terça-feira, 13 de abril de 2010

DIA INTERNACIONAL DO BEIJO

O dia internacional do beijo foi criado por causa de um  italiano chamado  Enrique Porchelo que  beijava todas as mulheres que via pela frente, nem mesmo as casadas escapavam. 
Incomodado com o  fato, um padre francês  que morava na mesma vila do tal beijoqueiro, propôs pagar um prêmio milionário em moedas de ouro, para as únicas mulheres que conseguissem escapar do ataque do tal cidadão.
Vira daqui, remexe dali e nada. Todos os anos era a mesma coisa, não aparecia ninguém para receber o prêmio. 
Por causa disso, a quantia acabava sendo guardada e acumulada com a  do ano seguinte. E o saco só ia crescendo.
A população conta que nunca mulher alguma resgatou as tais moedas de ouro, já que o italiano Enrique Porchelo não dava mole e beijava todas. Acho até que elas gostavam.
Bem, o padre morreu frustrado, sem conseguir pagar o prêmio.
Conta a lenta  que as tais moedas de ouro ainda se encontram muito bem  escondidas, em algum lugar da vila italiana, só o padre sabia o esconderijo. Um saco cheio!
Por causa desse episódio, as pessoas passaram a comemorar o dia 13 de abril como o dia internacional do beijo.

 Essa história me fez lembrar um tal beijoqueiro português chamado José de Moura, taxista e morador do Rio de Janeiro, que beijava todos que encontrava pela frente, até o Papa e o Frank Sinatra não escaparam. 
Ô cara para gostar de beijar !
Quem é clássica como eu, lembra bem.

41 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Não conhecia a história do beijo,com seu blog aprendo ainda mais.

Um beijooo pra vc amiga.

Sinto sua falta lá no meu blog.

C@urosa disse...

Minha cara amiga Silvana Nunes, que fascinante esse relato. Com relação ao Beijoqueiro, a mídia consegui estragar seus beijinhos ingênuos, que eram, inicialmente, de muita pureza.

Paz, harmonia em seus dias,

forte abraço,

C@urosa

Hamilton H. Kubo disse...

Muito bom saber de onde surgiu o dia dedicado ao beijo.
Melhor ainda é saber que os beijos não foram negados.

Que assim seja então, beijos e mais beijos para comemorar tal dia.

Adorei o post.

Majoli disse...

Que interessante saber de onde veio este tal do dia internacional do beijo.
Agora me conte uma coisinha,você sabe me dizer onde é essa vila italiana?
Estou pensando em ir procurar a sacola do dinheiro....rsrsrsrs.

Beijos e linda noite.

Daniela Rosa David disse...

Adorei a história do dia do Beijo!!!!
Obrigada por compartilhar conosco tantas informações.
super beijo

Daniel disse...

Olá Silvana, que bela postagem. Não sabia dessa história e gostei muito de saber. Seu blog é muito bom.

Feliz dia do Beijos a todos nós. Uma das coisas mais gostosas e prazerosas que se tem é dar e receber um beijo.

Beijos

Luciana P. disse...

Esse beijoqueiro era insano mesmo, hahahaha...
E já que é o dia do Beijo!

Muitos beijos pra todo mundo que passar por aqui.

Fatima disse...

Muito interessante!
Me lembro do tal beijoqueiro do Rio.
bjs.

Silvia disse...

Oi, Silvana
já que existe dia pra quase tudo, é bom saber a história do dia do beijo também.
Abraço

Lívia S. Franzoni disse...

Adorei a histária...
Todo mundo adora beijar nehhhh...

Um Beijo bem grande e bem especial p vc amigah...

Albuq disse...

Oi Silvana, que bom que você veio postar!
Espero que muito em breve tudo esteja resolvido e você volte a postar sempre.

Adorei o post muito informativo sobre o beijo, simplesmente assim podemos entender de onde vem a data.

Um grande beijo e é sempre bom te ler!

ney disse...

Bem lembrado o dia do beijo, e com esse considerado o mais famoso do mundo. Viva o beijo! Abraço/ney.

HSLO disse...

Legal...não sabia dessa data.


Um beijo em seu coração;



Hugo

Natureza e Paz disse...

Gosto muito de ficar apreciando as imagens do seu blog.

Muita Paz, Felicidades e um feliz Dia do Beijo.

Carlos

K disse...

que linda história!

boa semana! beijo!

Bloguinho da Zizi disse...

Gostei da história.
Mil beijos pra vc.
Zizi

SolBarreto disse...

Nao conhecia esssa historia...rsrsrsr Quando mais venho aqui, mais e mais aprendo rsrrs, você é cultura!

Valéria Gomes disse...

Que homem é esse? Não duvido nadinha do seu vício de beijar! Será que chegou a levar algumas bolachas?

Boa noite para ti!!!

RENATA RZ - Dicas Green disse...

Menina!

Já estou louca para conhecer esse italiano Enrique Porchelo. Deve beijar bem que é uma coisa!!

Adoro visitar o seu espaço e 'ouvir' suas histórias...

beijos verdes

Dora Regina disse...

