quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A FORMAÇÃO DE UM LEITOR.

Hoje eu trago para vocês um outro tipo de história - a minha história.
Espero que gostem.
......................

Lembro-me de minha avó materna, uma analfabeta que lavava roupas para sobreviver e criar doze filhos; que ao deitar, contava-me a história dos espíritos esquecidos presos numa velha sacola de couro planejando uma vingança mortal àquele que, por egoísmo, manteve-os presos por tanto tempo. Com medo dessa tal vingança, passei a vida repassando as histórias que ouvia: primeiro para meus colegas de classe; mais tarde para meus filhos e hoje continuo recontando para alunos, vizinhos, amigos da internet e quem de mim se aproximar. 
Tornei-me uma devoradora de livros, passaria o dia citando autores, livros e artigos de minha preferência, porque desde pequena fui enredada pelas tramas das histórias, cantigas de roda e cordéis, por esse mundo sem fronteiras onde eu também pudesse fazer uma blusa amarela com três metros de entardecer e, sobretudo,  com a possibilidade de um dia vir a resgatar uma parte desse material oral que ainda circula, principalmente lá pelo norte e nordeste, onde o mito sebástico que tanto me encanta foi muito presente por ocasião da colonização.
Até bem pouco tempo, numa crise existencial, não conseguia compreender a minha função aqui neste plano, até que num belo dia, sentada numa cadeira, um ‘Estalo de Vieira’ iluminou a minha mente e me apercebi contadora de histórias. Hoje, professora de Português e Literaturas, fico triste só de pensar que aquilo que foi um alimento para mim durante os anos em que crescia, não é praxe em muitos lares no mundo contemporâneo.
Toda essa modernidade trouxe lá seus benefícios,  mas deixou as pessoas muito embrutecidas e essa ausência de sensibilidade embota os sentidos. A  educação pela arte mexe com essa oportunidade de vir a exercer esse domínio máximo das faculdades intelectuais ao buscar esse olhar diferenciado para formalizar a palavra, o traço, a cor, o som.
Precisamos depurar os nossos sentidos – isso é urgente se queremos um mundo mais justo e com menos violência. E essa depuração vem através desse objeto lírico tão maravilhoso que é a história. Como professora e sonhadora sinto-me na contramão do mundo porque quero resgatar esse algo que existe dentro de nós, que é essa humanidade que ficou perdida em meio a essa aldeia global, essa sociedade insensível e fragmentada; essa mesma sociedade que nos tirou a possibilidade de criar, pois com toda facilidade, ficamos frente a tudo pronto, sem poder agir. Isso nos deixa um enorme vazio, não cria um significado entre nós e o objeto.
Acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação: com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará  num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.Gostaria de terminar esta reflexão que trago para vocês no dia de hoje relembrando a nossa poetisa Cecília Meireles, literatura é nutrição, é algo muito mais profundo do que um simples entretenimento, pois o alimento faz parte da nossa história biológica e o alimento quando é de qualidade vai dando ao aluno uma visão de mundo diferenciada para toda vida, tornando um adulto mais equilibrado e mais preparado para se relacionar com o mundo.

Saudações Educacionais !

Silvana G.Nunes

( professora, pesquisadora, contadora de histórias e brincante).

68 comentários:

Anderson Macena disse...

Olá Silvana, vim retribuir a visita, gostaria de parabeniza-la pelo blog de muito bom gosto, com coerência e muito antenado com o que deve ser preservado e relembrado, como historiador só posso agradecer a memória pelo dia de los muertos comemorado no México que no ano passado tive a honra de presenciar na Cidad del Mexico.Estou seguindo o blog e recomendando aos amigos.

EDITOR disse...

Obrigado por visitar meu blog jacuhy.blogspot.com, fiquei feliz em receber suas visitas e sempre que possível retornarei. Meu blog nã tem a quantidade de visitas que o teu tem mas acredito que podemos caminhar juntos neste universo virtual.Gde abraço.O Editor

MetAArte disse...

Olá Silvana!

