domingo, 16 de setembro de 2007

Quintaneando com Quintana.


O TEMPO
Com o tempo, você vai percebendo que
para ser feliz com uma outra pessoa:
Você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama
(ou acha que ama) e que não quer nada com você,
definitivamente, não é a pessoa da sua vida.
Você aprende a gostar de você,
a cuidar de você e, principalmente,
a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas...
é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas,
você vai achar não quem você estava procurando,
mas quem estava procurando por você.

OS DEGRAUS


Não desças os degraus do sonho

para não despertar os monstros

Não subas ao sótão - onde

Os deuses, por trás das suas máscaras,

Ocultam o próprio enigma.

Não desças, não subas, fica.

O mistério está é na tua vida!

E é um sonho louco este nosso mundo...




2 comentários:

veronica disse...

Silvana, conheço pessoalmente Ariano Suassuna e também já fui assistir Antônio da Nóbrega. Não sei qual dos dois foi o melhor. Eles são fantásticos. Na ocasião em q conheci Ariano, foi no teatro do colégio Marista daqui de J. Pessoa.

Graça Graúna disse...

Silvana, querida brincante: gosto do seu blog, da sua arte com a palavra e do seu jeito de fazer amigos.Paz e bem para você, pra o seu namorido , pra sua família inteira e sucessos pro seu programa radiofônico. Paz e bem em Nhande Rú.Graça Graúna