Legal a história do beijo...
Um beijo fraterno pra você!!
Grande abraço!!

Glória Müller disse...

Ah muito bom!rs Não conhecia essa também história. Este italiano "era" é muito espeeerto, isto sim! E este beijoqueiro compulsivo português não era fácil mesmo não!rs
Beijos
Glória

angela disse...

Eu me lembro bem desse beijoqueiro...rs
beijos

Valvesta disse...

olá vim deixar um beijinho, e dizer que sinto saudades, foi assim que tu ouviu dizer.

TiChA disse...

Por acaso também nao conhecia esta historia...
Mas beijar qualquer uma????
Sabe bem é beijar aquela pessoa, a pessoa que amamos... Esse beijo sim, é que sabe muito, muito bem...
Mas esta engracada a historia...
Beijt

ValériaC disse...

Silvana...muito legal a história do beijo... acho que as mulheres bem que adoravam ser beijadas ...
Beijos...

jefhcardoso disse...

Olá Silvana! Hoje é quarta-feira, uma correria. Não repare em minha visita relâmpago, mas venho lhe convidar para ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (O Chamado)” e deixar o seu comentário.

Retornarei com melhores modos e mais tempo. Tenha uma ótima semana. Abraço do Jefhcardoso!

Bergilde Croce disse...

Hum,então essa de italiano beijoqueiro vem de longas datas!Vou traduzir seu post pros beijoqueiros de casa.Abraços da Itália,Bergilde

Rui da Bica disse...

Não sabia da origem do "Dia do Beijo", mas ao ler estava a lembrar-me desse tal luso-brasileiro, também "beijoqueiro" famoso !
Beijinho, Silvana.
.

Bordados e Retalhos disse...

Tantos problemas amiga que nem comemorei esse dia digno de comemoração nessa terra tão violenta. Coitado do padre!Rsrssr. Bjs

Nice & Ana disse...

Sil amei o post, talvez se uma delas tivesse tido a idéia de ficar presa em casa por um tempo para ele não beijá-la, o prêmio podia ter sido ganho, eu me lembro do beijoqueiro, ô figuraça, bem engraçado ele, bjkas queridona e lindo dia para vc, ;)...

Olívia Yale disse...

oi silvana, seu blog é mt bom. estava procurando uma explicação para o dia do beijo e a sua explicação foi adoravel.
a copiei e coloquei no meu blog Breakfast.
Parabens pelo blog.
bjs
P.S - virei sua seguidora

Renata Boechat disse...

Muito legal essa historia, que divertida!

Os italianos eram mesmo famosos por serem galanteadores, o que não tenho visto ultimamente na Itália...rsss...

Gosto desse seu espaço, parabéns pela sua criatividade!

asociacion evitasiempre disse...

Beijo Brazil!!!
Buen Blog!
Adri

Vicktor disse...

Querida Silvana

Permite-me que mesmo um dia depois... festeje o Dia do Beijo, com um

BEIJO

ZildaeAntonio disse...

Oi, querida Silvana Nunes
Lembro muito bem do "nosso" beijoqueiro. Ele teve coragem de beijar o Frank Sinatra, no Maracanã. Era bem pior que o beijoqueiro italiano que beijava só mulheres, com ele ninguém escapava...rsrsrs
Um abraço e tudo de bom!

Flora Maria disse...

Não sabia que existia dia do beijo...
Mas adorei o "clássica", e sou muito mais "clássica" do que você, com certeza ! Assim sendo, lembro muito bem do Beijoqueiro.

Beijos !

REGINA GOULART SANTOS disse...

Silvana, não conhecia a história do dia do beijo, imagine só que começou por causa de um italiano.
Lembro bastante daquele beijoqueiro brasileiro...rsrs
Essa foto ficou mundialmente famosa e é uma das minhas favoritas daquelas que marcaram história.

A fotografia intitulada “O Beijo” foi tirada na Times Square no dia 14 de agosto de 1945 por Alfred Eisenstaedt.

Nesse dia, os americanos saíram às ruas para comemorar o fim da Segunda Guerra Mundial.

“No Dia da Vitória, eu vi um marinheiro que vinha agarrando todas as moças que encontrava. Eu saí correndo junto a ele com minha Leica, olhando para trás por cima de meu ombro. Então, de repente, vi alguma coisa branca sendo agarrada. Girei em torno e cliquei o momento em que o marinheiro beijava a enfermeira” – declarou Alfred Eisenstaedt.

Adorei sua postagem, como sempre.

Beijos mil

Estrela disse...

Olá,querida amiga!
Estou de volta e postando em meu blog. Bom, já dizia meu professor de Biologia:"O Beijo é a forma mais carinhosa de se contrair uma doença."
Beijinhos...

Estrela disse...

Olá,querida amiga!
Estou de volta e postando em meu blog. Bom, já dizia meu professor de Biologia:"O Beijo é a forma mais carinhosa de se contrair uma doença."
Beijinhos...

Irene Moreira disse...

E como lembro Silvana.

Beijos

Daniel Savio disse...

Esta história eu não sabia, mas é interessante...

fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.