não sabe?
Deixo-lhe os mais sinceros desejos de felicidade, para si e familiares, nesta data especial.
PARABÉNS
Beijinhos
António

Wagner Kern Velasques Jr. disse...

Preto Velho, a sabedoria e o amor que tens é grande demais.
Salve Preto Velho, o seu dia é o meu tbm.

Lindo post.

Bjs

José Alencastro disse...

Já estou seguindo seu blog pelo Google friend conect, tem um belo conteúdo, convido a conhecer meu blog: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/ e também seguir-me pelo Google friend. Abraço