sexta-feira, 16 de outubro de 2009

"A PEDRA DO FRADE E DA FREIRA:" A LENDA DO AMOR IMPOSSÍVEL.


A "Pedra do Frade e da Freira" é uma belíssima formação rochosa localizada entre os municípios de Cachoeiro de Itapemirim e Rio Novo do Sul, região sul do estado do Espírito Santo.
Sobre esta formação granítica conta-se uma lenda bastante curiosa, passada de geração para geração, sobre  um frade que se apaixonou por uma freira que com ele trabalhava na cristianização dos povos nativos da região, e que devido as circunstâncias, acabou sendo correspondido.
Diante do fato e do sofrimento de ambos, divididos entre o celibato e o amor, Deus decidiu eternizar esse sentimento transformando-os em pedra.

Quando o Brasil engatinhava na sua tragetória, chegaram aqui os semeadores da fé, pois a história nos conta que há mais de 400 anos os frades andavam pela região sul do estado em busca de ouro e de almas, o que acabou dando credibilidade à lenda .
Com o passar dos anos, esse amor foi registrada nos versos do poeta  Benjamim Silva (1886 - 1954 ) com o soneto "O Frade e a Freira":

    Na atitude piedosa de quem reza,
      e como que num hábito embuçado,
   pôs, naquele recanto,  a natureza

a figura de um frade recurvado.
           E sob  um negro manto de tristeza
               vê-se uma freira , tímida ao seu lado,
           que vive ali rezando, com certeza,
           uma oração de amor e de pecado.
   Diz a lenda - uma lenda que espalharam - 

que aqui, dentrte os antigos habitantes,
      houve um frade e uma freira que se amara

Mas que Deus perdoou lá do infinito,
         E eternizou o amor dos dois amantes
        Nessas duas montanhas de granito.



Às margens do Itapemirim, sobre os fundamentos de granito, ergueu-se o casal, confabulando juras de amor, ouvidas pelas tempestades e compreendidas pelos passarinhos. Deus não os separou, nem os uniu, mas os deixou devidamente próximos em atitude de reza, frente a frente.

E assim permanecerão para sempre..


.

21 comentários:

Fatima disse...

Oh gente!
Que lindeza de história Silvana.
Bjs.

»¤Þ䵣䤫 disse...

Que lenda mais linda! A pedra realmente parece um frade e uma freira né! Bjinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA SILVANA, MAIS UMA EXTRAORDINÁRIA HISTÓRIA, COM UMA BELÍSSIMA FOTO A ILUSTRAR... DESEJO-TE UM MARAVILHOSO FIM DE SEMANA... ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO,
FERNANDINHA

Chica disse...

Maravilha de lenda e imagem essa!beijos,tudo de bom,chica

Pescar Idéias disse...

Olá! Fiquei muito feliz com sua visita. Apareça sempre. Adorei seu espaço também, muito inspirador e interessante. saudações florestais, beijos Tânia

angela disse...

E é um bom destino estar frente a frente ao seu amor.
beijos

Rosan disse...

E mais uma vez o amor é condenado, ou não correspondido, ou dolorido, ou sofrido, quero um amor feliz pra dividir...
Um abraço.

aprendocriando disse...

Silvana,

Parabéns pelo blog e pela preservação de nossa cultura. As lendas brasileiras estão perdendo espaço.
Gostei muito de rever algumas e conhecer outras.

Continue com o excelente trabalho.

Miriam disse...

Lindo seu trabalho, espero que sempre estejamos nos comunicando. Uma coisa muito interessante que ando fazendo, além de participar do grupo de blogs educativos Yahho,participo muito do twitter. Temos uma boa participação de professores e pesquisadores na área da educação. Parabéns e já estou te seguindo.
Bjs

Anabela disse...

Esta rocha é girissima,adorei...

alegria de viver disse...

Olá querida
É uma bela história, e o amor merece esta homenagem.
Com muito carinho BJS.

Simone Varoni disse...

olá! Eu amei teu blog. Ainda sou iniciante como bem sabes. Não arrumei minha página, ainda estou aprendendo com o tempo que dá... que sobra! Não li todas as tuas histórias, mas o meio ambiente que me perdoe: preciso imprimir.... não sei se é mania, parece que não gravo o que leio na tela... bom! tb voltarei outras vezes, pois amei tuas histórias!

Guilherme Diogo Rodrigues disse...

Muito boa essa lenda!Muito bom um blog que busque as raizes do nosso pais, rico em lendas, folclore e cutlura!
Vejo que voçê se interessa muito pela arte, e ja que você gostar de arte, gostaria que participasse de uma pesquisa que estou fazendo.Na sua opinião qual o valo da arte? Pode se atribuir valores economicos a ela??
Agordo sua resposta!

Abraço!!

Usuário do blog disse...

Silvana, que linda iniciativa a sua, divulgando e valorizando nosso país através do seu blog. São ações assim que transformam o mundo!
Parabéns.
Bjos

Gina disse...

Silvana, você não vai acreditar. Peguei essa imagem e pretendo usar no blog, por conta de minha mãe morar no ES. Gostei de saber dessa lenda.
Bjs.

nana_rpm disse...

Oi, Silvana, fiquei contente por ter entrando no meu blog. Achei muito legal o seu, as histórias são ótimas, é um excelente trabalho. Parabéns. Abraços.
Arlania.

Anônimo disse...

Oi, Silvana, fiquei feliz por você ter participado do meu blog. O seu blog é maravilhoso. Adorei os textos. Parabéns.

solange Barifouse disse...

Olá, Silvana! Paz. Parabéns por este espaço original, criativo, dedicado e colorido. Um encanto!
E obrigada por visitar o meu cantinho...

Abraço,saúde,

Solange Barifouse.

Maria Teresa disse...

Silvana: quantas histórias escondidas, quanta cultura, quanto folclore que você traz à tona com tanta boniteza! Deu vontade de ir até lá para vez o amor ajoelhado em forma de oração. Grande abraço.

Eduardo Medeiros disse...

juntos, porém distantes...triste. Mesmo porque o amor jamais foi empecilho para qualquer coisa, muito menos sevir a Deus.

Vera disse...

Silvana
Que coisa maravilhosa! Não conhecia esta lenda. E adorei os dois blogs. Vou acompanhar também via Feed, para não perder as preciosidades que você posta aqui.
Bjssss