Vim retribuir a visita ao meu blog. Não cheguei a ler os textos (já estou pra lá de Morfeu), mas pelo que vi achei muiiiito legal! Você resgata/coleciona lendas, mitos, histórias populares e orais etc... Essa é a proposta, certo? O visual é 10! Vou lincá-lo e quando tiver mais light vou ler com calma e preparar um texto pra divulgá-lo. Um beijão do ET! (Marciano)

Anônimo disse...

Bom dia, Silvana - fiquei feliz com sua visita ao meu blogg e estou adorando o seu. Tbem conto histórias (especialmente para meus netos) e, como vc sou brincante, cirandeira, ligada às nossas raízes. Parabéns pelo seu belo trabalho. Sua história de vida é linda, suas reflexões procedem. Tudo nos faz pensar. Gente como vc muda o mundo. Abraço - Marilena Soneghet (nena)

Fatima disse...

Silvana,
muito lindo seu texto hoje!
bjs.

ROSA GLACE disse...

Linda a história de sua vida, linda a maneira que vc narra com tanta sensibilidade.Sua avó ,foi uma grande mulher,pois mesmo com uma vida difícil,transmitiu esse encantamento para vc, que hoje vc passa para nós.bjs

Anabela disse...

eu adoro ler,todos os dias ao deitar tenho e ler nem que seja um minuto,e os meus filhos com 5 e 9 anos tambem ja têm habitos de leitura,a pequenita quer que lhe leia historias e muitas vezes dou com ela no quarto a inventar historias com o livro aberto porque ainda nao sabe ler,ele com 9 anos ja tem o bichinho da leitura como a mae porque eu lhe incuti isso,damos lhe livros nos anos e festas e ele la tem na mesinha de cabeceira e lê a noite um pouco,bjs

Willian Correa dos Santos disse...

Muita bacana sua história de leitura. E infelizmente muitas crianças não têm contato com livros, com histórias que mexem com imaginário. Hoje em dia as pessoas estão lendo apenas por obrigação.

Daniel Savio disse...

É interessante ler sobre a pessoa, mesmo que não seja um meme...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Mas são os tempos modernos, que julgamos que a responsabilidade é dos outros e não nossa (mas é nossa sim), por isso negligenciamos esta responsabilidade de dar uma boa educação aos nossos filhos (que também engloba educação e não apenas conhecimento)...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Sandra disse...

Vim lhe agradecer o imenso carinho, deixado no blog e a sua doce visita no blog.Amizade se constroem assim... Feitas de quenos momentos.
Conheça os demais blogs. Todos eles são muito especiais, assim como vc.

Muito obrigada pela visita e retribuindo o seu enorme carinho.
Volte sempre.
Sandra.

O amor não mede fronteiras, pode aproximar com mais garras.
Desejo um lindo dia cheio de amor e paz para você.

welze disse...

amei. tem selinho pra vc no gostosuras. saudações florestais.

Claudinha disse...

Silvana!
Meu comentário não tem haver com o teu post mas com uma mensagem que recebi de você outro dia.
Você passou em meu blog para pedir que viesse visitar o seu. Acontece que eu era seguidora antes de você me escrever! Já estive aqui e te indiquei um selo, mas creio que algo deu errado e você não o recebeu. Estou te convidando agora para ir até meu blog e pegar outro selo. O endereço é http://dizai-claudinha.blogspot.com/2009/11/sessao-tietagem-explicita.html
Bjão!

Beta disse...

Olá Silvana!
Que bom que gostou de meu cantinho!
Seja bem vinda!
vou te add para conhecer melhor seue espaço ok?

Abraços fraternos,
Beta

Pati Araújo disse...

Oi Silvana,

Lindo texto!

A leitura é troca de energia...
Quando mais cedo se toma gosto, mais energia se tem pra vida.
Tenho uma filha, Maria Lua, de 13 anos, ela lê bastante e agora para meu deleite começou a escrever, está muito entusiasmada e sabe que só consegue escrever porque está sempre "nutrindo-se" com boas leituras.
LER É TUDO DE BOM!!!

