quarta-feira, 17 de março de 2010

A LENDA DO JOÃO-DE-BARRO.

Contam os índios que, há muito tempo, numa tribo do Sul do Brasil, um jovem se apaixonou por uma moça de grande beleza. 
Melhor dizendo: apaixonaram-se. 
Jaebé, o moço, foi pedi-la em casamento. O pai dela então perguntou:
- Que provas podes dar da tua força para pretenderes a mão da moça mais formosa da tribo? - As provas do meu amor! - respondeu o jovem.
O velho gostou da resposta, mas achou o jovem muito atrevido. Então disse:
- O último pretendente de minha filha falou que ficaria cinco dias em jejum e morreu no quarto dia.
- Eu digo que ficarei nove dias em jejum e não morrerei. Toda a tribo se espantou com a coragem do jovem apaixonado. O velho ordenou que se desse início à prova. Enrolaram o rapaz num pesado couro de anta e ficaram, dia e noite, vigiando para que ele não saísse nem fosse alimentado.
A jovem apaixonada chorou e implorou à deusa Lua que o mantivesse vivo, para ser o seu amor.
O tempo foi passando, passando ... e certa manhã, a filha pediu ao pai:
- Já se passaram cinco dias. Não o deixe morrer! O velho respondeu:
- Ele é arrogante. Falou nas forças do amor. Vamos ver o que acontece.
E esperou até a última hora do novo dia e então ordenou:

- Vamos ver o que resta do arrogante Jaebé.
Quando abriram o couro da anta, Jaebé saltou ligeiro. Seus olhos brilhavam e seu sorriso tinha uma luz mágica. Sua pele estava limpa e cheirava a perfume de amêndoa. Na aldeia todos se espantaram, e ficaram mais estupefatos ainda quando o jovem, ao ver a sua amada, pôs-se a cantar como um pássaro, enquanto o seu corpo, aos poucos, ia se transformando em um corpo de pássaro. E exatamente naquele momento os raios do luar tocaram a jovem apaixonada, que também se viu transformada em pássaro.
Então, ela saiu voando atrás de Jaebé, que a chamava para a floresta, onde desapareceram para sempre. Contam os índios que foi assim que nasceu o pássaro joão-de-barro. A prova do grande amor que uniu esses dois jovens está no cuidado com que constroem a sua casa e protegem os seus filhotes. 
  E os homens amam o João-de-barro, porque lembram da força de Jaebé: uma força que vinha do amor e foi maior que a morte!

(Fonte: Ayala, Walmir. Moça Lua e outras lendas. Ediouro Publicações S.A.).

23 comentários:

Vivian Sbrussi disse...

Olá!!!
Td certinho?
A sua presença é muito especial em meu blog!
Por isso vim lhe oferecer um selinho, Este Blog Tem o Brilho do Sol:

link:
http://viviansbrussi.blogspot.com/2009/09/selo-este-blog-tem-o-brilho-do-sol.html

Um ótimo domingão!
bjoooo
=D

Anabela disse...

O Amor quando é verdadeiro tudo consegue,move montanhas...,ja viste o que uma mãe faz pelo seu filho?Pelos meus ficaria os mesmos dias em jejum,assim como pelo meu marido...,enquanto ha amor tudo se consegue!bjs

micael disse...

Obrigado pela visita ao meu blog - geia-deusaterra - e por passar a ser uma atenta seguidora do seu conteúdo.
Deu-me a oportunidade, também, de conhecer o seu que é muito interessante.
Vou, com regularidade "segui-lo" pois o seu conteúdo é muito apelativo.

Bom Domingo

António Rosa disse...

Vim cá conhecer o seu blogue. Gostei muito do que vi. Já a estou a seguir.

Fernanda disse...

Amiga Silvana,

Muito obrigada pela sua gentil visita a um dos meus Blogues, o mais pessoal de todos.

Tal como você, preciso voltar com mais tempo para ver tudo com olhos de ver e ler, ler essas histórias que me encantam.

Beijos

Gislene disse...

OLÁ,SILVANA
LINDA ESTA LENDA QUE VOCÊ CITOU...
ADORO LER E OUVIR HISTÓRIAS DESTE BRASIL BONITO...
ABRAÇO, GISLENE.

Regina Rozenbaum disse...

Sil, amada!
Hoje, mais do que nunca, precisava ouvir que o "amor é mais forte que a dor"...sentindo falta de suas palavras lá no meu cantinho.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Amapola disse...

Bom dia, Silvana.

Que história linda! O João de Barro já rendeu tantas músicas bonitas também...

Um grande abraço.

Baila sem peso disse...

Passarinhos com pézinhos de amor
cantaram aqui a sua graça com ardor
por amor se vai a alta montanha
por amor se desce a fossa tamanha
pena que por vezes mal interpretado
quando pretende dar de seu bordado...

muito lindo como terminou
esta prova de amor que encantou!

meu beijinho

Mona Lisa disse...

Olá

Adorei esta lenda.
É de uma ternura ímpar.
Um hino ao amor!

Bjs.

DILERMArtins disse...

Mas bah, guri.
já era fâ do João de Barro, agora então...Muita bonita essa lenda, obrigado por compartilhar.

EternoAprendiz disse...

Olá Silvana!

Passando pra matar a saudade desse espaço lindo.Excelente post.Te ofereço o Selo Blog de Excelencia.
Uma ótima quinta-feira!
Beijos!!

Amapola disse...

Bom dia, Silvana.
Passando, para lhe desejar um bom fim de semana.

Um grande abraço.

VOVÓ CRISTINA disse...

Nossa, que história mais linda, hj to toda tristinha com falta do marido viajando, quase chorei, mas quando a casinha é firme,né? O amor está acima de tudo mesmo!

Niniane disse...

Essa lenda é amorosa...

O amor é livre como um pássaro e possui forças inexplicáveis. Forças de que por vezes nem temos completa consciência.

***

Viagens pelo Mundo disse...

Silvana,
Que história tão bonita!
Vi em Tibau do Sul, perto do Natal, um destes passarinhos João de Barro. Pequenos, cor de tijolo, são velozes e assustadiços. É um verdadeiro prazer passar por aqui e ler as suas história. Sentimo-nos como crianças na hora do conto, sempre na expectativa do que virá na próxima.Já pensou no livro? Tem que publicar. Um bj, Cristina

Luis disse...

Amiga Silvana,
Uma lenda linda de morrer, onde o Amor está em destaque.
Um beijinho amigo e um bom fim-de-semana.

São disse...

Que ternura, Silvana, de lenda!

Bom final de semana.

Amapola disse...

Boa tarde, Silvana.

Feliz férias.

Um grande abraço.

Tentativas Poemáticas disse...

Olá Silvana

Tem um trabalho de excelente qualidade neste seu blogue. Parabéns.
Abraço com ternura.
António

graciete filipe disse...

Amiga que linda a história de João de barro, eu já tinha lido sobre isto acho um encanto.
Te desejo um lindo fim de semana com muita paz e luz em seu coração.

Silvia disse...

Foi bom relembrar a lenda que ouvia desde criança.Linda história de amor.
Abraço

escritoramariaeli disse...

Querida!

Seu blog é maravilhoso!!!!!! estou encantada!
Parabéns!!! Será que um dia chego lá? rsrsrsr