sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A LENDA DE SANTO AMARO DA BAIXADA CAMPISTA/RJ..

Santo Amaro da Baixada Campista é a mais importante e mística entidade espiritual da região canavieira e pastoril do município de Campos dos Goytacazes, no Estado do Rio de Janeiro e pelos milagres consagrados, guarda importante acervo de ex-votos.
Anualmente em 15 de janeiro, milhares de romeiros comparecem à festa do padroeiro no distrito com o seu nome, situado a 40 quilômetros da cidade.
No intuito de pagar suas promessas, muitos romeiros cobrem o percurso a pé, visando chegar antes do levantamento do mastro da bandeira e do encerramento das novenas. A comemoração conta também com  a encenação da cavalhada - eterna luta entre mouros e cristãos, costume trazido pelos primeiros lusitanos.
Trazido pelos padres beneditinos durante a colonização no primeiro quarto do século XVII, é o santo de maior dimensão religiosa da planície.
Embora famoso em todo mundo, Santo Amaro, falecido aos 72 anos  acometido pela peste, é o mais milagroso de todos os padroeiros da região.

Os antigos da cidade contam que a primeira capela do povoado foi construída por desejo de Santo Amaro. Segundo eles, a imagem do santo estava na igreja do Mosteiro, localizada no povoado de São Bento.
Conta a lenda que um dia a imagem  desapareceu misteriosamente do altar. Após muitas buscas, foi localizada num montículo de terra  onde tempos depois foi erguida a capela em homenagem ao santo.
Os padres retornaram com a imagem para São Bento, mas outros desaparecimentos ocorreram e, em todas às vezes, a imagem era localizada no mesmo lugar.

Nesse sentido nos diria o filósofo Emmanuel Carneiro Leão:  é a fé que sacraliza o mito.
 
 
Desconheço a origem das fotos postadas acima.

44 comentários:

Sandra Botelho disse...

A fé remove montanhas e cria mitos neh amiga.
Bjos meus e um lindo final de semana

Estrela disse...

Boa Tarde, Silvania!

Em Jaboatão dos Guararapes,cidade pernambucana,também há uma procissão em homenagem ao Santo que atrai um número significativo de gente.
Se quiser conferir,será hoje!Hahahaha... brincadeirinha...rsrsrs!

Jakeline Magna disse...

Querida, estou agora em outro blog http://jakelinemagnaa.blogspot.com/
Espero que vc continue me seguindo, o meu blog passado está com erro de configuraçao no templante, nao consigo arrumar, fiz outro blog... espero vc por la...
bjssss da amiga jakeline

Vitor Chuva disse...

olá Silvana!
Mais uma bonita história, mistura de religião e crença popular. Sabe, na aldeia vizinha daquela onde nasci, e terra da minha mãe, o santo padroeiro é exactamente o Santo Amaro.Confesso que a principal razão porque gostava de lá ir, com os meus pais ou avós,era as guloseimas que eles me compravam, sempre presentes nas bancadas dos vendedores que neste dia se juntavam junto à capela - e que sempre me sabiam tão bem.

Beijinhos.
vitor

Fernando Christófaro Salgado disse...

Olá Silvana,

Estive viajando e não tive tempo de vir conhecer o seu espaço! Quero lhe dar os parabéns pelo trabalho feito no seu blog, recheado de informações valiosas!
Um bom fds pra ti!
Abraços,
Fernando C. Salgado.

Amapola disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vitor Chuva disse...

Olá Silvana!
Onde disse "bancadas" queria dizer "bancas". A correcção está feita.
Vitor

Amapola disse...

E eu, humildemente digo:

SE A FÉ SACRALIZA O MITO,

OS FATOS SACRALIZAM A FÉ.

Luisa Moreira disse...

Silvana,

Religião e crença, vira lenda. E assim, deu-nos a conhecer, mais uma bonita história.

Bom fim de semana

Abraço

Luisa

manuel marques disse...

Passei,li .como sempre gostei.

Tenha um bom fim de semana.

Beijo.

Anabela disse...