Beijos :)

Guará Matos disse...

Já que vc não aparece eu venho aqui...

Amiga,
Estou começando um novo projeto de Blog que acredito possa ser mais profissional. Quero colocar o mundo dentro dele. O JORNAL AFOGANDO O GANSO, continua com as matérias críticas, debochadas, sarcásticas e tal.
Agora eu apresento o "AFOGANDO O GANSO PRESS"/ http://jafogandooganso.wordpress.com/
Será a oportunidade de mostrar as coisas lúdicas, que não estamos prestando mais atenção. Aquele lugar belíssimo, O bairro que tem história, a rua, o bar espetacular, o motel extimulante, a praça boa de sentar, os lugares de bons shows, a roda de samba, o chorinho, o fado e a f..., ah essa deixa pra lá, rsrsrsrs!

Depois se achegue, viu moço?
Abraços.

Paula Perin disse...

Uau!
O que você escreveu, Silvana, é exatamente como penso, só que com palavras mais bonitas, é claro!
Obrigada por visitar o meu blog, sempre que puder vou espiar por aqui!
ABraços

Meyka disse...

Olá querid
Obrigado pela visita !!!!!

Tbm acredito num mundo melhor !!!!!

voltarei mais vezes

beijos

Victor Gil disse...

Amiga Silvana.
Quem é que não gosta de uma história bem contada dos espiritos, que amedrontavam os nossos antepassados e que também nos amedrontaram a nós. Principalmente como eu que vivia e vivo no interior do país, lugar onde as histórias tinham mais credibilidade.
Sempre excelentes e atrativas as tuas histórias.
Beijos minha boa amiga
Victor Gil

Diógenes Brandão disse...

Além de retribuir o acompanhamento do meu blog, quero dizer-te que foi msravilhoso o que li nesta linhas. Uma linda declaração de amor ao belo e ao que é necessário ser notado pelo humano que existe nos seres.

Vamos manter um contato mais próximo, quem sabe daí não nasce um projeto educacional?!

dibrandao@msn.com

Cris Tarcia disse...

Ola, Silvana!

Vim agradecer a sua visita e dar uma olhadinha no seu blog. Adorei , as fotos são maravilhosas os textos tb. Claro que vou acompanhar. E vc, ja esta melhor ?

Voltarei mais vezes, no seu cantinho

Beijos

EU AMO_ KHALIL_GIBRAN disse...

Boa tarde Silvana, estou passando pra agradecer pela sua visita e dizer q tbém sou seu seguidor e é uma honra em ter sua amizade.
Desejo sim q sejamos bons amigos!
Meus parabéns pelo seu blog...é lindo!!

Gde abraço ( eu aamo Khalil Gibran )

Silvana Mello disse...

Muito bacana o texto com a sua história. Que você possa continuar nos presenteando com suas histórias sobre nosso folclore de uma forma tão gostosa e leve como vem fazendo. Bjuss

cantinho she disse...

Olá Silvana! Passando para agradecer a visita, o coment e retribuir a visita. Tb tô seguindo, pois achei o seu espaço muito interessante. Depois virei com mais calma para te ler melhor.
Beijinhos!
Cantinho She.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Olá Silvaninha

A tua avó materna era uma Senhora com S grande. Analfabeta, doze fillhos, lavar roupa para os sustentar é de Mulher também com maiuscula.

E, ainda por cima, contadora de estórias (História, com h, para mim é a disciplina académica e estudantil...). É obra! Pelos vistos tens a quem sair.

Eu também adoro as estórias, bem como conta-las, mas principalmente escrevê-las. Como já deves ter visto no meu blogue. De resto, aqui ficam três apontamentos, a saber:

1) Agradecimento. Pela visita e pelo cumentário, com o; agora, só falta seres minha (per)seguidora. Eu já me inscrevi na tua lista. Amor com Amor se paga...

2) Inveja (???)... Pelo regimento de seguidores que tens, quase o dobro dos meus. hahahahahahahahaha

3) Amizade. Pois claro (como vinho tinto...) que não vamos ser amigos: já somos!

