sexta-feira, 23 de julho de 2010

MOSSORÓ (RN), A CIDADE DA RESISTÊNCIA.



Mossoró, cidade localizada no Rio Grande do Norte, já foi conhecida como cidade abolicionista. Hoje tem gente que pensa em mudar o nome da cidade para Cidade da Resistência, afinal Mossoró foi o único município a resistir ao ataque de Virgulino Ferreira, o "Lampião".
Nos primeiros 25 anos do século passado, Mossoró era conhecida apenas como uma cidade abolicionista, pelo fato de ter libertado os escravos  cinco anos antes  da Lei Áurea, em 1883.
Mas, em 1927, com a vitória frente os cangaceiros, Morroró conseguiu uma outra marca, uma espécie de slogan, que todos que moram por lá, fazem questão de exaltar: a marca da "resistência".
Essa palavra de 11 letras está presente em todos os cantos da cidade, dando nomes a monumentos, bairros, prédios públicos, emissora de rádio e até uma ponte que, por enquanto, só foi projetada.
O termo "resistência" é tão forte, que muitos consideram uma opção alternativa de nome para a cidade. Já pensou, ao invés de  Mossoró, cidade Resistência ?

A Resistência ainda desperta muitas curiosidades por parte dos historiadores, o assunto já deu mote para dezenas de livros,  e a expectativa é que venham mais por ai. Na biblioteca Municipal, os títulos que tratam da Resistência são muito procurados, e estão acessíveis a todos. Entre as obras já publicadas sobre o tema, uma das mais importantes é a do pesquisador Raimundo Soares de Brito.
Do papel para a telona , a Resistência já foi parar no cinema. O filme "Cidade de Quatro Torres" , de 1995, é a primeira produção visual feita sobre o ataque de Lampião a Mossoró.
Hoje, a marca Resistência é mais forte no Memorial, que foi construído há três anos com o objetivo de resgatar toda essa história . Dividida em quatro partes temáticas, o espaço virou cartão postal da cidade junto com um espetáculo grandioso, o "Chuva de bala no país de Mossoró".

(Fonte: Via Brasil)

32 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Queridos amigos blogueiros.
Desculpem a minha falta, ainda estou sem computador dependendo das horrorosas lanhouses. Devido a esse contra tempo, as minhas postagens não tem sido diárias. Torço para que logo essa situação se resolva, só assim estarei diariamente visitando vocês.
Para quem aprecia poesias, visitem o meu outro espaço MEU CADERNO DE POESIAS.
Um forte abraço.
Saudações Educacionais !

Albuq disse...

Resistência deveria ser a marca de todos os brasileiros.
Lindo post, bjs

Max Martins disse...

Oi, Silvana

Legal saber um pouco mais sobre o passado de algumas cidades, afinal cada pedaço desse chão é uma peça no quebra-cabeça da história do nosso país.
Acaba de me ocorrer uma coisa: se mudarem o nome da cidade para Resistência, como se chamará quem for natural de lá?

Bjs

HSLO disse...

Prazer em conhecer a cidade de Mossoró viu...


abraços
de luz e paz

Hugo

manuel marques disse...

Oi querida Silvana ,quantas saudades.
Mais um lindo texto.
Beijo e bom fds.

heli disse...

Cá estou a visitar seu cantinho e suas histórias.
Gostei de conhecer a história da Resistência de Mossoró.Conhecemos tão pouca da história desse país tão grande onde vivemos.
Quando puder apareça.
beijos, com saudades!

Paula disse...

Silvana, como a gente não sabe nada do nosso país, né? Sempre que venho aqui me encanto e descubro como sou ignorante.
Beijo grande!

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Realmente faz falta aqui!!

Beijos

SolBarreto disse...

Uma cidade assim merece ser mais conhecida, mais comentada rsrrs, adorei saber mais sobre ela...

lucidreira disse...

