terça-feira, 12 de outubro de 2010

A LENDA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA / A ORIGEM DO DIA DAS CRIANÇAS.

Tudo começou no ano de 1717, onde três pescadores - Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso - , moradores nas margens do rio Paraíba, no Município de Guaratinguetá/São Paulo, cansados e desanimados por não terem apanhado peixe algum, depois de várias horas de trabalho, rumavam de volta  quando, lançando mais uma vez a rede, retiraram das águas o corpo de uma imagem sem cabeça. Em um segundo arremesso, encontraram também a cabeça da imagem de terra cozida. Impressionados, experimentaram mais um lance da rede. Naquele momento, foi tão abundante a pescaria que encheram as canoas.
A pesca, quase milagrosa, despertou neles grande curiosidade em relação à imagem, que limparam com muito cuidado.
  Verificaram que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, de cor escura. Com cuidado, colocaram a imagem no oratório de sua pobre morada, e diante dela, começaram a fazer suas orações diárias.
A lenda conta que os pescadores, após terem trazido à terra firme o corpo e, em seguida, a cabeça,a silhueta frágil da Virgem tornou-se extremamente pesada.
Não tardou para a Virgem Santíssima a mostrar, por novos sinais, que tinha escolhido esta imagem para distribuir favores especiais a seus devotos.
A partir daí, na tradição brasileira, a Virgem Aparecida, sob o vocábulo de sua Imaculada Conceição, é a Santa Mãe, padroeira das mulheres grávidas e dos recém-nascidos, dos rios e do mar, do ouro, do mel, da beleza e da sedução. Ao longo dos anos, a devoção à Virgem da Imaculada Conceição “Aparecida” se ampliou, e numerosas graças foram obtidas.
.........................

- A ORIGEM DO DIA DAS CRIANÇAS -

- por Rainer Sousa (Historiador) -

O Dia das Crianças é uma data comemorada em diferentes países. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) convencionou o dia 20 de novembro para se comemorar o dia das crianças.

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação. No caso brasileiro, a tentativa de se padronizar uma data para as crianças aconteceu algumas décadas antes.
Em 1923, a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. No ano seguinte, aproveitando a recente realização do evento, o deputado federal Galdino do Valle Filho elaborou o projeto de lei que estabelecia essa nova data comemorativa. No dia 5 de novembro de 1924, o decreto nº 4867, instituiu 12 de outubro como data oficial para comemoração do Dia das Crianças.
Entretanto, a data não se tornou uma unanimidade imediata. Somente em 1955, começou a ser celebrada a partir de uma campanha de marketing elaborada por uma indústria de brinquedos "Estrela". Primeiramente, Eber Alfred Goldberg, diretor comercial da empresa, lançou a chamada “Semana do Bebê Robusto”. O sucesso da campanha logo atraiu a atenção de outros empresários ligados à indústria de brinquedos.
Com isso, lançaram uma campanha publicitária promovendo a “Semana da Criança” com o objetivo de alavancar as vendas. Os bons resultados fizeram com que esse mesmo grupo de empresários revitalizassem a comemoração do “12 de outubro” criado pelo deputado Galdino.
 Dessa forma, o Dia das Crianças passou a incorporar o calendário de datas comemorativas do país.


A PAZ entre os povos só acontecerá no dia  em que cada um  respeitar as diversidades religiosas e culturais: a PAZ não está nesta ou naquela direção, e sim naquilo que fazemos com o entendimento daquele caminho que escolhemos trilhar.
Se quisermos dissiminar a PAZ no Planeta, temos que aprender a respeitar as diferenças. Afinal, somos todos iguais perante os olhos do Criador.

44 comentários:

Vida*** disse...

Santíssima Mãe. Protegei as crianças. Nossa senhora,Rogai por nós seus filhos. Na Luz,Saúde e Paz.

Gina disse...

Gostei de saber que o Dia das Crianças começou a ser comemorado em 1955... um ano importante para mim.
Estou te esperando para conhecer o 1º cd do meu filho e estou promovendo um sorteio, passe lá no Naco Zinha!
Bjs.

Gina disse...

Ressalvando, a data foi criada em 1924 (pelas suas pesquisas), mas começou a ser comemorada em 1955...rs!

C@urosa disse...

