quarta-feira, 3 de março de 2010

O PODER DA AROEIRA.

A aroeira é uma planta muito temida pelos mateiros devido ao seu poder de exalar um aroma que, só de passar por perto, a pessoa adoece de modo alarmante. O sintoma é o mesmo: muita febre e visão turva, sintoma este muito parecido com o do sarampo.
A lenda nos conta que um caboclo bateu as botas por causa da ação sinistra desta planta. O moribundo descrente havia plantado uma pequena muda em seu pedacinho de terra, com a posterior finalidade de utilizá-la na construção de um galpão. Coitado, nem teve tempo de vê-la crescer. Logo adoeceu e, em apenas três dias passou desta para melhor.
Dizem que os mateiros estão sempre atentos ao caminharem pela floresta e, quando passam perto da Dona Aroeira, costumam apelar para uma simpatia que é tiro e queda. Surte efeito de verdade, garantem eles: quando se avista a árvore da aroeira e se tem que passar perto ou por baixo dela, devemos saudá-la as avessas do tempo.
O segredo consiste em deter-se a pouca distância e com muito respeito da dita cuja, como se apresentasse diante de uma divindade, cumprimentando-a desta forma:
Se for pela manhã: "Boa tarde, senhora Aroeira!".
Agora, se for na perte da tarde: "Bom dia, senhora Aroeira!".
Cuidado, nesse momento não se deve nem pestanejar enquanto o ritual não se completa, repetidamente por três vezes.
Terminada a cerimônia, não é mais preciso temer o mal da aroeira.

Talvez você ache curioso, mas eu jamais deixo de cumprimentá-la.
É melhor prevenir do que se arriscar a bater com as dez.

40 comentários:

Carol Vidal disse...

Olá, Silvana

Obrigada pela visita ao meu blog, Cultura em Movimento. Acabei de colocar um novo post lá. Quando puder, dá uma passadinha lá!

Estou vendo que você é pesquisadora de cultura popular. Não sei se você tem alguma coisa a respeito, mas eu vou começar a escrever minha monografia sobre Literatura de Cordel, e estou em busca de material sobre o tema...

Qualquer coisa, meu e-mail é vidalcomunicacao@gmail.com

Beijos

Carol Vidal

Lilá(s) disse...

Gosto desta planta, passo muitas vezes na mata junto a ela...para a próxima sai cumprimento...
Bjs

angela disse...

Obrigada pela lição, nunca se sabe...
beijos

Jr Vilanova disse...

Nossa, Silvana, essa é a verdadeira "comigo ninguém pode"!

Sempre imaginei a aroeira como uma planta medicinal... será? Agora tô em dúvida!

De toda forma, poderosa ela, hein!
Um abraço.
Jr.

MIUÍKA disse...

Amiga,estive a ler a história da aroeira e achei muito interessante,ficamos com a sensação de que será mesmo verdade ou apenas uma crença desse povo,pois é muito estranho,mas gostei muito.
Obrigada amiga,pela partilha.
Um beijinho...MIUÍKA

manuel marques disse...

E quem te avisa, teu amigo é.

Beijos.

Fernanda disse...

Amiga Silvana,

Acho que em Portugal estamos livres desse perigo.
Achei os "frutinhos" tão lindos... mas como diz, mais vale prevenir que remediar.

Beijinhos

Simone Anjos disse...

Olá Silvana,
Essa planta é mágica mesmo, pelo menos em determinada parte do nordeste, algumas mulheres da zona rural costumam fazer chá das folhas para o trato do aparelho urinário, até mesmo fazem “banho de assento”. Os pescadores de Goiamum (tipo de caranguejo) os prendem no viveiro e alimentam com folhas de aroeira para limpar os bichinhos.
Beijos na alma,

achab disse...

Ciao Silvana,bello il tuo post.
Buona serata.

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Silvana
Vim conhecer seu blog. Adorei!!!! Muito carioca e brasileiro. Sabe, eu sou professora de portugues para estrangeiros e tenho dois alunos aqui em Barcelona, e gostei muito deste texto sobre a aroeira, pretendo mostrar para eles!!!! Beijos

alegria de viver disse...

Olá querida
Nunca tinha ouvido esta história, mas tudo tem uma explicação, portanto vamos respeitar.
Com muito carinho BJS.

Pelos caminhos da vida. disse...

Desconhecia essa história, é bom saber o que devemos fazer ao cruzar com uma.
Seu blog é d+ mesmo.

beijooo.