Mais uma historia que aprendo...,sabes que quando construiram os estadio de futebol do Braga,existia la num muro antigo um pequeno calvario com o que os religiosos chamam "as alminhas",onde as pessoas daquela freguesia iam colocar velas a arder e rezar,com a construção do estadio tiraram de lá o calvario,claro que as pessoas não gostaram nada mas de pouco adiantou porque não ficava bonito no muro do estadio o calvario,diziam os maiorais do sitio(quem manda),ora o estadio foi inaugurado, o Braga começou a jogar e sabes que perdeu sempre?As pessoas diziam que era por terem tirado as Alminhas de la,não é que as colocaram e o Braga começou a ganhar?Não te consigo explicar nem tão pouco dizer se é coincidencia, deixo ao criterio de cada um fazer o seu juizo,bjs

Regina Rozenbaum disse...

Sil
Nesses tempos de tantas tragédias se não tivermos um "cadim" pelo menos de fé não conseguimos prosseguir. Eu não sobrevivo sem a minha.Tôdentro com força!
Excelente final de semana!!!
Beijuuss n.c.
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

Ana Lúcia Porto disse...

É muito interessante as histórias que envolvem os Santos e os seus milagres.

Agora, minha cidade se tornou "Instância Turística", pois aqui nasceu Santo Antônio de Sant`ana Galvão (Frei Galvão), o nosso primeiro Santo brasileiro. Desde quando ele foi santificado, quadruplicou o número de ônibus vindo do Brasil inteiro. Claro, dão um pulo em Aparecida (do Norte), na Basílica (2.ª maior do mundo), para as bençãos e os pagamentos de promessas a Nossa Senhora de Aparecida.

Confesso que me comovo com a Fé do povo, ainda mais, vista com maior frequencia...

Beijos,
Ana Lúcia.

Olga disse...

Gostei muito do seu blogue, voltarei outras vezes concerteza. Excelente ideia, gostaria de a ver aplicada aqui em Portugal porque também somos tal como vocês um povo com histórias para contar. Parabéns.

sueli schiavelli jabur disse...

querida, obrigada por sua visita e pelo convite para conhecer seu blog, já sou sua seguidora, o assunto me interessa, gosto demais de ouvir lendas, no fundo há sempre uma verdade, não se preocupe com precalços da vida, esses nós tiramos de letra, temos necessidade de pessoas que como você tenham a sensibilidade de manter nossa cultura viva, sou professora e sociologa, e sinto quando vejo nosso patrimônio delapidado por grandes corporações e pessoas que com interesses outros destroem nosso legado, hoje mesmo fiquei muito irritada ao ver meu blog invadido por um sociopata, pessoa sem escrúpulos e caráter que se esconde atrás do anonimato para escrever besteiras e textos com palavras de baixo calão, temos nos precaver contra esses tipos, é um tal de sete e meio, deve ser um desiquilibrado, caso haja interesse em ver o blog, deixo aqui:
http://s7emeio.blogspot.com
temos que lutar contra esse tipo de gente, só nos fazem mau, tenha um excelente final de semana, bjs

Sonia Schmorantz disse...

Imagino o quanto pesquisas para trazer tantas histórias, é um trabalho admirável, muito bom!
beijo, ótimo fim de semana

zoe disse...

Bom dia Silvana,

Aceitei o seu convite, vim visitar o seu espaço e gostei muito. gosto muito da religiosidade popular.
felicidades
zoe

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

Eu vivo na cidade de Santo Amaro da Purificação, o Santo é o mesmo da Baixada, a festa é no mesmo dia. Na verdade Santo Amaro-ba, era Santo Mauro, e um erro de grafia mudou seu nome para Amaro.
A primeira cidade com o nome do Santo foi a que vivo, é uma cidade antiga, da época do Brasil colônia..
abraços
Veja a música do Caetano Veloso - Trilhos Urbanos-

Lice Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lice Soares disse...

Olá!
Parabéns pelo espaço e pelo objetivo com que o mesmo foi criado.Divulgar a nossa cultura é um ato bastante significativo na sociedade em que vivemos em que muitos dos valores são abandonados, esquecidos.Desejo-lhe muito sucesso e que neste ano de 2010 haja para tisaúde, amor, prosperidade e muita paz.Que haja abundante luz nos teus olhos e força e coragem, sempre, no teu coração.
Estarei te seguindo.
Bjs.

