segunda-feira, 29 de novembro de 2010

SENTENÇA DE 1487 - TRANCOSO, PORTUGAL.

Sentença de 1487 - Trancoso, Portugal
Arquivo Nacional da Torre do Tombo

SENTENÇA PROFERIDA EM 1487 NO PROCESSO CONTRA O PRIOR DE TRANCOSO

(Autos arquivados na Torre do Tombo, armário 5, maço 7)

"Padre Francisco da Costa, prior de Trancoso, de idade de sessenta e dois anos, será degredado de suas ordens e arrastado pelas ruas públicas nos rabos dos cavalos, esquartejado o seu corpo e postos os quartos, cabeça e mãos em diferentes distritos, pelo crime que foi arguido e que ele mesmo não contrariou, sendo acusado de ter dormido com vinte e nove afilhadas e tendo delas noventa e sete filhas e trinta e sete filhos; de cinco irmãs teve dezoito filhas; de nove comadres trinta e oito filhos e dezoito filhas; de sete amas teve vinte e nove filhos e cinco filhas; de duas escravas teve vinte e um filhos e sete filhas; dormiu com uma tia, chamada Ana da Cunha, de quem teve três filhas, da própria mãe teve dois filhos. Total: duzentos e noventa e nove, sendo duzentos e catorze do sexo feminino e oitenta e cinco do sexo masculino, tendo concebido em cinquenta e três mulheres".
El-Rei D. João II lhe perdoou a morte e o mandou pôr em liberdade aos dezessete dias do mês de Março de 1487, com o fundamento de ajudar a povoar aquela região da Beira Alta, tão despovoada ao tempo e guardar no Real Arquivo esta sentença, devassa e mais papéis que formaram o processo".
   
 A Torre do Tombo situa-se em Lisboa.
 
Fonte: II Encontro de Genealogia do Rio de Janeiro - CBG - Colégio Brasileiro de Genealogia - 27/11/2010.

18 comentários:

Valquíria Oliveira Calado disse...

Que vigor!
escandalosa vida teve, mas assombrosa coisa é, pergunto: em qual tempo exercia a função de padre?

beijos linda e boa semana.

lucidreira disse...

Isso logo após o celibato imposto pela igreja... Risadas.
Se muito antes disso os papas, cardeais, bispos e padres podiam deitar-se "manter relações sexuais" com as filhas,esposas, e netas dos camponeses que o serviam.
É muito bom de cama esse padre em?
Abraço

manuel marques disse...

fiquei sem palavras.

Beijo.

micael disse...

COITADO!
E... Quantas é que ele não teve tempo de engravidar? Tudo a correr!.. Com missa pelo meio, mais as refeições, dormir... Onde arranjou tempo?
Agora percebo porque existem uns bonecos frades, das Caldas da Rainha, muito atractivos e que se vendem nas feiras. Se puxamos o cordel... somos surpreendidos com a virilidade do frade. :)
Boa semana

Jorge Alberto disse...

Digamos que toda proibição a alguma coisa tem algo de hipócrita quando as pessoas fazem votos de seguir a tal proibição. Logo, o padre, coitado, apenas atendeu aos apelos do ser. :)

Abraços.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

QUE COISA NÉ????
ESSE Ñ TINHA TEMPO NEM DE REZAR A MISSA COM TANTOS AFAZERES SEXUAIS!

Du disse...

c-h-o-c-a-d-a!!! que horror =/

Perola Rosa disse...

E o pior é que ele não deve ter sido o único a ter tal comportamento ...

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Mas que coisa interessante! Sou Portuguesa e nunca tive conhecimento, mas não duvido nem um pouco. Este foi com certeza célebre por causa da quantidade de filhos, mulheres e incestos, mas deve haver muitos outros casos. Obrigasda pela partilha. Um beijinho e até breve!
Emília

Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Deus meu...vá ser fértil assim lá em Portugal....
Ainda bem que já morreu a bastante!

beijocas,
Mari

Cacá disse...

Gostei da pergunta da Valquíria. rsrs. Que horas esse homem tinha para exercer o ofício de padre? Na torre do tombo está guardada uma história muito sombria do Brasil colônia. Li um livro (A história da criança no Brasil e são de arrepiar os casos de pedofilia (principalmente por clerigos). Abraços. Paz e bem.

Carmem L Vilanova disse...

Isso sim é que eu chamo de reprodutor... (risos)
Gostei!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Licínio Filho disse...

Para o rei ele foi um benfeitor...rsrsrsrs...ajudou a povoar o país...
Este padre seguiu à risca os ensinamentos..."Crescei e multiplivai-vos..."
Se fosse investigado um pouco mais descobriríam pelo menos uns 50 casos de pedofilia...hehehehe...

Carmen Regina Dias disse...

Mas que barbaridade...
De imediato me vêm os versos de
Rui Guerra, na peça (e disco)
Calabar.
Fado Tropical:

"Se trago as mãos distantes do meu peito é porque há distância entre intenção e gesto.E se o meu coração nas mãos estreito
Me assombra a súbita impressão de incesto.

E El Rei português... não feriu a História, fez exatamente como se era de esperar que fizesse, a julgar pelo histórico desta Monarquia.

Bloguinho da Zizi disse...

Humm, conheço muitas histórias de padres portugueses, aliás, conheço alguns descendentes de padres, rsrsrs

Silvana
Neste Natal quero lhe dar alguns presentes:
Presentes que em nossas vidas precisamos de pouco:
Vou te dar uma borracha, pra vc apagar as más lembranças,
uma tesoura pra vc podar o que lhe impede de crescer,
lentes corretoras, que os possibilite enxergar
o próximo e a natureza com amor,
agulhas grandes pra você tecer seus sonhos e ilusões,
um zíper que abra a sua mente quando procurar respostas...
outro pra fechar sua boca qdo se fizer necessário,
um outro pra abrir seu coração...
Um relógio, pra te mostrar que é sempre hora de amar.
Um rebobinador de filmes, pra você recordar os momentos felizes.
Sapatos da moral e ética, pra você pisar com firmeza e segurança por onde tem flores,
enfim, um espelho pra vc admirar uma das obras mais perfeita que é "VOCÊ".

Pérola disse...

Vim lhe desejar um feliz Natal minha querida,com muita paz,muito amor e muita saúde.
Boas festas minha querida.
Beijos perolados.
Li seu texto,deprimente né.
Beijokas mil.

Simone Anjos disse...

Querida Silvana,

"Natal é mais verdadeiramente Natal quando nós celebramos dando a luz do amor aqueles que necessitam mais." (Ruth Carter Stapleton)

Que essa luz do amor se estenda em nossas vidas e corações por todos os dias no ano novo.
Feliz Natal e Boas Festas!

Amilcar Maltez disse...

eu sou de trancoso e esta história faz parte da historia de trancoso, dizem que todos os costas de trancoso sao descendentes do padre, e ocmo foi em 1487, os do brasil tb devem ser