sábado, 13 de fevereiro de 2010

XANGÔ.

Xangô é o dono do trovão, conhecedor dos caminhos do poder secular, governador da justiça. Teria sido u8m dos primeiros reis da cidade de Oió, que dominou por muito tempo a maioria das cidades iorubanas, merecendo Xangô, talvez por essa razão, um culto muito difundido na África.
É praticamente o grande patrono das religiões dos orixás no Brasil e seu culto está associado ao de suas esposas Oiá, Obá e Oxum, originalmente de rios africanos.


 Correspondência com os santos católicos: São Miguel Arcanjo (jovem) e São Jerônimo (velho).
..................................

Xangô e seus homens lutavam com um inimigo implacável. os guerreiros de Xangô, capturados pelo inimigo, eram mutilados e torturados até a morte, sem piedade ou compaixão. As atrocidades já não tinham limites. O inimigo mandava entregar a Xangô seus homens aos pedaços. Xangô estava desesperado e enfurecido.
Xangô subiu no alto de uma pedreira perto do acampamento e dali consultou Orunmilá sobre o que fazer. Xangô pediu ajuda a Orunmilá.
Xangô estava irado e começou a bater nas pedras com o oxé, bater com seu machado duplo. O machado arrancava das pedras faíscas, que acendiam no ar famintas línguas de fogo, que devoravam os soldados inimigos. A guerra perdida foi se transformando em vitória.
Xangô ganhou a guerra.
Os chefes inimigos que haviam ordenado o massacre dos soldados de Xangô foram dizimados por um raio que Xangô disparou no auge da fúria. mas os soldados inimigos que sobreviveram foram poupados por xangô.
A partir daí, o senso de justiça de Xangô foi admirado e cantado por todos.
Através dos séculos, os orixás e os homens tê recorrido a Xangô para resolver todo o tipo de pendência, julgar as discordâncias e administrar justiça.

(Prandi, Reginaldo in Mitologia dos Orixás)
Desconheço a autoria da foto publicada acima.
 
Xangô, meu Pai
Kawo Kabesilye Ode,
Xangô.
Do alto da cachoeira,
As águas estavam rolando
A pedreira arrebentava
E uma coral piou
A mata estremecia
Kawo Kabesylie Ode !

29 comentários:

Mel Redi disse...

BOM DIA, querida Silvana! Adorei saber sobre XANGÔ!! Obrigada! Por favor, responda-me: Vc retirou sua foto dos meus seguidores? Por que? Abraços, Mel

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Sil,

Obrigada pela sua presença.

Interessante essa estória de Xangô...

Beijos,
Ana Lúcia.

Silvana Nunes .'. disse...

Aos meus amigos leitores.
Há dias que a minha foto e o lin foi excluída de alguns blogs. Não sei o porque disso, já tentei buscar solução para o problema e não consegui. Quando tento adicionar vocês, aparece uma mensagem que diz o seguinte: "o proprietário deste espaço bloqueou a sua participação no site".
Isso não ocorre com todo mundo, somente com algumas pessoas. Quero dizer que não excluí ninguém, pelo contrário, eu adoro interagir com vocês, só lamento profundamente o que está acontecendo. Algumas pessoas me disseram que isso é problema do site. Com isso eu não tenho acesso a todo mundo porque o link do blog dessas pessoas foi apagado da minha página e nem sempre lembro o nome do blog de todos vocês para chegar através da pesquisa do Google. Peço que ao enviarem os seus comentários, procurem colocar o link para que possa responder e chegar até vocês.
Espero que compreendam e não me abandonem. Evamos torcer para que esta situação se normalize o quanto antes.
Muito obrigada.
Silvana Nunes
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
http://www.silnunesprof.blogspot.com

prafrente disse...

interessante conhecer as realidades espirituais de outros povos e pensar como durante séculos essa realidades foram ignoradas e até proibidas em nome de outros valores religiosos etnocêntricos...

Bom Carnaval

Beijinho de Portugal

Felina Mulher disse...

Oi Silvana,resolveu o problema com seu blog?
estou levando o teu link para minha página e avisar que tenho link e selinhos pra vc por lá, caso goste traga-so com vc.

Beijos e um bom Carnaval.

Felina.

HSLO disse...

Salve, Salve meu rei Xangô.


Axé.

Amapola disse...

Bom dia, Silvana.

Que maravilha!
Dos orixás, essa parece ter uma força muito grande, mesmo. Pra mim, enquanto eu lia, foi como se estivesse vendo ao vivo.
Muito obrigada.

Um grande abraço.

Daniel Savio disse...

Huhum justiça sempre foi atrelada a alguma entidade, mas nem sempre esta entidade, se mostrava benevolente...

Eu entendi, mas tentou ver lguma assistência do Google para ressolvero poblema?

Silvana quantos blogs você segue?

Penso que tenha quantidade máxima de blogs para seguir...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Kimbanda disse...

Olá Silvana, boa tarde.
Vim como sempre à minha aula. Em Angola estes cultos só se praticavam em segredo enquanto colónia portuguesa, a igreja católica romana e sua influência através do estado não o permitiam. Hoje felizmente são águas passadas e cada um é livre de interiorizar as suas crenças.
Bj. e um kandando amigo

Fabiano Mayrink disse...

Oi Silvana, nao vc nao esta me importunando nao, vc fez certo é melhor avisar, espero que tudo se resolva logo, esses problemas sao muito frustrantes e nao tem muito o que fazer é esperar, abraços

Rui Moura disse...