Rosamaria disse...

Que lindo teu blog, Silvania! Parabéns!
Linda história!
Obrigada pela visita, vou voltar com mais tempo.
Bjim.

Rodrigo "ARANHA" Rodrigues disse...

Sil, voltei! desculpa o sumiço!

Como seus comentários são lindos! E como vc consegue essa pesquisa?

Seu blog é muito show!!!

Vou lerquando houver tempo e comentar aqui sempre, minha querida!

Um abração e prometo que naum sumirei de novo! kkk

prafrente disse...

Silvana
espero estar dispensado de chamar dra Sivana.Suas pesquisas etnográficas fazem todo o sentido em qualquer lugar do mundo.Só poderemos compreender o presente se entendermos o passado.
Fiquei contente por sua pesquisa sobre Santo Amaro.Neste momento estou ouvindo o barulho de foguete rebentando no ar, festejando O Santo Amaro, aqui na freguesia da Ortigosa.A foto do santo que publicou no seu post é igual ao nosso Santo Amaro.Seu dia também é 15 de Janeiro mas fazem sua festa sempre no sábado e domingo mais próximos.
Obrigado por ter comentado meu blogue.Não respondi de imediato porque de momento estou super ocupado preparando frequências e exames.Estou frequentando uma licenciatura em Serviço Social.Muitos dos autores que estudamos são brasileiros ou da América Latina, como Ander Egg.
Sobre a necessidade de sermos mais ecológicos gosto imenso da visão de Leonardo Boff.

Beijinho de Portugal

Amapola disse...

Passei aqui para lhe desejar um bom domingo.
Obrigada por mais uma bela lenda.
Um grande abraço.

disse...

Olá, gostei da ideia do seu blog !
Realmente muito legal saber a historia, a essencia das coisas !
Interessante a lenda da imagem dele ! haha, só a fé mesmo pra acreditar (:

beijos ;*

Fátima Campilho disse...

Salve,Santo Amaro!
Sou testemunha de seus milagres. Recebi um e minha amiga outro.
Abraços

catwoman disse...

E é a fé que nos faz andar em frente. Seja ela qual for, seja a fé em Deus, nos homens ou que um mundo melhor não é utopia. Por isso a história do mundo tem sido construida com fé, por isso a fé cria mitos, porque precisamos sempre de acreditar em alguma coisa, não é?
Dei, uma pequena volta pelo seu blog( que "achei"no Lontrices) e gostei, porque gosto das estórias ´da história, porque adoro lendas, porque .... gosto. Vou voltar e vou incluí-la na minha lista de blogs, se não se importa.
Bjs e um óptimo domingo, que por aqui o sábado já se está a finar.

fernando samuel disse...

Vim, gostei e vou voltar.

Um beijo amigo.

maturidade ativa disse...

é muito bom saber que temos pessoas que procuram preservar a nossa cultura!!Tenho acompanhado teu blog, é muito interessante!!
Bom 2010 pra ti também1

Eraldo Paulino disse...

Aqui no Pará temos agumas das festas mais emblemáticas desse tipo. Não só o mundialmente famoso Círio de Nazaré, mas semelhante a esta festa que relatastes temos a Marjada.

Seu blog é muito interessante.

Bjs!

Amapola disse...

Bom dia, Silvana.
Depois que reli a lenda e meu comentário, fiquei com medo de te-la ofendido. Se foi, peço-lhe desculpas.

Denise Guerra disse...

Será que tem Santo Amaro assim em vários lugares mesmo? a importância de Santo Amaro da Purificação para Salvador é imensa! Muito bonita esta lenda! Querida Silvana, obrigada pelas visitas aos meus blogs. convido-a para ler uma lenda sobre a criação da música no blog http://ecosdaculturapopular.blogspot.com Bjs!

Jaime Guimarães disse...

Olá, Silvana!

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a visita e pelo convite feito em meu humilde, tosco e despretensioso blog. Gracias!

E que blog MARAVILHOSO você mantém aqui! Sensacional! Já estou "seguindo" e vou me organizar para ler com mais tempo e folga os demais artigos, lendas e histórias da cultura popular brasileira. Parabéns pelo blog e pelo trabalho que faz na pesquisa e na manutenção de nossas raízes, tão esquecidas e desprezadas sobretudo pelos grandes meios de comunicação.