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Minha querida amiga essa não, essa é demais, respeito sua crença, mas a mesma aroeira que você fala, nós a temos aqui em Portugal.
Pois devo dizer-lhe, que minha mãe que Deus lá tem, tinha uma descamação bem forte em sua cabeça, e a curou com folhas de aroeira.
Pois isso só mesmo lenda, obrigada pelo seu poste mas por favor consulte um livro de cura pelas plantas.
Beijinhos de luz em seu coração

micael disse...

Cacho bonito mas... cuidado com as pessoas sensíveis. Pode provocar alergias.

Bjs

Vida*** disse...

Foi extraordinário...navegar em seu blog. Enqto lia ia ficando anestesiada de Alegria. Senti desejo de colher uma flor (Buganville) do jardim e doar. Com carinho enfeitar um rosto de um ser... Com um sorriso na face!! A história de nossa gente!! História do Brasil!! Nosso povo!! Muita cultura a ser lembrada nos dias atuais. A natureza...os indiozinhos. Nossa!! Tdo bélíssimo!!Qta...sintonia...harmonia...Paz!!!

Vida*** disse...

Foi extraordinário...navegar em seu blog. Enqto lia ia ficando anestesiada de Alegria. Senti desejo de colher uma flor (Buganville) do jardim e doar. Com carinho enfeitar um rosto de um ser... Com um sorriso na face!! A história de nossa gente!! História do Brasil!! Nosso povo!! Muita cultura a ser lembrada nos dias atuais. A natureza...os indiozinhos. Nossa!! Tdo bélíssimo!!Qta...sintonia...harmonia...Paz!!!

Amapola disse...

Boa noite, Silvana.

Adorei a lenda. A tática é muito engraçada.
Lembro-me de muitos pés de aroeira, mas não me recordo deles, com frutos. A foto é linda.

Beijos.

Pedrasnuas disse...

MAS ISSO É ASSUSTADOR...SERÁ MESMO VERDADEIRO QUE UM CUMPRIMENTO FAZ A DIFERENÇA?! AI...PREFIRO NEM ME CRUZAR...

BEIJOS FLORESTAIS

Sanzinha disse...

Que história curiosa, Silvana!
Pois bem, eu certamente a cumprimentaria também.
Beijos!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Silvana, desculpe por não ter vindo antes, mas ando sem tempo e a internet anda horrível por aqui...mas eu tenho uma aroeira em casa...será que faz isso mesmo? Não é a aroeira que dá a pimenta rosa, tão delicada?
Agora, fiquei até com medo...vixe! Vou cumprimentá-la sempre!
Bjs.

HSLO disse...

Sempre faço o uso da aroeira para muitas coisas.

abraços

Hugo

Vitor Chuva disse...

Olá Silvana!

Quem diria que uma árvore(ou arbusto?) com tão bonito aspecto poderia ser tão mazinha!!!?
Eu, pessoalmente, pensava que a mesma até teria fins medicinais, mezinhas caseiras - não fazendo mal a gente desprevenida ... Mas, para não correr riscos, se alguma vez com ela me cruzar ,vou seguir a sua sugestão; tratar a dita com temor e reverência - não vá o diabo tecê-las!

A história é bonita, e bem disposta - gostei.

Beijinhos.
Vitor

Lou a esquizoffrenica disse...

Acho as simpatias uma coisa fantástica. Obrigado pelo muito que nos ensinas Silvana.

Jorge disse...

Silvana, formiguinha e investigadora laboriosa,
Respeito muito as sábias tradições populares.
Neste caso, cumprimentarei a senhora Aroeira a preceito e... sem pestanejar...
Saudações Sinienses.

Maria Bonfá disse...

bom saber..vai que de repente me deparo com uma.. e ja viu.. prevenir é bom.. beijão querida

Sônia Silvino disse...

Que saudade de vir aqui saborear estes textos maravilhosos.
Bjkas, minha querida!

Sônia Silvino disse...

Que saudade de vir aqui saborear estes textos maravilhosos.
Bjkas, minha querida!

Rui da Bica disse...

Não conheço a aroeira. Será que em Portugal ela possa existir, mesmo que com outro nome ?
Nestas coisas a boa informação é boa conselheira.
Beijão
.

Vicktor disse...

Querida Silvana

Aqui nas matas perto temos muitas aroeiras... por cautela vou passar a saudá-las ao invés do tempo...

Onde vivo existe uma urbanização, um bairro, chamada Aroeira do tempo em que era a Quinta da Aroeira.

Curioso.

Beijinhos.