É uma cidade onde os seus moradores realmente se deixam empolgar pela garra e força na qual combateu o Virgulino Lampião.
Realmente a praça é muito bonita, é um livro a céu aberto contando toda a saga.
Estive agora no São João participando da festa na praça do forro, o único problema é o calor, o demais é muito bonita plana e aconchegante.
Muito boa sua postegem.
Abraço

Hod disse...

Passei dois dias nessa cidade. Mossoró a conhecia desde as primeiras aulas de geografia...Mas conhecer agora projudamente a história é fascinante. Grato.

Boa semana Silvana,

Há Braços....

Abraços.

Vitor Chuva disse...

Olá Silvana!

Pois é, vejo que não tem vida fácil para fazer a vontade a esse bichinho que é o de estar perto do computador, contando as suas histórias. Não desista, melhores tempos virão!
E quanto a isto de mudar o nome às coisas, é atitude que acontece um pouco lado, dependendo da época, da corrente de pensamento prevalecente, enfim, do rumo que a história foi tomando.Umas vezes fará sentido, outras não: História é história, não deverá ser reescrita, dirão uns. Mas foi mal escrita, por quem não tinha esse direito, dirão outros:Uma moeda tem sempre duas faces, e nem todos escolhemos a mesma ... felizmente!

Bem escrito, como sempre.
Beijinhos amigos.
Vitor

catwoman disse...

Olá Silvana também tenho estado em falta, não tenho passado muito nem pelos meus blogs nem por aqueles que me são queridos. Tenho andado em exames, o mais que faço é passar uns bocadinhos no Facebook só para conversar um pouco e descontraír.
mas vim dar uma volta e vi mais uma história sua que gostei e pensei colocar o link no facebook, pq as pessoas pensam só no Brasil das novelas e das agências de viagens e não sabem nada da sua história. Também sou ignorante nela, confesso, mas vou aprendendo com você. Obrigada.
Não quero, no entanto colocar seu link, sem sua permissão.
Bjs.

Socorro Melo disse...

Oi, Silvana!

Apesar de ser Nordestina, não conheço Mossoró, mas, já conhecia essa história da resistência. Eu tenho lá algumas colegas de trabalho, e sempre brinco com as mesmas, quando encontro-as, pergunto: como vai Mossoró, a cidade que pôs Lampião pra correr? kkk... e o povo de lá se orgulha muito disso.

Beijos
Socorro Melo

Sócrates disse...

Olá,

Eu sou o Sócrates, dono do Blog Cursinho Poli - USP.

Gostaria de lhe parabenizar pelo blog e de convidar-lhe a dar uma passada e deixar seu comentário em um lugar onde os assuntos mais relevantes da atualidade são expostos diariamente: http://cursinhopoliusp.blogspot.com


Aguardo sua visita!
Até!

Rosa Carioca disse...

É sempre uma aula quando se visita este seu espaço.
Saudações.

Melissa disse...

Muito bom texto!
Mossoró ou "resistência" é um excelente exemplo para todas as cidades brasileiras.
Obrigada pela visita e gostei muito daqui também =)

geralda efigenia disse...

olá Silvana,
adoro quando visito seu espaço, sempre aprendo por aqui, Mossoró e majestosa em todos os sentidos.
Como diria os mossoroenses, ai sério em bichinha! para´béns pela bela aula de história. Bjs

Genny Xavier disse...

Silvana,
A "resistência" é uma ação-palavra que move-define o sempre bravo e forte povo nordestino...
Como sempre, visitar seu blog é prazer e reflexão...
Um abraço,
Genny

micael disse...

Mossoró, cidade da liberdade. Exemplo de uma cidadania forte, resistente e cheia de valor.

Bom fim de semana.
Bjs

ferreiralopes disse...

Olá! Terei muito gosto em seguir este seu blogue. Para já, acho-o visualmente excelente e, com tempo, terei todo o prazer na informação que me proporcionará.Vivemos a informação global, o que tem vantagens excepcionais. De Lisboa, um abraço grande.

