domingo, 19 de dezembro de 2010

A VERDADEIRA HISTÓRIA DE PAPAI NOEL.

Poucas  datas comemorativas possuem  simbologia tão rica  quanto o Natal.  Da árvore ao peru da ceia, tudo faz parte de tradições históricas. O resultado é uma festa  que envolve não apenas a liturgia cristã, mas a soma  de diversas crenças populares. A figura de papai Noel reflete bem essa mistura. 
Em alguns casos, é difícil traçar a origem dos costumes, que podem ter várias explicações.
O Papai Noel nem sempre foi como realmente o  conhecemos. No início da história do Natal  cristão, um tal de Nicolau distribuía presentes durante as festividades natalinas. Ele vivia num local chamado Myra, hoje Turquia, há aproximadamente 300 AC. Nicolau tornou-se famoso por sua paixão pelas crianças.
Após a morte de seus pais, Nicolau tornou-se  padre. São Nicolau colocava  sacos de ouro e os arremessava  nas chaminés das casas.
 Os presentes de Natal jogados chaminés abaixo,  caiam nas meias  que ficavam esticadas nas  lareiras para secar, daí a tradição natalina de se  pendurar  meias junto à lareira.
Anos mais tarde, São Nicolau tornou-se bispo  e,  por esse motivo, passou a vestir roupas e chapéus  vermelhos, deixando a sua barba crescer.
Depois da sua morte, a igreja nomeou-o santo ( diziam as pessoas que o bom velhinho operava milagres) e,  com o início das celebrações natalinas, o velhinho  de barba branca e de roupas vermelhas passou a  fazer parte das festividades de fim de ano.

Com o tempo, Nicolau passou por uma verdadeira metamorfose:

Em 1809, o escritor Washington Irving popularizou a história de São Nicolau nos Estados Unidos, descrevendo Santa Claus ( seu apelido em inglês) como um duende gorducho que aparecia nas noites de Natal e distribuía presentes montado num cavalo voador. O surrealismo da história não impediu que essa imagem fosse gravada no imaginário popular.
Já Clement C. Moore  em seu livro "Uma visita de  São Nicolau" em 1823, descrevia São Nicolau  como  "um elfo gordo e alegre".
Quarenta anos mais tarde, Thomas Nast, um  cartunista político, criou uma imagem diferente  de Papai Noel, que era modificado ano a ano   para a capa da revista "Harper's Weekly".
Mas foi entre  1931 e 1964 que  Haddon Sundblom inventava  uma nova imagem de Papai Noel  para a  propaganda da Coca-Cola, veiculadas para todo  mundo  na parte de traz da revista "National  Geografic".


É esta a imagem do Papai Noel que  conhecemos hoje.

Bem, pelo menos FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...


Ho, ho, ho, ho !

...............................................

 A minha amiga Betty Mello ( http://www.canto-do-conto.blogspot.com), que também conhece um pouco da história de São Nicolau, me contou que
no mundo "Waldorf"ele é muito curtido e valorizado, como padrão moral para os pequenos.
Nicolau é para os germânicos uma "força" espiritual,uma lembrança de atos de generosidade e compaixão.Ele vem anualmente no dia do seu aniversário (06/12)à Terra trazer às crianças alimentos especiais - pão de mel, nozes, maçãs e trigo - alimentos para o corpo físico e para a alma.




41 comentários:

Anabela disse...

quando era pequena acreditei até muito tarde no Pai Natal e confesso te que foi uma tristeza quando descobri que ele não existia,agora com os meus filhos tento fazer com que eles acreditem nessa figura tão ternurenta,mas agora os miudos são terriveis e nao se deixam enganar,esta a ser dificil fazer acreditar a Mariana com 5 anos,uma santo natal,bjs

Bloguinho da Zizi disse...

Silvana, juro que daria tudo pra acreditar no bom velhinho. Eu teria uma lista de presentes prontinha pra ele....rsrsrsrs

Ana Rita Gomes disse...