Olá querida e sensível amiga, a nossa senhora do Brasil, muito bom, como sempre suas postagens.

forte abraço

C@urosa

Valéria Russo disse...

SIL...
SEMPRE É BOM RELEMBRAR ESSA HISTÓRIA E SAUDAR NOSSA MÃE APARECIDA.
QUE AS BENÇÃOS DE NOSSA SENHORA APARECIDA TE GUIEM TODOS OS DIAS DE TUA VIDA.
BJUIVOS NO SEU CORAÇÃO.
SAUDAÇÕES URBANAS.
LOBA.
PS: TAVA COM SAUDADES DAQUI.

Helena Garcia disse...

OI, Silvana !

Vim te conhecer e agradecer por seguir meu bloguito!
Seja muito bem -vinda!!
Estarei te seguindo também pra gente sempre se ver,tá?
Um beijão
Helena
http://diaadiacorridinho.blogspot.com

Valéria Gomes disse...

Que a Nossa Senhora, possa abençoar os corações das criançinhas, principalmente as que estão espalhadas pelas ruas das grandes cidades, sem teto, sem escola, sem nada!!!

Beijos no coração!!!

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

É muito importante sabermos a origem da data, e muito além.. Lembrar que nesta data comemoramos o dia de uma santa!!

Beijos

fernanda carvalho disse...

bacana seu blog!

Estrela disse...

Olá,Silvania.
Amei o texto sobre a origem da Nossa Senhora de Aparecida.
Saudades desse cantinho maravilhoso.
Bjus.

Daniel disse...

Fico sempre admirado com a riqueza de informações que contém seu blog. A proposta é muito boa.

Daniel

Mônica disse...

Silvana
Voce foi feliz nas duas coloc~çoes.
Que Nossa Senhora continue a lhe proteger em seu trabalho e na sua cidade
com carinho MOnica
obrigada pela visita

ALFRAPOEMAS disse...

É muito gratificante e proveitoso navegar pelos seus mares, Silvana! Neles, a gente sempre descobre novos horizontes e novos mundos,fartos de alimentos para nossa sabedoria e para nossa alma. Parabéns mais uma vez pelas postagens!

Alfrânio.

Blog da Anabela Jardim disse...

Gostei muito da sua postagem, principalmente por ser essa data tão festiva para todos nós.

Albuq disse...

Quando venho te ler entendo onde tudo começou... adorei! bjs

Flora Maria disse...

Eu lembro que, quando criança, se falava no 2º domingo de outubro como comemoração do Dia da Criança. 12 de outubro era o Descobrimento da América e 15 o Dia do Mestre.
Mais tarde foi que ficamos sabendo dessa data de 12 de outubro.

Da mesma forma, não sabíamos da comemoração de Nossa Senhora Aparecida em 12 de outubro.

Será que minha memória está falhando ?

Beijo

helen ps disse...

Sempre bom passar por aqui.
Bênçãos pra ti, pelo carinho e ternura com que nos recebe sempre neste teu recanto.

bjins

PAZ e LUZ

LUCONI disse...

Querida Silvana, que lindas postagens, nossa amo Nossa Senhora, amor incondicional e as crianças são tudo que há de bom, parabéns meu anjo, beijos Luconi

Rosa disse...

Olá Silvana! Que saudade de ler seus posts que contribui para tantos questionamentos... as questões da religiosidade e os desdobramentos dessas relações na construção da cidadania, já que para nós a religião é um assunto decisivo na vida de milhares de pessoas. beijos

Wagner Kern Velasques Jr. disse...

Adorei saber sobre essa lenda. Adorei voltar aqui no seu espaço.

Beijos

Antonio Tadeu Segat disse...

Excelente trabalho...Além de nos proporcionar emoções pelas imagens...
Seu blog está emmeus principais favoritos....
Aguardo sua visita.....
http://blogstony.blogspot.com/
Abraços!

Mônica disse...

Silvana
Já fiz o sorteio. Sabe quem ganhou?
Continuo feliz de voltar aqui

Pedrasnuas disse...

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS...ESPECIALMENTE ESSAS...

QUE OS HOMENS SAIBAM VALORIZAR TUDO O QUE É DA NATUREZA,PERTENCE-LHE NATURALMENTE!!!

BEIJOS FLORESTAIS

Anne Lieri disse...

