domingo, 18 de abril de 2010

O SOM MELODIOSO DE UAKTI.


 Uma antiga lenda nos conta que há muitos anos  existiu na Terra um ser mágico chamado Uakti. Por ser mágico, o seu corpo era repleto de buracos que, ao serem penetrados pelo vento, produziam sons  harmônicos, de grandiosa beleza. Esses sons melodiosos encantavam as mulheres da aldeia dos índios Tucanos, as quais por Uakti rapidamente se apaixonavam.
Despeitados e com ciúmes de Uakti, os homens da aldeia  se uniram para matá-lo. A violência foi tão grande, que do seu corpo só restou alguns pedaços, rapidamente enterrados próximo da aldeia.
 Só que para surpresa dos Tucanos, primaveras mais tarde, exatamente naquele local onde esse ser mágico fora brutalmente assassinado e enterrado,  brotaram plantas cilíndricas e longas, curiosamente ocas: nascia ali um bambuzal. E quando o vento soprava entre os bambus, produzia o mesmo som encantador de Uakti.
 Foi então, que os homens da aldeia se deram conta que poderiam produzir instrumentos para seduzirem as mulheres.
Dessa forma,  passaram a fazer flautas de bambu para encantar suas amadas com a beleza do som do instrumento.

35 comentários:

Afrocorporeidade e Ecosdacultura disse...

Oi Silvana, Espero que esteja tudo bem! Não sei se vc viu mas, eu postei esta lenda antes de ontem dia 18/01, e esta foi a última postagem que fiz no blog Ecos da Cultura Popular. eu me encantei com ela pois, além de ser mesmo linda eu toquei flauta por muito tempo antes de ser profª de Educação Física, o que só faz 5 anos. Tudo em relação ao meu instrumento preferido me agrada muito. Que nós possamos nos sintonizar nos sons do universo para promover melhoras para o mundo. Saudações Musicais! http;//ecosdaculturapopular.blogspot.com; http://afrocorporeidade.blogspot.com

Regina Rozenbaum disse...

Eiii Sil
Sabia que aqui em BH temos uma banda fantástica com esse nome UAKTI? Eles fazem um som maravilhoso!!!!!
Beijuuss n.c.
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

Amapola disse...

Adorei esta lenda.
Na minha infância, dizia-se que havia assombração dentro do bambuzal. Mesmo assim, todos que eu encontrava pela frente, eu entrava nos seus labirintos e gostava de sentir aquele cheiro gostoso. Era como se fosse uma casinha. Realmente, o vento fazia eles cantarem.

Um grande abraço.
---------------------------

Hoje, quando li esta lenda, ainda não havia nenhum comentário. Aí eu pensei assim: Pôxa... já me diverti bastante, sendo a primeira a postar... sentindo o sabor de brincar.
Hoje, escreverei mais tarde.
Quero ficar entre as palavras...
No aconchego dos leitores.

Um grande abraço.

Adriano disse...

Linda história, Silvana!! Realmente, o som da flauta de bambu é maravilhoso, tem algo de místico... Toco flauta transversal, acho que esses instrumentos me facinam!

Grande abraço!
Adriano
nanoberger.blogspot.com

Ferreira-Pinto disse...

Uma grande explicação sobre a flauta de bambu e o seu som espectacular.

lino disse...

História trágica com fim feliz!
Beijos

achab disse...

Bello questo tuo post,buona serata Silvana.

manuel marques disse...

As flautas de bambu têm um som magistral.

Beijo.

Lice Soares disse...

Lindo!
A lenda nos prova que o que nasce para ser belo, ultrapassa a morte, belo continua. A beleza não morre.
Cumpre eternamente o o0bjetivo para que foi criada: encantar e amar.
Bjs no coração.

Victor Gil disse...

Querida amiga Silvana.
Engraçado como existe uma explicação e um mito para tudo. Esta história está fabulosa. Quanto aprendemos aqui em relação aos mitos e costumes dos povos.
Beijos amiga
Victor Gil

Luisa Moreira disse...

Silvana,

Lenda tão bonita, como o som da flauta de bambu.

Abraços

Luisa

Jaqueline Sales disse...

Muito interessante, cuidador e sensível tudo o que li aqui, Silvana. Tenho visitado várias pessoas na net, e tenho visto que estamos mais preocupados em compreender e proteger a natureza, o que nos deixa mais felizes.

BeijUivoooooooooosssssssss da Loba

Claraluz disse...

