quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

E ASSIM OS CRISTAIS FORAM CRIADOS.

Num determinado dia, o Espírito Criador esticou seus braços e teve vontade de criar algo que ele nunca havia criado. Como sempre, sua idéia era criar alguma coisa que auxiliasse os seus filhos.
Olhou para eles e notou como suas almas brilhavam quando dançavam e se moviam em espiral através do espaço. Eles eram seres magníficos que trouxeram tanto prazer ao seu Pai quando este os criou.
Porém o Espírito Criador supôs em seu coração que era tempo de dar mais um passo. Seus filhos necessitavam de uma oportunidade de crescerem.
Eles necessitavam de um desafio, de aventura e feitos heróicos.
Eles necessitavam reconhecer que eles tinham opiniões e que poderiam controlar seus próprios destinos.
Eles necessitavam aprender sobre o poder do amor assim como sobre a percepção.
O Espírito Criador inclusive tinham um plano. Então seus olhos se moveram, abrindo os seus lábios em seguida e finalmente gritou: "Eu o tenho!

O Universo interior se agitou com o som de sua voz. Ele criaria um novo planeta onde as almas-criança poderiam viajar através do tempo. Este planeta teria uma nova forma, uma forma física, e a almas-criança teriam corpos físicos.
Neste planeta, eles se animariam através da necessidade de manter seus egos. Eles teriam muita abundância neste planeta. Eles poderiam aprender ajudando-se e valorizando entre si. E eles poderiam provar seus talentos para criar da mesma maneira que seu Pai havia feito.
O Espírito Criador sorriu quando considerou o seu novo plano. Porém seu sorriso poderia ser confundido. Não seria justo deixar essas almas-criança nesta grande jornada sem um Pai. Ele não poderia deixar seus filhos completamente independentes. Porém ele poderia enviar uma Mãe. Sim, ela seria de grande ajuda. Então ele tirou de si um pouco de energia feminina e construiu o novo planeta com essa energia.

Quando terminou, deu um nome ao planeta: Mãe Terra. Mãe e Pai juntos trabalharam para recepcionar as almas-criança. A Mãe Terra escolheu a cor do céu e das nuvens. Ela adorava a cor azul. O Espírito Criador viu a necessidade de construir pólos magnéticos. Os dois fizeram tudo com muito amor.
Porém no dia da chegada das almas-criança, Mãe Terra entrou em pânico. Estaria ela assumindo muita responsabilidade? E se as coisas saíssem mal? O que ela poderia fazer para corrigi-las? Ela fez estas perguntas ao Espírito Criador. Ele respondeu-a: - É claro que você poderá fazer isto. Nada sairá errado. Você tem que ter fé. A Mãe Terra insistiu: - Eu me sentiria melhor se tivéssemos um plano de emergência.

O Espírito Criador estava impaciente, porém achou uma boa idéia de um outro plano de apoio. Durante a noite ele plantou sementes debaixo da superfície da Terra. Segundo este novo plano, as sementes cresceriam e transformar-se-iam em cristais de diversos tamanhos, formas, talentos e cores.
Eles trariam beleza, energia e seriam um guia nas vidas das almas-criança. Eles abririam um novo caminho para a verdade. Eles ensinariam a curar e dar força à vida de todos os que eles tocassem. - Que maravilha! disse a Mãe Terra.
Quando as almas-criança precisarem de ajuda eu posso lhes dar os cristais. O Espírito Criador balançou a cabeça.

- Não, você deve permitir que eles encontrem os cristais. Quando uma alma-criança tiver o coração puro e o espírito amoroso, eles poderão levar os cristais consigo.
Ele o tocará, o estudará, jogará com eles e descobrira seus pequenos milagres. Essa alma-criança ensinará aos seus irmãos sobre este poder que vem da Mãe Terra.
Depois outra alma-criança conhecerá outro cristal e ensinará a outros o que ele também pode fazer. Esses ensinamentos serão passado a outros ininterruptamente. A Mãe Terra sorriu porque ela compreendeu que aquela ajuda sempre estaria ali ao alcance das almas-criança.
Eles teriam muito que fazer. Eles viveram num mundo repleto de prazeres, mas algumas vezes as coisas não funcionavam muito bem e muitos caíram doentes.
Um dia, uma alma-criança muito calada mas de coração puro e espírito amoroso, caminhou por uma pequena trilha e viu um cristal brilhando.

Feliz ele pode sentir aquela energia maravilhosa trabalhando no seu corpo e curando-o. Colocando-o na direção do sol, viu lindos raios multicoloridos.
Naquele momento ele sentiu que tinha em suas mãos uma pedra curativa.
Com este cristal, ele poderia ajudar seus irmãos a sentirem seus corpos mais energizados e também seus espíritos.
Aos poucos, ele ensinou aos outros como usá-lo.
Este conhecimento foi passado a outros.

17 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Lindo, simplesmente.
gratidão
Alzira

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que linda essa lenda do cristal. Não conhecia. Seu blog é fantástico, é tão importante o resgate de nossa cultura, o registro da mesma, a divulgação.
Muito obrigado por compartilhar histórias tão especiais como essa.

Elizabeth disse...

Olá Amiga,
Como sempre, genial!
Tenha um dia maravilhoso.
Abraços.

