domingo, 8 de novembro de 2009

A LENDA DO CORPO SECO.


Segundo conta a lenda, Corpo-Seco é a denominação dada para um homem que passou pela vida semeando malefícios e que seviciou a própria mãe.

Ao morrer, nem Deus nem o Diabo o quiseram, e a própria terra o repeliu enojada de sua carne. Um dia, mirrado, defecado, com a pele engelhada sobre os ossos, da tumba se levantou em obediência  ao seu fado, vagando e assombrando  as pessoas na calada da noite.
Dizem que vive grudado em árvores secas.


Pobre mulher certa vez, conta-se no sertão, amadora dos bons guisados de urupês (orelha de pau) vagava pela mata para colher os apetecidos, quando se deparou caído um pau-piúca, onde abrolhavam os saborosos parasitas, alvos muito alvos como pipocas. 
Colhia-as quando, no desvendar a parte extrema do madeiro, se tomou de pavor e muito susto ante dois olhos escarninhos que a fitavam, e disparou a correr desorientada sob o riso cachinado do corpo seco a chancear da peça que pregou à pobre mulher.

Essa criatura fantástica  é conhecida em Minas Gerais, Paraná,Santa Catarina, Amazonas, nordeste do Brasil  e, principalmente, no estado de São Paulo, onde em determinadas áreas se costuma dizer que quando algum incauto tem a infelicidade de passar perto de um Corpo-Seco, este salta sobre ela e suga seu sangue como se fosse um vampiro . Luís da Câmara Cascudo, por exemplo, diz que o "Corpo-Seco é a morada do espírito estridente que vaga depois da meia noite, enchendo de medo os que ouvem a ressonância dos gritos apavorados. Condenado a uma pena terrível, a alma dos grandes pecadores reside, durante o dia, no Corpo-Seco, múmia esquecida e sem história , no deserto dos cemitérios".


Este é um aviso para quem vive se encostando em árvores, principalmente na calada da noite: o corpo seco pode estar esperando por você.

27 comentários:

ROSA GLACE disse...

Que lenda assustadora, me deixou arrepiada,nunca ouvi falar nela. Que medo! bjs

Pelos caminhos da vida. disse...

Ainda bem que não fico me encostando em arvore,nossa que lenda hem...

Bom dia.

beijooo.

Sandra Botelho disse...

Nunca mais me encosto em arvore...
Vc sempre nos presenteando com cultura.
Bjos querida tenha um doce domingo
Bjos no coração!

Marcelo Mayer disse...

devo conhecer então uns três assim

Daniel Savio disse...

Interessante, mas se pensarmo um pouco, todas as culturas tem alguma lenda sobre vampiros (está mais para vampiros a lenda)...

Fique com Deus, menina Silvana.
Um abraço.

Nárriman Alcure disse...

Que lenda!!!!!!É o vampiro brasileiro!!!!
Tomarei mais cuidados a partir de hoje...rsss.

meus instantes e momentos disse...

ótimo post, gosto de voltar aqui.
Maurizio
* e eu achando que corpo seco, era minha sogra...(mas tb é)pensando bem,

marcia szajnbok disse...

uau! fiquei com medo!! rsrsrs

silvana, obrigada pela visita ao meu blog! também gostei do que vi aqui e voltarei!

grande abraço

Elizabeth disse...

Olá Silvana,
Nas ficções existem grandes verdades.
Abraços.

Luciano Braz disse...

Olha eu ja ouvi falar muito disto, cresci no interior e sempre fui assustado por estas lendas rsrs.

SUper interessante seu blog viu, adorei, voltarei outras vezes.

Bom agora vou ver outras postagens suas e explorar um pouco mais desta leitura instigante rsrs.

Graça Tristão disse...

AMIGA SILVANA GRATA PELA VISITA...RETRIBUINDO SÓ AGORA...NÃO TIVE TEMPO DE RESPONDER ANTES!
AS LENDAS NOS REMETEM AO IMAGINÁRIO POPULAR E INFANTIL!
PAZ E LUZ NO SEU CAMINHO...
BJ
GRAÇA

Teresa disse...

Olá Silvana
Mais uma lenda muito interessante, que eu não conhecia. Mas há que mostrar aos meninos, de uma forma simples, que ser mau dá mau resultado, não é?
Hoje, domingo, tive um pouco mais de tempo para explorar o seu blogue e tenho de lhe dar os parabéns. Há muito tempo que não encontrava um blogue tão interessante, tanto nos textos como nas imagens, fantásticas. Acho que vou levar algumas para o meu blogue, posso?
Bjs

Bárbara disse...

