quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

MEU LUNÁRIO PERPÉTUO.


O Imperador Dom Pedro
tem uma filha bastarda
a quem quer tanto do bem
que ela ficou malcriada !
Queriam casar com ela
barões de capa e espada.
Ela, porém, orgulhosa,
a todos que recusava:
- Este é menino ! Este é velho !
Aquele lá, não tem barba !
O de cá, não tem bom pulso
pra manejar uma Espada !
Dom Pedro falou-se rindo:
- Inda serás castigada !
Não vás tu, de algum Vaqueiro,
terminar apaixonada !
E na fazenda do seu pai,
já no fim da madrugada,
um dia, numa janela,
a Infanta se debruçava .
Viu passar três moradores
que trabalhavam de enxada.
O mais garboso dos três
era o que mais trabalhava.
Tanto plantava algodão,
como do gado cuidava.
Vestia gibão de couro,
forte sapatos calçava.
N'aba do chapéu de couro,
fina prata se estrelava.
Pois logo desse vaqueiro,
a Infanta se apaixonava.
E o vaqueiro só cavando:
ói ele sabe o que cavava !
A Princesa chamou a velha
em que mais se confiava:
- Estás vendo aquele vaqueiro,
trabalhando ali, de enxada ?
Condes, Duques, Cavaleiros,
por nenhum eu o trocava !
Vai chamá-lo aqui, depressa,
e que ninguém saiba de nada !
A velha vai ao vaqueiro
que na terra trabalhava:
- Vem comigo, meu vaqueiro !
Por que esta vista baixa?
Levanta os olhos que vês
a Estrela da madrugada !
Entraram pelo portão,
que a porta estava fechada,
na camarinha da moça
o vaqueiro já chegava:
- Senhora o que é que me manda ?
Eu vim por vossa chamada !
-Quero saber se te atreves
a queimar minha Coivara !
- Atrever, me atrevo a tudo,
que um homem não se acovarda !
Dizei-me, porém, Senhora,
onde está vossa Coivara !
- É abaixo dos dois Montes,
na Fonte das minhas águas,
abaixo do Tabuleiro
e na Furna da Pintada,
na linha da Perseguida,
no corte da Desejada !
Passaram o dia folgando
o mais da noite passavam
e o vaqueiro socavando:
ele sabe o que cavava!
À meia noite a Princesa,
pediu tréguas, por cansada:
- Basta ! Basta, meu vaqueiro !
Queimaste mesmo a Coivara !
Não sei se por varas morro
ou com ela incendiada !
E assim, a filha do Rei
do orgulho foi castigada !

OPS ! Quer saber a história dessas fotos? Vai lá em postagens mais antigas...

2 comentários:

veronica disse...

Silvana, parabéns, sua página está linda. As citações, a forma do arrangement, estão todos maravilhosos, mas as fotos dos pássaros me encantaram. Você é com certeza amante da natureza. Parabéns mais uma vez

Roseane disse...

As pessoas especiais são aquelas
que têm a habilidade de dividir suas vidas com os outros.
Elas são honestas nas atitudes,são sinceras e compassivas...
E sempre dão por certo que o amor é parte de tudo.
As pessoas especiais são aquelas que têm a habilidade de se doar aos outros...
E de ajudá-los com as mudanças que surgem em seus caminhos.
Elas não têm medo de serem vulneráveis;
Elas acreditam que são únicas e têm orgulho em ser quem são!
As pessoas especiais são aquelas que se permitem o prazer...
De estar próximo aos outros e importar-se com a felicidade deles!
Elas vieram para entender que o amor é o que faz a diferença na vida.
As pessoas especiais são aquelas que realmente tornam a vida bela....

vc bjs em seu coração