quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

DANÇANDO O TORÉ.

O TORÉ é uma manifestação sociocultural comum a vários grupos indígenas das regiões

Norte e Nordeste do Brasil.
É dançado ao ar livre por homens e mulheres que, aos pares, formam um grande

círculo que gira em torno do centro. Cada par, ao acompanhar os movimentos,

gira em torno de si próprio, pisando fortemente o solo, marcando o ritmo da

dança, acompanhado por maracás, gaitas, totens e amuletos e pelo coro de

vozes dos dançarinos, que declamam versos de difícil compreensão, puxados pelo

guia do grupo, no idioma da tribo.
É um ritual que expressa contentamento, sobre diferentes aspectos como: festas

religiosas, louvação aos encantados, recepção a personalidades ilustres,

confraternização, casamentos, batizados e outros. É uma forma de manter viva

não apenas a cultura, a magia e a mística da tribo, mas também da conquista 


do seu espaço e a preservação de seus costumes e de sua identidade diante de

muitas lutas durante toda a história do Brasil.


Desconheço a origem das fotos postadas acima.

18 comentários:

Daniel Savio disse...

Achei interessante você não ficar só nas lendas, mas também transmitir um pouco da cultura indigena...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

ADiniz disse...

Hj é Dia
um bom dia.
sob lua cheia
um grande abraço em vc.
kokohmahá

b disse...

"Todo dia ainda é dia de índio"
Pois que, apesar de tudo - eles vivem muito melhor do que nós.

Elizabeth disse...

Oi Silvana,
Acho linda essa dança.
Abraços.

manuel marques disse...

Como sempre uma óptima postagem.

Beijo miga.

Gerana Damulakis disse...

Senti uma vergonha agora: nunca vi um índio. É vergonhoso. Estou aprendendo muito aqui.

Sônia Silvino disse...

Oi, Fada da Floresta!
Como sempre, lindos e interessantes textos!
Bjkas!!!

Sônia Silvino disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Regina Fernandes disse...

Silvana já assisti a essa dança em um documentário. É um espetáculo!



PS: Lá no meu blog tem uma declaração de amizade pra vc!

Bjocas

Luisa Paula disse...

Olá Silvana
Acho admiravel a sua dedicação e empenho , nesse percurso de vida...
Lutar por um mundo melhor é sem duvida uma excelente causa, com a qual compactuo .
Não a conheço suficientemente bem, mas pelo que me pareceu do seu blog é uma Mulher de causas nobres.
Um beijinho grande e força nesta "batalha" que é a vida.

Marli disse...

Olá Silvana!
Passando para agradecer a visitA AO BLOG e dizerque gostei do que encontri por aqui, Parabéns por esse resgate cultural. Abraço!

Natália S.C.Gomes disse...

SILVANA,
Obrigada pela mensagem no meu blog.
Acredito que quando existe esperança, podemos confiar que o futuro será melhor, mais sábio e colorido como sua imagens.
Estou te seguindo rs.

Beijos grandes
Natália
Webnasaladeaula

Natália S.C.Gomes disse...

Silvana, adorei seu blog!

Obrigada pelo recado deixado no meu, acredito que se existe esperança o mundo pode melhorar e nossas futuras crianças serão a essência da salvação do planeta.

Beijos grandes
Natália
webnasaladeaula

Lidia Ferreira disse...

to de boca aberta rsrs isso não e novidade sempre fico assim quando eu entro aki
parabens , ameiii

Zininha disse...

Oi amiga...Adoro essa magia das lendas, das histórias que o povo conta...
adoro seu cantinho...

Beijos...

ah...Quer viver uma fantasia neste natal?
Veja quem chegou de férias no Brasil...lá no meu jardim...

FOTOS-SUSY disse...

OLA SILVANA, BELISSIMA POSTAGEM...ADOREI...VOTOS DE UM OPTIMO DIA!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

Valéria Russo disse...

oie Sil(já to intima)kkkk
nossa que lindo essa dança e comemoração...
adoro cultura indigena e acho que deveriamos por obrigação saber mais dos nossos indios tão mal tratados por nós que achamos que somos civilizados.
não me canso de te parabenizar...
lindo trabalho.
bjuivos no coração.
saudações urbanas.
tenha um fds cheio de sol.
loba.

Reinaldo disse...

Oi Silvana,

Parabéns pelo blog, entrei pesquisando na net sobre Toré e passei bons momentos por aqui. Voltarei breve.

Grato

Reinaldo