Essas suas lendas estão cada vez mais assustadoras,chega a dar um arrepio na espinha!
Tem um selo no meu blog pra você!
Obs.: Piada:
"Como se diz cabelo sujo em chinês?
CHIN CHAN PU"
Beijooooooooos

Anna Linhares disse...

Deve ter muitos namorados preocupados depois dessa lenda. Eles sempre se escondem nesses bosques para namorar! hahahahahahahahahaha.

Muito bom!

Pó de Estrela disse...

Silvana

Tenho uma coisa para confessar! sempre que venho aqui a este canto de tanta magia...perco-me! este blog é um poço de sabedoria!

Gosto muito de todas as histórias que tu ouviste contar. Obrigada por as partilhares com nós todos.

Sabes dizer-me alguma coisa sobre o sul da ilha de Florianópolis, mais concretamente sobre Armação do Pântano Sul? Tenho um afilhado que foi viver para lá, junto da namorada que mora na enseada logo a sul...

Beijinhos cheios de Pó de Estrela

direitinho disse...

Oi boa noite Silvana
Já estava nos meus seguidores e eu também já tinha passado por aqui.
Gostei desta história mas como já ouvi tantas, tantas, difícil será vir uma que me assuste de verdade.
Está bonita da maneira como a contou e talvez possa ser reaproveitada em determinadas situações.
Por aqui o pau seco é aproveitado para fazer fogueira pois já está demasiado frio e se o dito estiver por lá morrerá "assadinho da silva"

Luka disse...

Silvana !
Ai que medo. Nunca mais encosto em árvore !
Beijos de fada.
Luka.
http://quemlefazseufilme.blogspot.com/

alegria de viver disse...

Olá querida
Esta lenda é forte.
Mas é só uma lenda nada de pânico, será? Brincadeira.
Com muito carinho BJS.

Licínio Filho disse...

Vai ser feio,hein, o tal do Corpo Seco!?rsrsrsrs...
Mais uma adorável lenda.
Abraços.

Arlette Machado disse...

Olá, Silvana.
Seu blog é fascinante, mesmo!
Causa-me muito prazer acompanha-lo.

Beijo,
Arlette.

Gerana Damulakis disse...

Muito boa a lenda. isto que você faz aqui no blog é de uma importância enorme: divulgação da cultura. Bravo!

Majoli disse...

Credo em cruz....rsrsrs

Fiquei arrepiadérrima.

beijos

Sônia Brandão disse...

Mais uma bela contribuição para o enriquecimento da cultura popular.
Gosto muito de ler as suas lendas.
E eu que adoro abraçar árvores! rsrsrs

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor faz a primeira Blogagem Coletiva onde o tema é: Um conto de amor com cheiro de Néctar da Flor. É com muita felicidade que convidamos todos a conhecer um mundo encantado que há dentro de cada um. Conte um conto, seja personagem da sua história e sinta cada palavra escrita na hora que for contar.


As 10 melhores postagens com o tema levarão um layout personalizado ou uma página de scrapbooking digital. O restante das informações já estão incluídas na imagem acima e a inscrição já está aberta.


Basta colocar nessa postagem o seu nome, o nome do blog que irá concorrer e o email.


Faça parte dessa festa... que festa?


Aquela que se fantasia com emoção...


... VEM?


Obs: Quem for participar tem que levar esse selo abaixo e deixar visível para todos verem.


-

Francisca disse...

Que medo!!

Fiquei toda arrepiada!

Ainda bem que não vivo no Brasil!


Obrigada por partilhar connosco mais esta bela lenda e forma de cultura =)

Francisca disse...

Já agora, gostava que alguém me esclarecesse uma coisa:

alguém sabe como postar imagens no blogue? Tenho um blogue sobre o Michael Jackson ( www.mjgirls-kingofpop4ever.blogspot.com), e queria colocar algumas imagens, mas não sei como.

terezinha bordignon disse...

Olá Silvana

Vim conhecer seu blog. Que maravilha! É de uma riqueza sem igual. Parabéns!
Escolhi este post para fazer o comentário porque ele me recordou a infância. Eu morava num sítio, onde morava também um casal de velhinhos. Eram mineiros e contavam muitas estórias. Uma delas era a do "Corpo Seco". Eu sempre pedia para que "Dona Chiquinha" contasse outra vez. Ela contava, mas dava vida, imitava os sons do "Corpo Seco". Dizia que ele comia milho, como os cavalos, e que à noite, em Minas Gerais, não sei o local, era possível ouvir o barulho das mastigadas. Ainda bem que eu não tinha medo. Eu nunca me esqueci da estória do "Corpo Seco", só não sabia que ela fazia parte do folclore. Para mim era imaginação da velhinha.
Foi uma grande honra recebê-la em meu blog.

Já sou sua seguidora

http://piquiri.blogspot.com