Silvana,um texto completo,bem comovente e informativo sobre Nossa Senhora e o dia das crianças!Sempre um prazer te visitar!Bjs,

Luis disse...

Silvana, minha Boa Amiga,
Regressado vim visitá-la e fiquei muito agradado pela descrição que fez da lenda da Nª Sª Aparecida que desconhecia. É interessante que o seu dia corresponda ao aniversário da aparição de Nª Sª de Fátima!
Um beijinho amigo.

Gislene disse...

Silvana!

Tudo bem contigo?!
Espero que sim!
Linda tua homenagem, parabéns!
E parabéns pelo teu dia, professora!
Fiz uma singela homenagem no meu blog!
Um abraço.

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

Angela Reis (Luna Luz) disse...

Concordo em número, gênero e grau com o que dissestes no último trecho do seu post. Uma excelente postagem. Adorei! Jesus te abençõe! bjos

Rosa Carioca disse...

Gosto sempre de reler essa história! É linda!
Grande abraço.

orvalho do ceu disse...

Oi, Sil
É muito instrutivo o seu Blog, é bom ficarmos com datos precisos ao invés de repetirmos o que nos passam simplesmente...
Tenha uma semana feliz a abençoada!!!
Abraços fraternais

REGINA GOULART SANTOS disse...

Olá Silvana.
Estou meio sumida, mas é sempre muito bom passar por aqui.
Tem sempre muita sabedoria, e curiosidades. Sou devota de Nossa Senhora Aparecida, e o Dia das Crianças deveria ser todos os dias, por merecedoras de muito amor, carinho e proteção.
Excelente post, como sempre, minha amiga.

Beijos e uma excelente semana!

João Lenjob disse...

Olha, continuo postando cinco poemas diarios em meu blog, http://lenjob.blogspot.com, mas vim apresentar o meu castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com, que é interativo, com poemas de outros poetas, videos, curtas, entrevistas, exposições e etc..., sempre de arte, fotografia, moda e esportes alternativos e queria sua visita lá. Aguardo!
Atenciosamente,

João Lenjob

Predicativo
João Lenjob

Acordo em metominia
Vivo em prosopopeia
E durmo poesia
Te amo em soneto
Te conquisto em prosa
Te caso em conto
E em romance te vivo
Te quero em versos
Te faço em rimas
Te dou um sujeito
Te quero meu predicado
Te encho de predicativos
Sinto-te intenso um adverbio
E aprecio teus adjetivos
E quando te conheci percebi:
Eras a minha somada conjunção.

xunandinha disse...

Silvana agradeço imenso ter contado a história de nossa senhora aparecida, eu tenho uma junto dos meus santos, que foi uma amiga que esteve no Brasil e ofereceu-me, mas não me contou que havia essa história, agradeço imenso.Beijinhos

pensandoemfamilia disse...

Oi Silvana
Obrigada pela visita ao meu blog
Seu espaço trata de assuntos de grande importância social
bjs,

Toninhobira disse...

Belo resgate historico que muitos nao conhecem.Informar é lindo e esta alacance de todos e como formiguinhas devemos estar nesta missao.Parabens gostei.Meu abraço de paz e dias de luz.Grato pela visita,vou seguindo.

Zélia Guardiano disse...

Silvana, minha querida
Estou simplesmente fascinada por este seu espaço!
Lindo demais, demais!
Vontade de nunca mais sair daqui...
Enorme abraço!

Leandro Ruiz disse...

Silvana, vou repetiro que disse quando vim aqui neste espaço pela primeira vez... Como é bom ter um lugar com boas informações e não repetitivas...

PAZ E BEM !!!

José María Souza Costa disse...

Belissimo Não tenho outro adjetivo Vim lhe convidar a visitar o meu blog e se possivel seguirmos juntos por eles estarei grato lhe esperando lá
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Mônica disse...

Silvana
Tenha um otimo domingo. estou com saudades.
com carinho MOnica

Cacá disse...

Olá, Silvana! Obrigado pela visita. Este seu blog é disparado um dos melhores dentre os que acompanho por aqui. Natureza, cultura e tradição , coisas que você contribui para imortalizar com tanta competência e bom gosto. Parabéns. E estou seguindo-a também: como dizia meu avô Adão: "junte-se aos bons e será um deles." Abraços. Paz e bem.