Olha, minha querida, recomenda aos teus «capangas» que vão até à Travessa. Közsönom, como diria o Chico Buarque. É obrigado em húngaro... E o livro dele «Budapeste» é uma pequena obra de arte.

Qjs = queijinhos = beijinhos

Samuel Quintans disse...

Pronto! Silvana!
Estou te seguindo!
Muito bom o que vi por aqui, viu?
O que vi e ouvi(os sons dos pássaros)

Seja bem vinda ao "Sempre tem algo acontecendo" e fique tranquila! Estarei sempre por perto!

Abraço fraterno

Samuka

"O moleiro" disse...

Olá Silvana:
Comentei só para dizer que retribuí a visita. Gostei do que vi e vou a partir de agora acompanhar com mais assiduidade.

Gestar II - Monte Negro/RO disse...

Olá! É muito interessante saber do teu gosto pela produção, você consegue transferir para o texto, toda a tua satisfação em escrever. E isso, é muito legal, até para nós teus leitores, sempre quando abro meu blog, observo as tuas atualizações. Parabéns! Saudações blogueiros. Antonia - rondônia

manuel marques disse...

Grato pela sua visitinha.volte sempre que queira.

Abraço.

♥Chris Kobor♥ disse...

Silvana sem dúvidas seu trabalho será um sucesso pois sua maneira de escrever cativa os leitores. Sou iniciante no mundo do blog, sou professora ainda sem tanta experiencia, mas desde pequena gosto muito de ler e escrever..ainda tenho muito a melhorar, mas fico feliz com seus elogios e sem duvidas, visite minha pagina qdo quiser e com certeza estarei sempre dando aquela espiadinha aki no seu espaço...que por sinal é muito belo. Otimo restinho se semana...

Rose disse...

oiii...afff você perguntou se gosto de ler adoro e consegui passar isso aos meus filhos...lendo o seu post me lembrei que meu vô também contava histórias pra eu dormir e que ele chamava de "causos" isso era tão bom ele também era analfabeto mas tinha uma mente brilhante...tenho muitas saudades dessa época...:(
Bjinhus e parabéns pelo blog amei...

Graça disse...

Silvana,
mexer com o imaginário infantil é coisa pra lá de gratificante, e instigante, e emocionante, e...tudo que quisermos pensar de 'ante'...
E você é mestra nisso, amiga. Graças a Deus em primeiro lugar, depois à sua avó materna, cuja sabedoria de vida ultrapassou qualquer outra que as escolas não puderam suprir...
Bjs, amei ler-te hoje!!!

Rose disse...

Olá, Silvana!
Aceitei o seu convite carinhoso e passei para visitá-la. Achei tudo aqui muito especial!... Amo índios e toda temática que os envolve. Cultura popular me encanta!E, como você, também sou formada em Letras; nutro-me de ler e contar histórias! Se quiser conhecer o espaço, onde faço algumas seleções de textos e deixo alguns meus, é só acessar www.eternessencias.blogspot.com
Ficarei feliz em recebê-la por lá!
Abraços,
Rose

jace disse...

Alô Silvana,
já estou "viciada" no seu blog. Já contei pros meus alunos algumas de suas histórias, entre elas, a lenda do beija-flor e a história da tartaruga. Como são bem pequenos, tenho que fazer algumas adaptações, rsss...Mas eles adoram! Que bom que achei vc!
bjus!

Ivane Ramos disse...

Minha querida Simone, querida porque compartilhamos do mais precioso gosto que o ser humano pode ter: a leitura, o saber...Alegraste-me demais ao me visitares, e viestes tão longe...rs, que vai valer sempre a pena a troca de informações. Eu de minha parte ainda estou enveredando mais pela notícia do que pelo saber, e até por vezes, verás que eles se confundem, é que me formei professora, mas amo o jornalismo...e agora, estou como professora, risos, entenderás com o tempo...aos poucos os comentários serão fomentados...Gostei demais do teu canto...
Ah!! e volte sempre...