Um abraço e obrigado!

Denise Guerra disse...

Oi querida, voltei! agradeço a visita e a sugestão. Na verdade eu já tenho esta proposta para este blog pois, além Musicoterapeuta, sou dançarina e profª de educação física então, as danças logo, logo vão aparecer por lá aguarde! Um grande beijo! obrigada!

Viviane Reis Fernandes disse...

Amei seu Blog...
Vc conseguiu reunir aqui um material incrível. Pura riqueza.
Aproveito para agradecer-te a visita que me fez em meu singelo Blog.
Bjos.

♥Nana Felici♥ disse...

Oiee! Vim aqui para agradecer a sua visita e disponibilizar o seu tempo para comigo e para o meu primeiro comentário! Sou professora de Educação Infantil, aliás fui por 32 anos de minha vida...hoje não mais! Digo hoje porquê é recente. Me encontro na condição de dizer que cumpri minha missão e utilizei esse Dom que Deus me deu em toda sua intensidade, com carinho e principalmente com muito amor à profissão! Alfabetizei durante todo esse tempo e tenho muito orgulho disso e posso dizer que algumas dezenas de milhares de crianças passaram por mim, pela minha 'mão' e fizeram parte de minha vida...num certo estilo que sempre falei, de simbiose (um não podendo viver sem o outro)mais ou menos assim...ou melhor...desse jeito assim!
Como eu estava falando, você me achou! E eu que pensava que estava invisível! Temos algo em comum, não é mesmo? Silvana é o nome...rs...é isso?
Ainda não me considero uma internauta. Tudo novo para mim, ficar à frente de uma telinha e poder assistir ao Mundo! Estou gostando, sabe! Aprendendo ainda, meio que sem saber de como utilizar todo desse recurso da tecnologia! Estou montando um bloguinho bobinho até...mas é isso que eu quero na verdade por enquanto! Encarei sempre a vida de forma muito séria e assim ela transcorreu! No blog sou toda menina, toda moleca apesar da minha tenra idade! Certeza que foi pela convivência e pela minha vivência infantil...então sou um pouquinho de tudo! É isso! Como sempre 'desinbesto' a falar, a escrever! Exagero, isso sim!
Enfim, contente por você ter passado naquela meleca...rs de blog...o meu mesmo! Mas contente fiquei, até me empolguei a escrever tanto assim!
É claro e estou mais aqui para te deixar meu carinho e dizer Parabéns pelo seu rico trabalho...fiquei muito encantada...não desista e acredito que terá todo o incentivo de quem passa por sua página. Os problemas sei que passarão...mas não podemos ficar sem pessoas especiais como você! Deixo um grande beijo e tenha certeza que sempre estarei por aqui! Vou lá agora te seguir! Fica com Deus!

Amapola disse...

Nossa... que alívio!
Muito obrigada.

Canduxa disse...

Olá Silvana,

Gostei muita de conhecer a lenda de Santo Amaro.
Maravilhoso o trabalho que está a fazer.

Beijinhos

Educadores Infantis de Natal disse...

A fé está inserida em vários contextos por esse mundo afora. Cada um com a sua crença, a sua fé, o seu acreditar. Gostaria de dizer-lhes da minha felicidade em ter recebido sua visita e seu comentário em meu blog. Espero que seja o início de uma grande amizade entre nós. Saudações!

Gerana Damulakis disse...

Precisamos dos santos, intermediários que são. Adoro as histórias com e sobre eles.

Ana disse...

Olá!
Cheguei aqui através do blog Retrato em Branco e Preto...e fiquei surpreendida pelo seu trabalho...Parabéns!!!!!

Cris Michelon disse...

Oi Silvania..
obrigada pela visita, teu blog é super interessante..
virei sempre
uma excelente semana
bjs

Ju Fuzetto disse...

Que lindo seu blog...

Obrigada pela visita!!!

Parabéns pelo espaço!!

beijo grande

Ana Isabel disse...

Mais numa partilha extremamente interessante.

Deixo um abraço.