Silvana, o desaparecimento de links, sondagens e outras coisas ocorre de vez em quando na Google. É chato, mas que fazer?... Tem que se fazer o esforço de repor as coisas.

http://mundobotafogo.blogspot.com
Saudações Gloriosas!

manuel marques disse...

Xangô, meu Pai
Kawo Kabesilye Ode,
Xangô.
Do alto da cachoeira,
As águas estavam rolando
A pedreira arrebentava
E uma coral piou
A mata estremecia
Kawo Kabesylie Ode !


Maravilhoso.

Beijos.

lino disse...

Olá, Silvana.
Deste lado do mar está tudo bem. Vi o teu comentário no sítio da Bárbara e quero dizer que não vejo problema. Venho cá diariamente mas nem sempre dá para comentar.
Beijos

Uber Expresso disse...

Oi Silvana, vi que entrou no meu blog com ooutra conta, na qual não cosigo entrar...nessa entro normalmente... isso as vezes dá nó, eu muito das vezes fico estressada e não sei mesmo o que está acontecendo...enfim, continuo por aqui lendo esses lindos textos!!! Beijos Roberta

PCR disse...

Eu compreendo o problema com o seu blog...
espero que tudo se resolva...
beijos

Rosa Carioca disse...

Abandonar-te? E aonde ia aprender tanto?
Beijos,
Rosa Carioca
http://pensasentimentos.blogspot.com/

Cadinho RoCo disse...

Até a descrição de Xangô é tensa, forte, robusta.
Cadinho RoCo

Fernanda disse...

Amiga Silvana,

O culto de Xangô. Aprendi mais alguma coisa da vossa riquíssima História.

Obrigada!

Estava agora a ler o seu comentário, é estranho, eu continuo a ver sempre que publica no meu Blogue, o que não tenho tido é tempo para a visitar.
Espero que consiga resolver esse problema.

Beijinhos e bom Carnaval!

Sandra disse...

Ola menina.Vim retribuir a sua visita. Muito obrigada. A história é muito interessante e triste.
Tem um selo na Curiosa para vc. Passe lá.
Sandra.

Bom final de semana.

Espaço do João disse...

Óh silvana.
Que mal me fizeste para te excluir? Eu não excluo ninguém , se alguém me importunar, eu pura e simpesmente deixo de entrar nesse espaço. Não é o caso. Continua a visitar o meu espaço e faz os comentários que entenderes, eu respondo sempre no espaço dos meus comentadores. Como podes verificar no meu espaço raramente publico uma resposta aos comentários, vou directamente á fonte e, além de cortesia, deixo o meu comentário. Um beijo de amizade. João

prafrente disse...

hoje recebi um email de uma amiga brasileira questionando porque razão o homem se sente muito "macho" durante o ano...e se veste de mulher no Carnaval? Eu não sei...talvez Freud, se fosse vivo, teria uma teoria psicanalítica sobre o assunto.Você, como mulher e como pesquisadora, o que pensa?
Quanto ao seu comentário no meu blogue eu tenho a perfeita noção de que essa visão religiosa etnocêntrica era a visão da Igreja católica.A história tem de ser entendida dentro de uma realidade espacio temporal...religião e politica eram uma unidade indissociável com vista á unidade do Império.Hoje tal conceito não tem mais sentido...

Bom carnaval

Fernando Luna Jr disse...

Que excelente blog Professora Silvana. Muito rico, bem feito e diversificado. Parabéns. Obrigado por seguir o www.vermelhodeluta.com, pois assim pude conhecer os seus blogs.
Vou criar no meu blog, uma seção chamada SUGERIDOS, que serão os blogs/sites que eu quero divulgar o link, sem precisar publiquem o meu link. Tudo em homenagem à seu blog, que será o primeiro da lista.
Moro em Manaus, mas sou lá do Janga, bairro da cidade de Paulista, região metropolitana do Recife. A história que vc contou, do palhaço, procede. Existe essa lenda por lá mesmo.

Um grande abraço.

Fernando Luna Jr.
fernando@vermelhodeluta.com

Antonio saramago disse...

Eu entro bem no teu blogue e estou a seguir-te, recebi a tua mensagem e realmente não te tenho como minha seguidora.

Ofarol disse...

Silvana
Como é que poderiamos abandonar este teu"cantinho"...que tanto nos ensina...nele aprendemos muito que não sabiamos...

Beijos...Com o "Carnaval N'Alma"

http://faroldavida.blogspot.com

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Uma beleza a história de Xangô e excelente a sua idéia em falar sobre eles!

Gostei demais!

Xangô proteja a todos nós em nossas lutas!

Um beijo!

Sonia Regina.

angela disse...

Legal como a preocupação com seu povo e o senso de justiça rondam os orixas em geral e em particular Xangô.
beijo
http://entremeios-angela.blogspot.com/

Pelos caminhos da vida. disse...

E ai amiga, já normalizou o problema que vc estava passando com seu blog?
Espero que sim.

Bom domingo de carnaval!

beijooo.

Denise Guerra disse...

Oi Silvana, Xangô é um dos orixás de maior força e por isso muito cultuado no Brasil. Kawo Kabesilye Ode! Bom Carnaval!

Cris Marques disse...

Olá, Silvana!

Passei aqui para agradecer sua visita ao meu blog...

O seu espaço é muito colorido e alegre...

Fique com Deus!