Sabrina disse...

Querida Silvana, obrigada por perfumar o meu jardim com seus pensamentos. O meu encanto maior, contudo, foi chegar aqui e sentir uma afinidade de coração. Também sinto-me na contramão do mundo, desejosa de mais humanidade, procurando meios de exercer o meu papel a fim de alcançar esse desejo meu e seu e de tantos outros. E é maravilhoso encontrar pessoas que sentem como nós, que agem a favor do coração, do sentimento, do sorriso da alma.
Obrigada por este presente, pela sua energia e pelo seu papel no mundo!
Beijos girassolados e que seus dias sejam sempre encantadores.

Maria Teresa disse...

Silvana: sei bem do que você fala, sinto o que você sente. Também professora de Literatura, sempre procurei fazer ver que a palavra é poderosa, abre caminhos, salva! Esse é o desafio diário nem sempre gratificante; desafio que preenche por dentro e que perfuma a alma. Acredito que por isso tenha brilho perene. Beijos.

Blog da Fatima disse...

Boa noite Silvana!!
Vim retribuir a visita a meu blog!
Fiquei muito feliz em ve-la por lá, espero que volte mais vezes!

Lendo seu Post, lembrtei do meu desejo de ser professora de linguagem!! È na minha época português se chamava linguagem, e eu tinha fascinação por leitura, sempre que a professôra pedia para alguém ler um texto eu sempre me apresentava!!! Infelizmente não consegui fazer minha faculdade, claro ao longo dos anos minhas vontades foram mudando, e meu sonho hoje é fazer faculdade de Psicologia!! Nossa adoro tudo sobre esse assunto!!

Bjos no ♥

Gerana Damulakis disse...

Retribuindo a visita, já vou levar o endereço para meus favoritos e voltarei diariamente. Bonita a sua casa. Temos a porta da literatura em comum.

REGINA GOULART SANTOS disse...

Felizes daqueles, que como eu e você, tivemos infância, avós, e livros.
Que linda sua história, Silvana.
Um grande exemplo de vida.
Já a admirava, e agora, por saber que é educadora, passei a admirá-la ainda mais, porque, ser professora é acima de tudo um sacerdócio e também, requer aceitar desafios, diante das crianças de hoje, da era da informática e robótica.
Li uma reportagem, que a tendencia é transformar os livros em CDs, ou similares.
O que será das crianças de hoje, e as de amanhã, se não tiverem a chance de brincarem como crianças e serem realmente crianças?
Como minha avó dizia : "tudo a seu tempo e sua hora ..."
Beijos fraternos

FUNARI disse...

ola silvana

Seu blog , muito interessante, sua maneira descontraída de contar estorias é cativante

Adorei conhecer

bjs

viviani funari

Paranoid Jonas !! disse...

Silvana *o* [muito obridaga] por tu comentario en mi blog ;)
agradrezco el interés y el gusto, tú blog es bantante HERMOSO.
seguiremos en contacto hasta entonces.
Jo-Jo-Jonas ~

Graça Tristão disse...

AMIGA SILVANA JÁ FAZ TEMPO QUE ÉS MINHA SEGUIDORA...MAS COMO NÃO HAVIA DEIXADO NENHUM RECADO...NÃO TE PROCUREI...QUANDO ALGUÉM ME SEGUE E DEIXA UM COMENTÁRIO...RESPONDO O MAIS BREVE POSSÍVEL E SIGO TAMBÉM..."GENTILEZA GERA GENTILEZA"!
VOU TE VISITAR ASSIM QUE POSSÍVEL...(RESPOSTA QUE DEIXEI EM MEU BLOG)
A LUZ E A PAZ DE DEUS TE ILUMINE!
GRAÇA

Mimirabolante disse...

OI,vim retribuir a visita e dizer que gostei daqui e voltarei mais vzs,com certeza !!!Muita Paz para vc tbm e sonhe,pois,através dos nossos sonhos,realizamos grandes aventuras....bjcas,bem mimirabolantes p/ vc.....Monique

Graça Tristão disse...