Oi! É sempre bom sabermos as origens das coisas! Mas por acaso a lenda do Pai Natal já conhecia! Como jornalista, em tempos escrevi um artigo sobre as tradições de Natal! Era bom que ele existisse mesmo não era? Eh, eh, eh! Gosto muito da figura do Pai Natal, mas acho que ele está tomando o lugar do Menino Jesus... Muita gente se esquece que o que celebramos nesta época é o nascimento de Jesus... FELIZ NATAL!

manuel marques disse...

Sonhos da nossa infância.

Beijo.

Jorge disse...

Silvana,
Não é questão de acreditar ou não, mas o Papai Noel simboliza o Natal.
Esquecendo o lado comercial, é uma época de troca de carinhos, de amizade, de solidariedade entre famíliares e amigos, até mesmo desconhecidos.
O que vale,aqui é esta história que ainda encanta!!!
Se ele faz o bem, Bendito Papai Noel!

Silvana, tenha um Natal com muita alegria e um novo ano cheio de encantos.

Saudações urbanas!
Jorge

Inspirações disse...

Olá Silvana!
Eu quero acreditar que existe um Pai Natal por aí...Até há bem pouco tempo existia uma Mãe Natal (Madre Teresa de Calcutá)que por sinal era bem conhecida! Quantas e quantos anónimos "vestem" na perfeição a figura que o Pai Natal (São Nicolau)simboliza? E criar um pouquinho de mistério e fantasia á volta desta figura tão querida a todos nós, só nos faz bem, não? Já se perdeu tanta coisa, tantos valores, que o aconchego desta imagem da nossa infância só nos faz bem...
O meu desejo para si, Silvana é que um qualquer Pai Natal lhe traga neste Natal a força de vontade, a alegria,a energia que a têm caracterizado para que possa no Ano vindouro e nos demais, iluminar-nos com estes Posts maravilhosos, como o de hoje!
Ginhos
Paula

FOTOS-SUSY disse...

OLA SILVANA, BELISSIMA HISTORIA DO PAI NATAL...QUANDO ERA CRIANCA, ADORAVA ESPERA-LO AO PE DA CHAMINE...VOTOS DE UMA FELIZ SEMANA!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

betty mello disse...

Minha querida, adorei a visitinha ao blog da minha avó ( marietta-de-tudo1-pouco.blogspot) e o comentário postado. Aquele é na verdade um grande álbum de família, de lembranças, de registros... e nem todo mundo aprecia.Mas é uma homenagem e uma forma de minha mãe se reconciliar com a mãe dela,com o seu passado, olhando por novas lentes o que já foi e não pode ser mudado, e o que está vindo e tem que ser metAMORfoseado...
A história do Nicolau que conheço é um pouquinho diferente - no mundo "Waldorf ele é muito curtido e valorizado, como padrão moral para os pequenos. Mas fico feliz que tenha postado aqui,elucidando as peripécias que a mídia produz e a força da Coca na opinião popular.
Nicolau é para os germânicos uma "força" espiritual,uma lembrança de atos de generosidade e compaixão.Ele vem anualmente no dia do seu aniversário (06/12)à Terra trazer às crianças alimentos especiais -pão de mel, nozes, maçãs e trigo ( alimentos cuja simbologia é muito estudada e conhecida)- alimentos para o corpo físico e para a alma.Ele não traz presentes materiais ( as moedas de ouro nas meiassão uma outra história, que um dia eu conto). Se quiser dê uma espiadinha no meu blog de histórias (http://canto-do-conto.blogspot.com) que lá eu postei algo sobre ele.
Tenha um ótimo Natal e excelente 2010 ! Bjs carinhosos da megalópolis enlouquecida que é Sampa ( e anda um pouco pior nestes últimos dias...) Betty

REGINA GOULART SANTOS disse...

Silvana, bela a história de Papai Noel, que na realidade, representou como sempre, o verdadeio espírito de Natal.
Dizem que o Natal é uma data triste, mas não o vejo assim. Vejo o Natal como uma data de confraternização, e mesmo movido por sentimentos não tão nobres, como o mercantilismo capitalista que envolve o Natal, ainda assim, prefiro acreditar numa força superior capaz de amenizar as tristezas desse mundo, daí o porquê da necessidade que todos possuem em acreditar em algo simbólico, no Papai Noel, como um verdadeiro mensageiro de paz e amor.

Um Feliz Natal Silvana !

