quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

OS TOANTES.

Toantes são ão as músicas sagradas dos índios cantadas durante os cerimoniais para invocar a presença de um ou mais seres encantados. Possui uma alucinante monotonia que hipnotiza e empolga os participantes.

São entoadas pelos cantadores ou cantadeiras e dançadas pelos praiás, índios dançadores profissionais, que usam máscaras, roupas e pinturas rituais.

Estão presentes em todos os cerimoniais das tribos, sejam cerimoniais abertos, rituais fechados ou particulares.

Existem diversos tipos de toantes: toantes das festas, que não possuem letra e os índios apenas emitem sons vocalizados; toantes particulares, que possuem letras e falam a respeito do encantado a que pertence e não podem ser assistido por estranhos; toantes de cura, um tipo de música utilizada pelos pajés benzedeiros, quando são solicitados para a cura de uma pessoa doente, que são executados durante os rituais para invocar a presença de um ou mais seres encantados que tenham o poder de cura.

Desconheço a autoria das fotos postadas acima.

13 comentários:

Sonia Beth disse...

OLá Silvana, bom dia

Esta mensagem de hoje me levou à aldeia dos Guaranis que existe aqui em São Paulo.

O que me chamou atenção foi justamente a monotomia das danças e canções, reproduzidas por todos, até pelas crianças.

Hoje, no meu blog , escrevi sobre o medo do futuro. Esteja à vontade para tomar um café.

abs

Bloguinho da Zizi disse...

A Sabedoria manifestada através dos cantos e entoadas.
A monotomia traz a concentração e a concentração nos eleva à Luz.
Gratidão Silvana.
Somente alguém com pureza no coração pra passar tanta informação.
Sou grata

SONHADORA disse...

PARABENS,ADORAVA VER DE PERTINHO ESSA TRIBO...



BEIJO

Rita disse...

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê já é sexta-feira!
Quando se vê, já é Natal...
Quando se vê o ano terminou...
Quando se vê, passaram 50 anos!
Não deixe ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá, será a desse tempo que infelizmente nunca mais voltará
Amiga passo aqui para te desejar uma feliz semana.
Bjs

Jorge disse...

Silvana

Tem um selo de Natal prá vc!!
Saudações urbanas!

beijo,
Jorge

Pamela Evelyn (Pam) disse...

curti de mais a historia hum achei legal o comentario x tudo da fome mesmo rsrs bjss

Fatima disse...

Muito interessante Silvana.
Bjs

Fernanda Tardin disse...

Olá, Silvana!
Cada vez que passo por aqui fico encantada com suas postagens. Parabéns pelo seu trabalho.
Receber sua visita é sempre um prazer.
Obrigada pelo carinho.
Bjs...

manuel marques disse...

Muito interessante,alás como sempre.

Beijo.

Marjory disse...

Oi querida amiga,
Esta semana eu estava estudando sobre Astronomia indígena da Amazônia e me lembrei de vc. Passei pra deizer que adoro seus posts.
Um enoooorme beijo!

Gerana Damulakis disse...

Não me canso de escrever quanto é importante esse seu trabalho.

Antonella disse...

Carissima, benvenuta nel mio blog. Ho letto il tuo commento e le tue considerazioni per un mondo migliore sono le stesse che ho io. Vivi un un posto meraviglioso e stupendo ed il tuo blog è bellissimo...peccato che non conosco la tua lingua e mi è difficile interpretarla. Casomai potresti inserire il traduttore di google nel tuo blog così è facile leggerti.... Le foto nel blog sono stupende! Complimenti....A risentirci presto. Un grande e affettuoso saluto!

Daniel Savio disse...

Interessantes, mas tem ainda mais da série?

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.