AMIGA ADOREI SEU SITE É 1000!!!
PARABÉNS...VOLTAREI MUITAS VEZES...TEM SELINHO NO "BLOG NATUREZA QUEM AMA CUIDA"...PEGA LÁ!
CONVIDO PARA CONHECER MEUS OUTROS BLOGS...
FICA NA PAZ...
GRAÇA

maria teresa disse...

Vim retribuir sua visita, achei seu blog um primor, vc tem o dom da palavra!
eu sou uma blogueira engatinhando, ganhei o blog de uma amiga virtual fernanda reali, da uma passadinha la pq ela sim escreve mto bem assim como vc. é um imenso prazer te conhecer, um beijinho

Prof. Regina de Lima disse...

Olá, Silvana!
Passei para visitar o seu blog e conhecer você.
Se não se importar, gostaria de utilizar este texto em uma de uma aulas. Aprecio muito os textos que retraram a paixão pela leitura e acho importante abrir esse universo das palavras para alunos, também pelas experiências de outros.

Um forte abraço literário

Regina Claudia (www.tecendootexto.blogspot.com)

Josy disse...

Oi!
Silvana!
Bem legal essa história e fico imaginando..a minha avó paterna me contava tantas histórias interessantes e por coinsidência era uma Nunes! Será que somos parentes?
Bjus e fica com Deus

Barreto disse...

Silvana, valeu mesmo pela visita ao meu blog.
Quero te dar ma dica e espero que você bem a receba.

Seria bacana você trocar o nome do seu blog, de maneira que fosse fácil localizá-lo na net, ou seja, pelo nome do seu blog, nao digo título, será bem dificil. Por exemplo, digite MEU BRASIL ESTRANGEIRO no Google e veja o resultado.
É isso que eu quero te dizer.
Nao digo que você nao terá diversos leitores, mas seu blog será encontrado mais facilmente.

Recomendarei seu blog, no meu.

Abraço,
Barreto

lilly disse...

olá silvana
estou lendo seu blog, deliciada e vejo que vc é uma contadora de estórias!
eu não sei em que parte da minha vida eu perdi a paciencia de conta-las , mas agora senti um pouquinho de saudade daqule tempo.
um lindo blog
abs
lilly
coisadelilly.wordpress.com
e blogdareforma.wordpress.com

analu disse...

silvana, oi !! vim retribuir a tua visita, adorei teus textos contas e escreves da maneira que gosto. Adoro ler, e sempre contei para meus alunos, filhas e agora neta.Adoro contar da época que eu era criança, e as coisas que acreditavamos. Foi um prazer conhecer teu cantinho. Beijocas Ana Lucia

Carolina Arêas disse...

Assim que meu filho aprendeu a ler, ele me falou algo de que nunca esqueci: "mamãe, quando estou no meu quarto lendo é como se eu estivesse em outro mundo."

Não é maravilhoso, Silvana?

Vânia Morais :D disse...

adorei a visita ja estou seguindo

fénix renascida disse...

São os novos tempos: muito se tem perdido!

Maria Letra disse...

Mais uma vez, parabéns Silvana!
Deliciei-me com este texto, não só pela humildade com que referiu a Sua Avó 'lutadora' a qual, não obstante os seus sacrifícios, sabia contar histórias de encantar mas, também, por ter focado a importância da leitura na formação cultural das pessoas. Foi, talvez, a Sua Avó quem cultivou em Si o prazer da leitura e da escrita. Quão importantes são as Avós, quando sensíveis e dedicadas aos netos. Pertenço a este número, tentando deliciar os meus 11 netos com as históriazinhas que invento.
Que a vida lhe sorria!

elizangela disse...