Kimbanda disse...

Olá Silvana,
O Rui da Bica pergunta-se se em Portugal há a Aroeira, planta não sei, mas há uma localidade que assim se chama. Será que tem esse nome por lá existirem? Pois não sei.
Vim e mais uma vez me recriei com o teu saber.
Kandandos deste lado do Atlântico

Bordados e Retalhos disse...

Silvana, onde moro tem uma reserva de Mata Atlântica que nós, antigos moradores, lutamos para preservar. Outro dia quando ia chegando em casa vi dois homens na entrada da mata cortando uma ´´arvore. Meu marido gritou com eles que não podiam fazer isso. Eles disseram que a árvore era um pé de aroeira e eles estavam cortando para vender as frutinhas. fiquei pasma com a resposta e o marido chamou a polícia que só pediu que eles parassem de cortar e levassem embora o que jjá estava no chão. A lenda no seu post me chamou a atenção. Será que eles conhecem a história?? Cumprimentaram antes a aroeira??Bjs amiga

Netecv disse...

Gostei do blog. Imagens lindas e sugestivas. Totalmente de acordo com a placa que chama a atenção que o dinheiro não se come. Precisamos prestar mais atenção ao ambiente e tragédias como as do Haiti ou Chile e tantas outras deve nos servir de exemplo para vivermos cada vez mais em harmonia com a mãe natreza.

Nova Civilização disse...

Nossa...não sabia desse poder todo da aroeira. Fiquei impressionada! já ouvi falar da erva, inclusive já li até alguma coisa a respeito do seu poder contra afecções dermatológicas... valeu a informação!

beijinhos,

Gisele

Daniel Savio disse...

Se for assim, não morri de ruim, pois penso que brinquei um bocado com esta planta, a menos que esteja enganado com a planta...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Ricardo Calmon disse...

Magistral.Silvana Nunes,pos esse,amei,pela beleza do texto e tema,oriundo de Manaus ,dos seringueiros através ,aprendi e partipei em Tefá de cerimônia essa,lá mais intensa em ritualização,e mui bela também!
O que que Peri está fazendo em oráculo seu?esse mininu índio,amigo imaginário meu,é mui sapeca,volta para vcampos meus de girassois Peri,NOW!rsrsrs!

Um amanhecer divino,em coração teu,amiga Silvana!

viva la vida!

Ricardo Calmon disse...

Magistral.Silvana Nunes,pos esse,amei,pela beleza do texto e tema,oriundo de Manaus ,dos seringueiros através ,aprendi e partipei em Tefá de cerimônia essa,lá mais intensa em ritualização,e mui bela também!
O que que Peri está fazendo em oráculo seu?esse mininu índio,amigo imaginário meu,é mui sapeca,volta para vcampos meus de girassois Peri,NOW!rsrsrs!

Um amanhecer divino,em coração teu,amiga Silvana!

viva la vida!

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, minha amiga.
Respondendo ao seu comentário no meu post sobre os poderes da aroeira, gostaria de dizer que a aroeira é uma planta de um poder curativo enorme. Porém, suas olhas tem um poder de alergia muito grande, eu mesma quase morri por ter brincado de comidinha com suas folhas quando era pequena. Daí a lenda utilizada pelos caboclos na amazônia. Eu não tenho crença e nem religião, sou apenas uma pesquisadora e como tal, coloco no meu blog diversas lendas que são cultuadas pelos povos do meu país.
Sei dos poderes da planta, mas conheço também os efeitos nocivos da aroeira quando manipulados por quem tem qualquer tipo de alergia a esta planta. Igualmente a chamada "comigo ninguém pode".
Eu sou apenas uma pesquisadora que ama lendas e o povo do meu país. Minha intenção é somente divulgar a minha cultura, somente isso.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER..., por isso o nome do blog, eu ouvi dizer. Entendeu ? Não precise levar tão a sério, são apenas lendas.
Fique na PAZ !

RAFA disse...

plantinha poderosa essa hem

Leandro Tavares disse...

Pessoal, cheguei meio atrasado.. rsrs, mas a lenda da aroeira é sim verdadeirissima, aqui no sul tem muitas delas, e não é nada legau quando não as cumprimentamos... ja aconteceu comigo mesmo, sai umas feridas enormes no corpo, tipo umas alergias, portanto, respeitem as aroeiras...

neida Almeida disse...

Pois eu não posso nem pensar a tremenda alergia que sofri quando menina com contato da folha da aroeira,fiquei toda vermelha,inchada,por dias.