quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

A FONTE DE TAMBIÁ - João Pessoa (PB)

Esta curiosda lenda nos conta  a história do  valente guerreiro Tambiá, do povo Cariri, que desceu a Serra da Copaoba (Borborema) disposto a guerrear com os Tabajaras no litoral paraibano, mas ferido num combate violento, acabou  prisioneiro da aldeia inimiga. 
Revoltado, o chefe Tabajara ordenou-lhe a morte, mas apaixonada pelo belo indígena forasteiro, a filha do Cacique pediu-lhe repetidamente que a deixasse cuidar das feridas de Tambiá. 
Apesar da permissão e do desvelo da jovem índia, o guerreiro Cariri morreu e a virgem chorou nove luas desconsoladamente, formando-se de suas lágrimas a fonte que recebeu o nome de Tambiá, designação esta que originou posteriormente, o nome da própria localidade: bairro de Tambiá, na cidade de João Pessoa (PB)
............................. 

Localizada no Parque Arruda Câmara, popularmente conhecido como “Bica”, esta fonte natural foi urbanizada no século XVIII.

Colaboração da minha amiga Gilsa Elaine 
( http://www.curtapoesia.blogspot.com) 
Desconheço a origem das fotos postadas acima.

26 comentários:

welze disse...

Pena que muitas histórias de amor, são tristes como essa. Mas vale a pena amar, sempre. saudações floretais!.

Amapola disse...

As lendas sempre falam de um amor verdadeiro, bonito... e triste.
Na vida real também é tão difícil o que se chama de "amor", entre um casal...

Mariazita disse...

Grata pela sua visita, vim conhecer seu espaço.
Gostei muito. Gosto de lendas.
No meu blog "Histórias" que você visitou, publico essencialmente lendas.
Dei uma olhada por mais dois ou três posts (o pássaro cebeça-de-vento é muito lindo).
Tenho que vir mais vezes, há qui muitas coisas dignas de ser lidas.

Desejo suas melhoras (de seus olhos) e que seu computador não dê muitas dores de cabeça...

Beijinhos
Mariazita

Maria João disse...

Vim conhecer o seu espaço e agradecer-lhe a visita.
Continuarei a segui-la, se me permite. Não só porque gosto de histórias, mas porque gostei daqui!

Um abraço

manuel marques disse...

A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna...

Beijo.

Denise Guerra disse...

Oi Silvana, este caso de amor transformou-se em fonte de vida "água". Hoje postei no meu blog músicas folclóricas sobre a chuva e o "Caso pluvioso de Drumond" que é uma história muito legal sobre a Chuva e Maria seu amor. Um grande Beijo!
Denise Guerra
http://ecosdaculturapopular.blogspot.com
http://afrocorporeidade.blogspot.com

Luisa Moreira disse...

Lenda de amor e de dor. Sempre linda!

Beijinho

Luisa

Avelaneira Florida disse...

Como todas as lendas de fontes!!!!
Ternas e tristemente doces!!!!

E de repente vem-me à memória a "Fonte das Lágrimas" e a triste estória dos amores de Pedro e Inês...

Saudações deste lado do mar!

Dalva disse...

Lendas de amor são lindas...

Bjs.

ZildaeAntonio disse...

Oi,Silvana Nunes
Parabéns pelo seu Blog! Era mesmo o que precisávamos, um lenitivo para os problemas que se apresentam no mundo.
Suas lendas enriquecem as nossas mentes, dão um colírio de beleza aos nossos olhos.
Um abraço e tudo de bom!

Elizabeth disse...

Oi Amiga,
Um abraço, fique com Deus.

Victor Gil disse...

Querida amiga Silvana.
Mais uma história de amor que acaba ao estilo Romeu e Julieta, com devem ser todas as histórias de amor. Pena são os finais.
Mais uma linda lenda.
Beijos
Victor Gil

Ó Último dos Moicanos disse...

Domingo estou postando este belo texto no meu blog:
http://fnorronha.blogspot.com/
Beijos

Manuela Freitas disse...

Olá Silvana
Este blogue é uma maravilha e um trabalho fascinante que te deve exigir muita investigação.
Bjs,
Manuela

Gilsa Elaine disse...

Olá, Silvana.
Obrigada pela postagem. Fico feliz sempre que divulgamos nossas históras, nossas origens e mitos. A cidade de João Pessoa, assim como toda a Paraíba, possui belas histórias de amor, guerras, amizades, conquistas etc.
Um grande abraço!

Regina Rozenbaum disse...

Oi Sil
Espero que esteja melhor! Hoje sou eu que vim aqui te fazer um convite: amanhã, 15/01, dê uma olhadinha no dia de seu aniversário, segundo a Cabala, lá no blog e, claro, me conte o que achou.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Gerana Damulakis disse...

Silvana: as lendas, ao contrário dos contos de fada, sempre resultam na perda do amor. Talvez as lendas tragam mais realidade.
Parabéns mais uma vez e sempre.

Andresa disse...

Aqui encontro cultura que me enriquece.
Bjs
Andresa

micael disse...

D. Pedro e Inês:
Segundo a lenda, ela foi assassinada em Coimbra, ao pé de uma fonte hoje conhecida como a Fonte dos Amores.
As pedras no leito do ribeiro, ao pé da fonte, têm cor avermelhada que, segundo a lenda é o sangue da Inês derramado...

Bom Fim de Semana

Maria Carmo disse...

Querida Silvana,

Agradeço muito sua passagem pelo meu blogue e venho retribuir sua Esperança e seus votos de um Novo Ano Feliz! Esperando vir aqui muitas vezes e fazer uma bela Amizade, deixo um Beijo!

Maria Carmo

Maria Carmo disse...

Adorei a ideia por trás deste blogue. É excelente podermos ler aqui tanta informação sobre tradições e histórias!

Maria

Pedro Du Bois disse...

Cara Silvana, agora sou seu seguidor. Gosto muito das nossas histórias: nosso legado. Parabéns pelo trabalho. Abraços, Pedro.

Pelos caminhos da vida. disse...

Viver é ter chance de acreditar que
a cada dia podemos fazer mais coisas que imaginávamos.
É acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé, a nossa inspiração maior.
É buscar nos pequenas coisas, um grande motivo pra ser feliz.

(tirado da net).

Fim de semana de luz.

beijooo.

Jakeline Magna disse...

Querida, estou agora em outro blog http://jakelinemagnaa.blogspot.com/
Espero que vc continue me seguindo, o meu blog passado está com erro de configuraçao no templante, nao consigo arrumar, fiz outro blog... espero vc por la...
bjssss da amiga jakeline

EAD/JOYCE disse...

Legal sua visita ao meu blog, tenho outros de leitura, ed. Se precisar de algo fale comigo. bjs Joyce Sanchotene

Valéria disse...

Olá Silvana,
Adorei seu Blog,com certeza lhe visitarei mais vezes.

Parabéns!