Fabiano Mayrink disse...

Eu ja vi um desenho que conta a origem do papai noel que eu amei, lindo cheio de fadas gnomos e seres magicos, o papai noel era jovem e foi ficando velho a medida do tempo, sua casa era na floresta e quando o cansaso da morte se aproxima sua "mae" fada conseguiu o manto da imortalidade para ele!

Sonia Schmorantz disse...

Adoro histórias de Natal, de Papai Noel também, rsss
beijos

Daniel Savio disse...

Menina, parte da história eu sabia, mas não toda (pow, o Papai Noel "real" sendo santo eu não sabia)...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

joao disse...

É verdade, as histórias ou contos vão sempre passando de mão-em-mão (ou para ser mais correcto de boca-em-boca :) ) e sempre se vai acrescentando algo à história inicial, acho que parte da sua magia vem daí.
Eu sempre pensei que a origem do Pai Natal fosse lá para os lados da Rússia e Lapónia uma vez que Nicolau é um nome com origem na Rússia, mas é bem possível que a história do Pai Natal, aqui na Europa tenha evoluído de forma diferente, dando-se maior ênfase a um Pai Natal vindo dos países frios e uma área que para nós ainda é algo mística.

Carmem L Vilanova disse...

Querida Silvana,
Há mais, muito mais, para o Natal doque luz de vela e alegria;
É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano.
É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.
É o nascimento de Jesus!
Muitas flores, muitos sorrisos e muita paz no coração!
Beijos... sempre!

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

Ho,Ho,Ho
Os meus Votos de FELIZ NATAL, cheio de Paz, Amor e Saúde
Beijocas
Ana Zuzarte

Lili disse...

Que maravilha esta história!!
O Papai Noel sempre foi e sempre será o máximo!!!

É sempre muito bom passar por aqui!
Um beijinho

entremares disse...

Oi, Silvana

Seja o Pai Natal ou outro simbolo qualquer... ainda bem que existe esse símbolo.

É mais fácil para todos identificar uma figura, nem que seja um velhinho simpático de barbas brancas, renas e trenós, muito frio e neve.

Não é perfeito... o nosso Brasil quentinho nesta epoca do ano... talvez precisasse de um outro simbolo... mas afinal... o importante é o espirito, não é?

Paz, harmonia, amor... desejos de um mundo melhor.

Tudo de bom para ti.
Feliz Natal.
Rolando

dand disse...

Nossa Silvana, q linda história..
E eu nem sabia que papai Noel havia existido hein...
Que bom que vc me proporcionou este conhecimento...fico feliz...

Um ótimo natal pra vc querida...
Bjos.

wcastanheira disse...

Acho mto interessante o jeito q vc ouve dizer, é sempre um jeito interessante, é mto legal mesmo, várias vezes venho aqui me abastecer sobre coisas q parecem q sempre foram assim, qdo vejo vc tem uma explicação legal, interessante, adorei, amei, pra vc, bjos, bjos, bjosss

Rosemildo Sales Furtado disse...

É como te falei em comentário anterior. Ao passar aqui, a gente sempre aprende alguma coisa. Confesso que sabia algo sobre o velhinho, mas, não tudo. Portanto, complementei meu conhecimento.

Beijos,

Furtado.

Regina Rozenbaum disse...

Silvana
Passei prá deixar um FEPELIZPIS NAPATALPAL prá vc e toda sua família!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Dalva disse...

Oi, Silvana!

Que Papai Noel traga para ti tudo quanto pedires!

Bjs.

Bem Bolado Projetos disse...

Legal !!!Bacana que vc apostou e postou ! Bjs carinhosos, Betty

Helen disse...

oie moça..você passou no meu blog nem deve se lembrar mais, mas eu estava meio ausente de blog!
gostei da sua visita volte sempre...

feliz natal! bj

sonia disse...

Toda postagem é repleta de aprendizado e de uma maneira prazerosa.
Parabéns!

Feliz Natal!

Feliz 2010!

Que Jesus te abençõe!

Com carinho,

Sonia.

DoUgLaS BaRrAqUi disse...