ADiniz disse...

Bom Dia

Uma passagem rápida e urgente
Pra desejar-te uma semana em Paz e cheia de amor feito esta Lua cheia.

Bjinhos
parabéns

Daniel Savio disse...

Mas o pessoal tem de lembrar o motivo real do milagre, não é exatamente a imagem da santa, mas sim a santa que intecede a Deus para atender os pedidos...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

fénix renascida disse...

Em Portugal, festeja-se dia da Imaculada Conceição no dia 8 de Dezembro e o Dia da Criança a 1 de Junho.
Hei-de ver porque razão temos datas tão distintas.

Entretanto, venho informar-vos que os meus blogues sofreram uma restauração, particularmente este que vos venho anunciar:

FRUTO DO MEU VENTRE, AMOR DA MINHA VIDA,
O BLOG DOS DITOS "ALIENADORES", DOS PAIS QUE AMAM VERDADEIRAMENTE OS FILHOS! AMAR NÃO É CRIME, NEM É DOENÇA! AMAR É A NOSSA LEI.
REPOMOS A VERDADE, SEM FERIR SUSCEPTIBILIDADES.
MAS SE A VERDADE DOER...


em http://srevoredo.blogspot.com/


É assim que surge o meu blogue.
Sabes, eu penso que mais do que a intenção de afastar um filho do outro progenitor, certas reacções revelam, principalmente, o medo de o perder, de ser menos amado do que o outro pai, ou de não ser amado.

Quem disse que o amor é perfeito?

Evidentemente que estas situações devem ser prevenidas, e deve agir-se atempadamente para que não se quebrem definitivamente os laços com o outro progenitor.

Ninguém tem que serr castigado. O ser humano muitas vezes é traído pelos seus sentimentos.

Há, sim, que chamar a atenção. Chamar o outro à razão, de forma humana. Mas firme.

Por isso é que eu ponho reticências na guarda conjunta e/ou alternada. Os pais, consciente ou inconscientemente, estarão sempre competindo pelo amor do filho, tentando ser mais amado do que o outro. E isso leva a que, na maioria das vezes, esse tipo de guarda falhe. Sou mais pela guarda única (quantos chefes é que mandam numa empresa? Pode haver o chefe do chefe, mas é raro haver mais do que um a mandar em simultâneo), preservando o respeito pelo outro.

fénix renascida disse...

Em Portugal, festeja-se dia da Imaculada Conceição no dia 8 de Dezembro e o Dia da Criança a 1 de Junho.
Hei-de ver porque razão temos datas tão distintas.

Entretanto, venho informar-vos que os meus blogues sofreram uma restauração, particularmente este que vos venho anunciar:

FRUTO DO MEU VENTRE, AMOR DA MINHA VIDA,
O BLOG DOS DITOS "ALIENADORES", DOS PAIS QUE AMAM VERDADEIRAMENTE OS FILHOS! AMAR NÃO É CRIME, NEM É DOENÇA! AMAR É A NOSSA LEI.
REPOMOS A VERDADE, SEM FERIR SUSCEPTIBILIDADES.
MAS SE A VERDADE DOER...


em http://srevoredo.blogspot.com/


É assim que surge o meu blogue.
Sabes, eu penso que mais do que a intenção de afastar um filho do outro progenitor, certas reacções revelam, principalmente, o medo de o perder, de ser menos amado do que o outro pai, ou de não ser amado.

Quem disse que o amor é perfeito?

Evidentemente que estas situações devem ser prevenidas, e deve agir-se atempadamente para que não se quebrem definitivamente os laços com o outro progenitor.

Ninguém tem que serr castigado. O ser humano muitas vezes é traído pelos seus sentimentos.

Há, sim, que chamar a atenção. Chamar o outro à razão, de forma humana. Mas firme.

Por isso é que eu ponho reticências na guarda conjunta e/ou alternada. Os pais, consciente ou inconscientemente, estarão sempre competindo pelo amor do filho, tentando ser mais amado do que o outro. E isso leva a que, na maioria das vezes, esse tipo de guarda falhe. Sou mais pela guarda única (quantos chefes é que mandam numa empresa? Pode haver o chefe do chefe, mas é raro haver mais do que um a mandar em simultâneo), preservando o respeito pelo outro.