Obrigada por visitar meu blog,sua mensagem mexeu com o meu coração.
Adorei seu blog, estou lendo tudo que vc escreveu no seu blog. Muito interessante me apaixonei,amo histórias e na minha infância também escutei maravilhosos contos do meu avô. Gostaria de te contar que sua mensagem chegou num momento triste onde estava pensando em desistir do meu trabalho e de tudo no que acredito. As vezes as pessoas são tão crueis, tentam de toda forma destruir o próximo, mesmo sabendo que ele só quer o bem. Mais pessoas como você me faz acreditar que vale apena lutar pelos sonhos e que Deus existi, está em todo lugar e chega assim através de uma mensagem que enche o coração de esperança. Obrigada por ter gostado do meu blog. Adorei o seu de todo o coração!Elizangela

curta poesia disse...

Olá, Silvana.
A sua ansiedade ou angústia representa também um pouco de minha história como pessoa e como professora de língua portuguesa e literatura brasileira. Por isso venho cada vez mais estudando novas maneiras de re-encontrar esse leitor que com certeza vive em cada uma de meus alunos. Acredito que hoje as novas formas de ler nos impõem um grande desafio: re-inventar a leitura.
Um grande abraço e parabéns pela beleza de seu blog!

RANGEL JUNIOR disse...

Oi, Silvana!
Antes agradecendo por sua visita e depois parabenizando pela beleza do blog e todo o seu conteúdo.
Creio que acontece algo parecido com todos os que se encantaram com a palavra, escrita, falada... sempre a palavra enfeitiçando, conquistando, comovendo...
Grande abraço.
RANGELJUNIOR.BLOGSPOT.COM

Danny Baioco disse...

Achei seu blog mt interessante.
Comecei um há algum tempo, c pudr, de uma passadinha
será mt bm vindo!!

http://cabecafeminina.blogspot.com

Desde já agradço e parabéns pelo blog ;)

Cristina Tosta disse...

Parabéns pelo blog. Tb pretendo despertar no meu fututo filho Bernardo o prazer de ler. Qdo ele ainda bebê quero contar historinhas p/ ele. rs Bjs e sucesso!

nadiavida disse...

Onde você estava que nao te encontrei antes? Maravilhoso seu blog. Me fez voltar aos causos do meu pai...rsss Lindo, lindo, lindo!!! Virarei sócia. Bjus

ÚLTIMO ROMÂNTICO disse...

Querida amiga escritora! Eu assim como voce,também vivo o mundo das fábulas. Minha sincera oponião é que com o advento das tecnologias da informação, tirou um pouco do foco para leitura interpletativa, uma vez que os textos letrônicos, diferente dos imprensos,trazem a informação logo no primeiro parágrafo, impedindo a mente de criar caminhos viáveis para imaginação.Cabe a nós redescobrimos novas metodologias para recontarmos nossas experiências socio cultural. também apaixonado pela leitura e escrevos crónicas em veros e prosa.

ÚLTIMO ROMÂNTICO disse...

Em Tempo: assina o Post do Nick ÚLTIMO ROMÂNTICO @PortalMatrix

Anônimo disse...

Olá Silvana, visitei e gostei do que vi. Pelo que vi você privilegia as raízes culturais de nosso Brasil. Vou recomendar no nosso blog de Salas de Leitura. http://tramasdaleitura.blogspot.com
Abraços - Beth

Anônimo disse...

Gostei muito, Silvana.
parabéns pelo blog.

Jerônimo - Natal

DINIZ K-9 disse...

Parabéns pelo ótimo Blog, acabei de me cadastrar como seguidor. Visite meu Blog:
Blog Diniz K-9
http://dinizk9.blogspot.com/

Carlos Boock disse...

Magnífico teu blog, primoroso, reflete a grandiosidade de tua alma!

No Mundo e Nos Livros disse...

Maravilhosa sua história. Parabéns, pois acredito que foi formada uma leitora do melhor jeito que existe.

Hoje em dia, infelizmente, nem uma pai faz o que sua avó fazia, mas continuemos...

Um Grande Abraço e obrigado pela dica.

wanderly araujo disse...

Que pena...sou uma retardatária...infelizmente só hoje encontrei este espaço ...mas gostei muito!Seu blog é inspirador.Tenho um também, mas que nem chega próximo do seu...www..interwan.blogspot.com.br