Passei por aqui e encantei-me com tantas histórias....Obrigada e parabéns por todo bom gosto e entusiasmo que tens em contar seus contos...eles encantam!!!

Claraluz

Cucchiaio pieno disse...

Que bela lenda, gostei muito! Flauta é meu instrumento preferido.
Belo trabalho, parabéns.
Abraços fraternais
Léia

Elizabeth disse...

Oi,
Que voce tenha um dia maravilhoso.
Beijo.

Mônica disse...

Eu adoro ler lendas e esta eu não conhecia.
Obrigada pela visita.
Vou ver se entro todos os dias em seu site.
amei!
Com carinho Monica

Mônica disse...

Eu adoro ler lendas e esta eu não conhecia.
Obrigada pela visita.
Vou ver se entro todos os dias em seu site.
amei!
Com carinho Monica

Renata Boechat disse...

Olá Silvana, vc me convidou e eu vim conferir de perto...que legal, cheio de causos interessantes...é uma pena que a gente não dê tanta importancia à nossa cultura...gostoso aprender desse jeito, volto, ainda muito, pra poder ler isso tudo bem direitinho!

Vitor Chuva disse...

Olá Silvana!

O surgimento de um instrumento explicado a partir da existência de um ser mágico é uma forma enacantadora para descrever a descoberta.E traz-nos à mente uma bonita composição de um outro mágico - Mozart - quendo compôs a sua "Flauta Mágica": Será que ele já conheceria a lenda ...?

Beijinhos.
vitor

Manuela Freitas disse...

Fantástico, assunto maravilhoso!?...
Beijinhos
Manuela

Solange Belém disse...

Olá Silvana!
Lenda muito interessante. Um abraço

Sol

Franz disse...

Oi, Silvana! Obrigado pela visita ao "Este Blog é Minha Rua" e comentário na postagem "O Blog e a Identidade da Escola".
Ah! Seu blog continua um repositório de informações interessantes, agradáveis e belas fotos.
Franz

Daniel Savio disse...

Mas não é só instrumentos músicais que o bambu pode fazer, pois pode ser usado para fazer varas de pesca, na construção e etc...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Nacanoa (genin) disse...

Gente acabei de chegar de uma apresentação que o grupo mineiro UAKTI acabou de fazer aqui em Brasília, e realmente é pura magia o palco deles. Eles devem ter escutado realmente os sons encantados do Uakti pelas matas que cruzaram em seus caminhos e em sonhos.

Nacanoa (genin) disse...

ahh meu nome é Geninho
abraços e parabéns pelo blog
www.nacanoa.blogspot.com

Mona Lisa disse...

Olá Silvana

Adoro o som da flauta de bambú.
O seu som tem magia!

Não conhecia a lenda.
Obrigada por a partilhares.

Bjs.

ValériaC disse...

Silvana, que lenda mais bela...como é melodioso o som da flauta...tão relaxante de ouvir...além dos bambuzais serem lindos...
Amiga, tenha uma semana maravilhosa!
Beijos...

RENATA RZ - Dicas Green disse...

Oi Silvana!

Estou deixando uma surpresinha para você no meu blog verde!

Super beijos verdes!

Leci Irene disse...

Que lenda linda! Eu não conhecia. O belo permanece mesmo após a morte!

Amapola disse...

Passei para lhe desejar uma ótima semana.

Um grande abraço, amiga Silvana.

Socorro Melo disse...

Olá, Silvana! Só agora tive tempo de visitar o Blog "Foi desse jeito que ouvi dizer...", e amei. Gostei demais das lendas, e das histórias de tradições. Parabéns pelo seu maravilhoso e educativo trabalho. Tô lhe seguindo. Bjos.
Socorro Melo

cantinhodacasa disse...

Lindo. Encantador.
Como é belo ouvir/ler estas lendas.

Beijinho

Regiane disse...

Nossa adorei esse post! Parabéns!!!
Bjooo e um excelente começo de semana.

Regina Fernandes disse...

Oi Silvan

Adorei a lenda que me fez recordar quando eu era pequena e morava em Mimoso do Sul (ES)e ao lado de minha casa tinha um bambuzal. O som é lindo!

Bjs

Flora Maria disse...

Linda lenda, Silvana !
Adoro o som do bambuzal tocado pelo vento e é perfeitamente compreensível a sedução que ele despertou nas mulheres.

Beijo