Ola minha cara amiga,

parabéns pela postagem, maravilhosa. A figura de papai noel pode ter sido inspirado no bispo Nicolau, mas, acredito eu, hoje o espírito natalino foi tomado pelo espírito capitalista.

desejo a ti um feliz natal, de verdade!

Sônia Silvino disse...

Fadinha!
Que interessante! Eu tinha apenas uma ideia. Aprendi bastante contigo como sempre.
Bom Natal, minha amiga!
Bjkas!

Denise Guerra disse...

Oi Silvana, mandei email pra vc mas, quero reiterar que estou compartilhando um presente que ganhei depois que vc passou pelo meu blog e tem tudo haver com você:*ESTE BELO PRESENTE DE NATAL ENVIADO PELO AMIGO CÉSAR GRIÔT AO NOSSO GRUPO DA ESPECIALIZAÇÃO EM CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA DO ESPAÇO ATLÂNTICA EDUCACIONAL: "ARVORADOS DESEJOS GRIÔTS" ONDE ELE NOS CONTA UM POUCO SOBRE O BAOBÁ(EMBONDEIRO-ÁRVORE SAGRADA), A SAMAÚMA (RAINHA DA FLORESTA) E O IRÔKO (TEMPO)*
Apareça quando puder. Bjs! Denise Guerra. http://afrocorporeidade.blogspot.com

Amapola disse...

Acho bonito o Papai Noel e seu objetivo. Só acho ruim, o comércio dominante nessas datas, fazendo muita gente se "esguelar", ao sentir-se praticamente obrigada a presentear e presentear, mesmo que para isso, o ano novo se torne um cáus, em dívida.
Beijos. Feliz 2010.

Gislene disse...

Olá, Silvana!

Desejo à você, um lindo Natal!
E que este Ano Novo que se inicia, lhe traga muita paz, alegria e novas esperanças!

Muitos beijos,
Com carinho,

Gislene.

Mari Amorim disse...

Desejo a você um Natal feliz e um Ano Novo,cheio de oportunidades.Obrigada por ter compartilhado,sua amizade comigo em 2010.
Boas energias,os 365 dias de 2011
Mari

Otelice disse...

FELIZ NATAL!

nacasadorau disse...

Amiga Silvana!

Andamos juntas e nos perdemos um pouco durante este ano.
Espero poder voltar a vê-la e a lê-la mais vezes em 2011.

Feliz Natal!

Beijinhos

Luiz Alberto Machado disse...

Excelente espaço, parabens. Indicarei nas minhas páginas, aguarde.
Beijabrações
www.luizalbertomachado.com.br

ADiniz disse...

Silvana

Hj meu desejo é somente em agradecer por ter compartilhado seus momentos comigo por mais um ano.
Obrigada e um Feliz Natal e um 2011 regados de sabedoria para obter equilíbrio no regalo da Paz.

Bjs ADiniz

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Muito obrigada pela partilha, pela troca de expariências que me proporcionou este ano. Quero desejar-lhe um Feliz Natal e que o 2011 chegue carregadinho de momentos felizes, pois são eles que fazem a nossa felicidade. Voltaremos a encontrar-nos de certeza brevemente. Um grande beijinho e..Fica bem!
Emília

Amapola disse...

Que saudade, querida amiga.

Como sempre, belas lendas.
Sobre o bom velhinho, acho que serve de reflexão para a maioria das pessoas.
Cada um sabe, quando o Papai Noel lhe presenteou... Mesmo sem embalagens enfeitadas com laços.

Beijos no coração, amadaaa!

FELIZ NATAL PRA VOCÊ E TODA A SUA FAMÍLIA. QUE 2011 SEJA CHEIO DE ALEGRIA, SAÚDE, PAZ E PROGRESSO.

Rosa Carioca disse...

Feliz Natal e um Ano Novo repleto dos seus "contos".

Laguardia disse...

Feliz Natal e um abençoada Ano de 2012 para você e todos os seus leitores

Sonia Schmorantz disse...

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir, trazendo conforto e incentivando a continuar.
Todas suas palavras, seus comentários e presença foram muito importantes.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.
Feliz Natal!

Cantinho She disse...

Olá, passando para te desejar um feliz Natal e um excelente ano de 2011 com muitas coisas boas! ;)
Bjo, bjo!
She