**£ú® disse...

Comemorando 5 mil visitas com HOJE SOU FELIZ PORQUE ... e hoje eu sou feliz porque tenho amigos como vc que me ajudou a chegar lá... OBRIGADA !!!... um bj de muito boa semana prá vc... **£ú®

Beta disse...

Oi querida!
Vc gosta de rock?
quer ganhar um CD personalizado?
Então passa lá no Mix:
http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/08/live-and-dangerous-thin-lizzy-coluna-de.html

bj

Janete Andrade disse...

Sou apaixonada por Mossoró, embora nunca tenha ido lá fisicamente sempre frequento aquele lugar através das palavras. Foi bom viajar para lá pegando uma carona no seu blog!

Parabéns pelo post.

ALFRAPOEMAS disse...

Brava, Silvana!
Sou nordestino e fissurado na história do cangaço. Entretanto, confesso-lhe que não tinha conhecimento desse triúnfo de Mossoró sobre os cangaceiros. Fazê o quê, a gente nem sempre sabe tudo, não é verdade?
Bisbilhotando por suas páginas, vez por outra nos surpreendemos com alguns textos e pela grandeza das narrações. São coisas quase que palpáveis; são resumos de uma clareza ímpar e que dão-nos a condição de vivenciar os fatos.
Parabéns, mais uma vez! Estou indicando seu blog às pessoas de bom senso com quem me relaciono por estas vias.

Alfrânio.

jessica daiane disse...

Desejo que em sua vida...
Não exista cara feia,
Não exista bolso furado,
Não exista tempo apressado,
Muito menos grãos de areia.
Não exista tempo fechado,
Não exista problema dobrado,
Não exista sonho frustrado,
Muito menos amor acabado.
Não exista amigo esquecido,
Não exista negócio falido,
Não exista boato mexido,
Muito menos dinheiro sumido.
Não exista tempo nublado,
Não exista ambiente abafado,
Não exista corpo dobrado,
Muito menos bom senso abalado.
Não exista mágoa engolida,
Não exista emoção reprimida,
Não exista alma sofrida,
Muito menos felicidade perdida...
Só desejo que você seja feliz
adorei seu blog
bjs em cascata

Daniel Savio disse...

Hum, interessante, mas sabe o que é engraçado, não é exatamente devido ao nome que as pessoas vão lembrar da história do trás deste nome (temos de lembrar sim o motivo do nome e não usar o nome como lembrente)...

Fique com Deus, menina Silvana Nunes.
Um abraço.

Luuuuuua disse...

f interesant blog,felicitarii

Teresa Cristina flordecaju disse...

Silvana, a educação precisa de mais gente de compromisso como tu... És uma pessoa de ouro. Um cheiro e boa tarde de domingo.

Anônimo disse...

Silvana:
Sou mossoroense e foi uma grata surpresa ler este post.
Você está de parabéns. Seu blog é lindo e rico.
Também administro dois blogs: o Expressão (http://jmmfselene.blogspot.com)e o Revelação (http://purainspiracao2009.blogspot.com) e colaboro com o blog de uma das escolas onde trabalho (http://duartefilho1974.blogspot.com/); inclusive, o seu blog está entre os nossos favoritos. Foi assim que descobri este post.
Quero lhe agradecer por colocar a minha cidade em evidência. Certamente, será muito bem-vinda à nossa cidade.
Mais uma vez obrigada.
Josselene Marques

Lília disse...

Acabei de ler a biografia do lampião e fiquei impressionadíssima com o episódio do ataque a Mossoró!!

Celina disse...

SILVANA, QUE BELEZA UM POUCO DE HISTÓRIA NÃO FAZ MAL A NINGUEM, CONHECÍA SOBRE A LIBERTAÇÃO DOS ESCRAVOS ANTES DA LEI ÁURIA. FIQUEI ENCANTADA COMO RIOGRANDENCE QUE SOU PARABENS AMIGA.UM ABRAÇO CELINA