segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A ÁRVORE DAS FLORES VERMELHAS.



“Uma árvore sem flor chorava cruciantemente a sua desdita.

Ouviu-a Tupã. Penalizou-se e com voz tonitruante sentenciou:

-“Que os raios de fogo do sol ardente transformem esses verdes ramos em milhares de flores rubras”.

Tal aconteceu. A galharia verde das árvores frondosas da mata afastaram-se e o sol operou o prodígio

— a copa verde do flamboyant transformou-se num lindo ramo de flores rubras e fulgurantes.”

31 comentários:

Elizabeth disse...

Olá Silvana,
Tenha um ótimo dia.
Abraços.

Fernanda disse...

Estou passando pra desejar Bom Dia e Boa Semana pra vc!!!!
Abraços
Fernanda

louca esquizoffrenica disse...

E que linda que ficou não é? beijos e um bom dia Silvana

Lili disse...

Lindo o texto!
As flamboyants ficam mesmo lindas quando as folhas caem e as flores preenchem os galhos de intensa cor.
Boa semana para vc!
Abraço

Caricaturas Urbanoides disse...

oi,
Primeiro de tudo, obrigada pela visita no meu blog.
Muito bom a proposta do seu blog e que maravilha o lugar onde vc mora.. Nessa desordem urbana em que vivo, diarimanete tenho vontade de me tele transportar para um lugar bem calmo..
Estarei te acompanhando.
Abraços
http://caricaturasurbanoides.blogspot.com/

Pelos caminhos da vida. disse...

Ficou linda.

A natureza é bela.

Bom dia!

beijooo.

Flora Maria disse...

Tupã fez um belo trabalho !

É época da magnífica florada do Flamboyant, e aqui em São Lourenço temos várias árvores espalhadas pela cidade.
Em breve mostrarei as fotos. Existe uma,imensa, na Praça do Rotary, e que enchia de flor numa visão esplendorosa. De uns anos para cá percebi que as flores diminuíram. Vamos esperar que retornem com a mesma intensidade antiga.

Beijo

♥Chris Kobor♥ disse...

Boa tarde Silvana..estou te adc no outro blog pois o 'Versos de carinho, reflexos da alma' está desativado...bjs e uma linda semana pra vc!

Luciana Casado disse...

Oi Silvana, que lindo!!
Os meus sogros tem uma Flamboyants no jardim, acho que eles gostariam de ouvir este conto, vou repassar para eles!
Bjus, Lu

Isa disse...

vou seguir e estou a adorar o que vejo aqui :) por um mundo melhor ! beijos de luz e paz

papoila disse...

Olá Silvana,
Linda esta árvore!
Gostei muito do conto.
A caminho do meu trabalho na Primavera vê-se uma árvore MARAVILHOSA cor de fogo, estou muito curiosa pois penso que pode ser uma igual a esta sua..., gostaria de saber se tem o nome dela????
bjs

Eliezer Albuquerque disse...

Adivinha qual é a árvore que mais gosto? Por causa da sua sombra e da beleza das flores vermelhas, sempre fui um apaixonado por flamboyant. Agora, conhecendo a lenda sobre sua origem, passei a admirar mais ainda esta obra da criação divina.
Tenha uma semana repleta de paz!

tita coelho disse...

Silvana, é a segunda vez que tu deixas comentário em meu post sem na verdade comentar, e eu acho muita falta de educação. Peço a gentileza, de comentar o post ok? Gentileza gera gentileza.

adri antunes disse...

adorei seu blog, obrigada pela visita e voltarei mais vezes! melhoras pros seus olhinhos!
bju grande

Beto Canales disse...

Gostei.

Fernanda disse...

Amiga Sivana,

Adoro essas árvores, essas flores lindas.
Gosto muito das suas histórias.
Beijo,
Fernanda Ferreira

»¤Þ䵣䤫 disse...

Oi Sil, que saudade, ando numa correria! Pra mim ele não penalizou nada! Deu um presente! Hahaha... Bjinhos

Pablo Falcão disse...

Olá, Silvana, sou o Pablo falcão, do Sobre âncoras e espelhos d'água, amei seu comentário e seu blog é muito interessante, já faz parte de meus favoritos. votos de saúde e paz, sempre!

A Moni. disse...

Flamboyants são lindos. Seja pela cor na copa, ou quando as flores colorem o chão.
Adorei saber da história!

Beijos

Thomaz Ribeiro disse...

Olá, fiquei muito satisfeito com a sua encantadora visita emmeu humilde espaço. Queria dizer que, como professor que sou, em nome da educação abraço com enorme prazer sua causa. Conte comigo para estar sempre por aqui. Colocarei seu link em meu blog, pois desejo divulgá-la da melhor maneira possível.
Abraços.

Tite disse...

Como nunca estive no Brasil e nunca tinha visto uma Flamboyant ao vivo, esta linda estória me obrigou a navegar (internáuticamente falando) por um mundo de flamboyants gloriosas.

Estou preenchida de imagens lindíssimas.

Valeu a pena ter visitado o seu blog.

Obrigada e prometo que voltarei

M. Lourdes disse...

E que linda ficou a árvore.
Beijinhos

manuel marques disse...

Curto mas com uma enorme mensagem.

Beijo querida amiga.

Daniel Savio disse...

Qual é a árvore da lenda?

Ou pelo menos da foto...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Quem não se enfeita... disse...

Silvana
Gostei do seu blog... Adoro histórias.De outra forma você também fala sobre a Beleza. A Beleza que está em todas as coisas.

Abs
Maria Alice
http://quemnaoseenfeita.blospot.com

Gerana Damulakis disse...

Já não olharei os flamboyants como antes. Lembrarei sempre da história. Linda.

Xana disse...

Acedi ao teu convite, e gostei deste ambiente .
voltarei e já agora agradeço a tua visita e comentário no meu blog
boa semana :)

Ginha disse...

Belo poema... sensibilidade à flor da pele.
abraços

Reino da Fantasia disse...

Um show!!bjs

helen ps disse...

Minha árvore predileta, e uma linda estória de compaixão divina. Amei!

Abraço.

PAZ e LUZ

alegria de viver disse...

Olá querida
Amei esta arvore é muito linda, a história é como o sol a beijar seus ramos.
Com carinho BJS.