**Gi** disse...

Olá, Silvana :-)

Obrigada pela sua visita a meu blog. Quando puder, apareça sempre!

Aproveito para convidá-la a visitar meu outro blog, recém-inaugurado: perspectativando.blogspot.com, o qual abordará temas variados. Acredito que gostará dele :-)

Beijos,
**Gi**

Douglas Orestes Franzen disse...

Parabéns pelo seu blog, seguirei com cariho, abraços.

O Sibarita disse...

Pois é dona moça, aqui estamos e ai? kkkkkkkkkk

Seu texto nos envolve de tal forma que em alguns paragrafos temos que supirar forte pela emoção de que acreditar é fazer, seguir em frente sem deixar que os por menores da vida sejam maiores e nos tomem conta no dia a dia!

Eu, que nascido e criado nas palafitas (maré), sobre as pontes de Salvador, sem nenhuma pespctiva a não ser de um futuro sem futuro, sei muito bem o que é isso, faça fé!

Bom, vamos nessa de tornar ou pelos menos tentar um mundo melhor, conte comigo!

bjs
O Sibarita

manuel marques disse...

Como sempre fabuloso.

Abraço.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Silvana! Fiquei muito feliz com a tua visita, teu comentário e, principalmente, por teres te tornado seguidora do nosso humilde espaço. Isso somente aumenta a minha responsabilidade de melhorar tudo aquilo que crio e escrevo. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, com certeza voltarei mais vezes, pois o teu belo espaço além de muito bem ilustrado, transmite cultura, o que é mais importante. Com o objetivo de acompanhar o teu trabalho, me fiz teu seguidor. Isso, até quando permitires. É claro!

Adorei o texto. Muito bem escrito e coordenado. Aborda um tema muito valioso, mas, infelizmente os poderosos não estão dando a mínima. Acabou o tempo em que a cultura e a educação eram valorizadas neste país.

Beijos,

Furtado.

Pati Araújo disse...

Oi Silvana,

Tem um selinho pra vc lá no blog, uma simples homenagem por esse trabalho lindo que vc faz por aqui.

Beijos e tudo de bom :)

Daniel Savio disse...

Interessante, mas não parece ser uma lenda indigena...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

alegria de viver disse...

Olá querida
Esta é a lenda mais pura, e depois convenhamos, cristais são pedras lindas.A mensagem muito boa.
Com muito carinho BJS.

Regina Rozenbaum disse...

É Silvana
A lenda é linda...Os cristais realmente operam maravilhas em nossa alma.
Beijuuss mineiros

www.toforatodentro.blogspot.com

Se7e/5 disse...

Para quem não pode fazer leituras muito extensas, escreves á louca. Ó linda, vais ter que explicar o que pretendes, afinal, com toda esta chamada de atenção para a tribo. Estou a lembrar-me, por exemplo, do cabrão do Sting e a defesa pela ´selva Amazónica, e quem saiu a ganhar com essa merda toda foi ele. A selva continuou sendo dizimada e a madeira, na sua maior parte, era exportada para os states dessa gringalhada fodida.
Quando tiveres um tempinho livre, vai lá no se7e/5 e explica, por qo se7e/5 não gosta de ser fodido de qualquer maneira.
Não interpretes erradamente, mas sabes que se não houvesse pobreza no mundo, não haveria cabrões e mulheres de cabrões a ganhar milhares de cruzados, euros, dollares, por esse mundo de merda. Entendes? Espero que sim, porque está na hora de acabar com o tacho de mulher de ministro, tacho de mulher de presidente e, acima de tudo, tentar acabar com a pobreza.
Se não entenderes e só ficares indignada e até ofendida pelos impropérios, é porque és igual aos outros que quer viver à custa da desgraça.
Fica bem e caminha de queixo bem erguido. Orgulha-te!

Dalva disse...

Olá, Silvana!

Estava com saudades de vir aqui me enriquecer com tuas história...

Beijos!

Pelos caminhos da vida. disse...

Paz
__________________União
_________________Alegrias
________________Esperanças
_______________Amor.Sucesso
______________Realizações★Luz
_____________Respeito★harmonia
____________Saúde★..solidariedade
___________Felicidade ★...Humildade
__________Confraternização ★..Pureza
_________Amizade ★Sabedoria★.Perdão
________Igualdade★Liberdade.Boa-.sorte
_______Sinceridade★Estima★.Fraternidade
______Equilíbrio★Dignidade★...Benevolência
_____Fé★Bondade_Paciência..Gratidão_Força
____Tenacidade★Prosperidade_.Reconhecimento
(¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´×(¨`•.•´¨)
(¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´× (¨`•.•´¨). ×`•.¸.•´×(¨`•.•´¨)
CAMPANHA: VAMOS FAZER ESTA ÁRVORE CIRCULAR
NOSSO ATÉ O FIM DO ANO PARA ENERGIZAR 2010!!!
PARTICIPE VOCÊ TAMBÉM ENVIE PARA AMIGOS
QUE VOCÊ CONSIDERA ESPECIAL

Sônia Silvino disse...

Oi, fadinha da floresta!
Simplesmente linda essa lenda!
Bjkas!

@philipsouza disse...

Não conhecia a lenda do Cristal ...parabens mesmo por compatilhar historia tao construtivas...

venho te convidar para nosso Mob Brasil sabado agora...conto com vc...entre no Entrando e saiba mais....